Patriots massacram os Dolphins e acabam com invencibilidade do rival

Não era surpresa para ninguém que o duelo deste domingo era de vida ou morte para o New England Patriots, afinal, um revés em casa para o Miami Dolphins colocaria uma distância de três vitórias dentro da AFC East. Essa necessidade de vitória ficou evidente dentro de campo  – a intensidade dos Pats foi algo impressionante! Avassalador, o time não deu qualquer chance ao rival e massacrou dentro do Gillette Stadium: vitória contundente de 38 a 7 na tarde deste domingo – em partida válida pela semana 4 da NFL.

Talvez o maior destaque da partida tenha sido a melhora impressionante da defesa de New England – bastante criticada nas últimas derrotas da equipe. O grupo foi espetacular neste domingo e limitou Ryan Tannehill e sua trupe a 179 jardas totais! Do outro lado da bola oval, Tom Brady foi o monstro que estamos acostumados distribuindo a bola para nove alvos diferentes: foram 279 jardas, três touchdowns e duas interceptações.  

 

Massacre total dos Patriots

Logo nos primeiros snaps já ficou claro que esse realmente um jogo de vida ou morte para os Patriots: o time mostrava uma intensidade ainda não vista em 2018 nos dois lados da bola oval. Tom Brady fez um bom trabalho logo na primeira campanha e chegou a duas jardas da end zone, mas teve que se contentar com um field goal curto de Gostkowski. O camisa 12 caminhava para mais pontos, eis que a jovem defesa de Miami resolveu aparecer: Bobby McCain agarrou um passe do quarterback e provocou o primeiro turnover do duelo em Foxborough. Infelizmente para a torcida da Flórida, o ataque não capitalizou a roubada de bola. 

Se Ryan Tannehill não conseguia superar a intensidade da defesa dos Pats, do outro lado o vovô Brady estava com tudo – um atropelo total e absoluto no segundo período de partida! Será que alguém em Miami anotou a placa do caminhão comandado por Bill Belichick? Um massacre no Gillette Stadium! Foram três touchdowns consecutivos: uma conexão maravilhosa de 55 jardas de Brady com Cordarrelle Patterson, uma corrida de 22 jardas de James White e um passe curto de TB12 para Philip Dorsett no canto esquerdo da end zone. Um show do MVP da última temporada! Com MUITA autoridade, os Patriots foram para o intervalo vencendo por 24 a 0.

 

Atropelamento continua

A segunda etapa seguiu na mesma toada da primeira: os Dolphins com uma dificuldade imensa para conseguir um first down sequer e os Patriots amassando sem dó nem piedade. Não demorou para Tom Brady lançar o seu terceiro touchdown na tarde ensolarada de Foxborough: passe curto de 11 jardas para mais um TD de James White – esse recebendo a bola.

A criticada defesa dos Pats coroou a atuação de gala com mais um turnover: o calouro JC Jackson interceptou Tannehill e o ataque não demorou para capitalizar o turnover. Também novato, Sony Michel sacramentou uma atuação de gala com uma corrida de 10 jardas para dentro da end zone – primeiro TD da carreira do garoto! Que massacre na Nova Inglaterra… 

Com tudo já perdido, Miami trocou Ryan Tannehill por Brock Osweiller nos minutos finais… sim, ele mesmo! Com a defesa dos Pats já com alguns reservas, o QB substituto fez um bom trabalho e posicionou o veteraníssimo Frank Gore para um touchdown de honra dos Dolphins. Nada que evitasse a surra em Foxborough! Que vitória importante dos Patriots!

Próximos jogos

Enquanto os Patriots voltam a campo já na próxima quinta-feira (4), às 21h20, no Thursday Night Football contra o Indianapolis Colts, os Dolphins visitam os Bengals em Cincinnati no próximo domingo (07) às 14h.

Comentários