Prévia da temporada 2018: Como será o ano do Jacksonville Jaguars

Será que a melhor defesa da NFL pode levar os Jaguars ao Super Bowl?

Após um 2016 decepcionante, finalmente o Jacksonville Jaguars rendeu o que se esperava em 2017! A espetacular defesa, segunda melhor da NFL em pontos e jardas cedidas, levou o time aos playoffs e, por muito muito pouco, não levou o time ao Super Bowl.

Certamente a equipe teria mantido aquela vantagem contra os Patriots na final da AFC se tivesse um ataque um pouco melhor – e esse deve ser o principal foco para 2018, pois a defesa deve continuar muito forte. Com 20 dos 22 titulares de volta e alguns reforços pontuais, o time promete brigar de igual para os gigantes da AFC para estar em Atlanta no dia 3 de fevereiro.

Ataque ainda mais focado no jogo terrestre

Run, Leonard Fournette, run! Esse foi basicamente o resumo do ataque dos Jaguars em 2017: o time liderou a NFL em tentativas de corrida (527) e jardas terrestres por partida (141,4). A grande questão foi que quando mais o time precisou correr com a bola, no último quarto da final da AFC contra os Patriots, o jogo terrestre não funcionou.

Pensando nisso, o time abriu os bolsos e se reforçou com o guard Andrew Norwell – um monstro abrindo espaços para corrida e discutivelmente o melhor free agent disponível no mercado. As quatro posições são muito sólidas: Left tackle Cam Robinson, center Brandon Linder, right guard A.J. Cann e right tackle Jermey Parnell. Como Blake Bortles não é, nem de longe, um QB fora da curva, ele vai precisar de toda a proteção que conseguir.

Além de Norwell, o ataque foi bastante reforçado no corpo de recebedores. Além de Donte Moncrief e do calouro DJ Chark, Jacksonville renovou o contrato com Marqise Lee, mas, infelizmente, o wide receiver se lesionou e está fora da temporada. Para a posição de tight end, o time tratou de contratar Austin Seferian-Jenkins e Niles Paul após a saída de Mercedes Lewis.

Defesa continua excelente

 

 

A defesa dos Jaguars foi uma das maiores surpresas da última temporada: a melhor cedendo jardas e pontos e a segunda melhor em sacks, turnovers e aproveitamento dentro da red zone. Como a base da jovem e feroz defesa foi criada com boas escolhas nos últimos Drafts, a tendência é que esse grupo creça ainda mais em 2018.

Todas as posições da defesa foram extremamente eficientes no ano passado. Calais Campbell foi uma mega contratação no ano passado e mais uma vez deve liderar essa linha defensiva recheada de progundidade – com Yannick Ngakoue e Dante Fowler pressionando demais os QBs. Na secundária, os ótimos CBs Jalen Ramsey e AJ Bouye fazem uma excelente dupla, com os decentes Tashaun Gipson e Barry Church no miolo.

FAVORITISMO EM 2018

Quem diria que os Jaguars entrariam em uma temporada como um dos grandes candidatos ao título! Observando o Oddsshark.com, a chance do time ganhar o Super Bowl 53 é de 21 para um. Jacksonville é o terceiro time com mais chances de vencer a AFC, com 10 para um, e o  favorito dentro da AFC South: R$2,75 para cada real investido.

VAI ATÉ ONDE?

Após anos de reconstrução, finalmente o Jacksonville entra em uma temporada respeitado. Após quase bater os Patriots na final da AFC, não é loucura nenhuma dizer que o time tem totais condições de chegar ao Super Bowl. Se Leonard Fournette ficar saudável e a defesa continuar feroz, por que não?

PREVISÃO: 1º DA AFC SOUTH

Comentários