Machucado, Aaron Rodgers comanda virada épica dos Packers sobre os Bears

É exatamente por jogos como esse primeiro Sunday Night Football de 2018 que os amantes da NFL passaram meses sedentos pela volta da bola oval. Quem ficou acordado até o fim presenciou não só um dos melhores duelos desta temporada como também uma das maiores apresentações individuais de um gênio desse esporte chamado Aaron Rodgers. Faltam palavras para descrever como esse camisa 12 é espetacular! Mesmo claramente contundido, o quarterback tirou uma vantagem de 20 pontos do Chicago Bears e garantiu uma vitória inesquecível do Green Bay Packers por 24 a 23 no pulsante Lambeau Field. 

Rodgers simplesmente igualou a maior virada de sua carreira com a suspeita de uma torção parcial em um ligamento do joelho. Dá pra acreditar? O cara é um monstro mesmo! A-Rod fechou o jogo com 283 jardas aéreas e três passes para TD. Do outro lado, os Bears até que começaram com tudo, mas parece ter faltado gás e um pouco de experiência para saber administrar a vantagem quando Green Bay começou a crescer no quarto final. No fim, o destaque do lado perdedor ficou na conta de Khalil Mack – que fez uma estreia extremamente promissora com o novo uniforme.

 

Bears começam com tudo em Wisconsin

Talvez nem o torcedor mais pessimista no Lambeau Field imaginava um começo tão ruim dos Packers no Sunday Night Football… os Bears chegaram com tudo em Wisconsin: a defesa colocava muita pressão em Aaron Rodgers e o ataque mostrava a evolução prometida após a chegada de Matt Nagy. Com bastante criatividade nas chamadas, os Bears foram avançando no campo e abriram o placar com uma corrida do QB Mitch Trubisky para dentro da end zone – logo na primeira campanha ofensiva da noite. Touchdown Bears! Dominante, Chicago logo ampliou a vantagem com um field goal de Cody Parkey. 10 a 0 Chicago.

A pior parte para Green Bay ainda estava por vir no começo do segundo quarto – mais precisamente quando Aaron Rodgers recebeu uma pancada feia no joelho e deixou o gramado no carrinho da maca. O clima era de velório em Wisconsin! Quem se aproveitou da instabilidade dos Packers foi o estreante Khalil Mack – é incrível como um jogador pode mudar todo um grupo de patamar. O camisa 52 só não fez chover no Lambeau Field! Depois de forçar um fumble em DeShone Kizer e recuperar a bola, ele interceptou o novo QB dos Packers e retornou para touchdown! Um monstro! Totalmente abalados, os Packers foram para os vestiários perdendo por 17 a 0 em casa.

 

Aaron Rodgers, você, mesmo machucado, é ridículo!

Após minutos de muita apreensão temendo uma lesão grave no joelho de Rodgers, o torcedor dos Packers respirou aliviado quando viu o camisa 12, mesmo longe das condições ideais, voltando ao comando do ataque. Depois de uma boa campanha dos Bears na volta do intervalo, que resultou em um field goal de Cody Parkey, Aaron Rodgers colocou o capacete com a ingrata missão de virar um jogo perdendo por 20 a 0. Missão impossível para 99,9% dos quarterbacks, mas não para um certo camisa 12 milagreiro. Dá pra acreditar que ele virou esse jogo?

Mesmo longe das condições ideais, o QB foi, aos poucos, ganhando ritmo e se tornando mais confortável com a situação atual ao longo do terceiro período – comandando uma campanha longa que resultou em field goal. Primeiros pontos dos Packers em 2018 e o início de uma improvável reviravolta!

A-Rod entrou no último quarto praticamente pulando igual a um saci e precisando de três touchdowns para virar a partida… foi exatamente o que ele fez! Depois de um passe maravilhoso para Geronimo Allison no canto direito da end zone e um touchdown na conexão de 17 jardas com Davante Adams, o camisa 12 tomou a ponta pela primeira vez na noite com um TD de 75 jardas para Randall Cobb que fez o Lambeau Field explodir de felicidade!

Com pouco menos de dois minutos no relógio, os Bears até esboçaram uma reação, mas o jovem elenco sentiu o golpe. No fim, a defesa dos Packers segurou o rojão e sacramentou uma vitória épica em Wisconsin! 

Próximos jogos

As duas equipes possuem compromissos complicados e em casa na semana 2: enquanto Green Bay recebe o Minnesota Vikings no Lambeau Field no próximo domingo, às 14h, os Bears recebem o Seattle Seahawks em um excelente Monday Night Football às 21h30.

Comentários