Sem sustos, Cowboys vencem os Giants no clássico do Sunday Night Football

A promessa de um Sunday Night Football equilibrado foi para o espaço logo nos minutos iniciais – o Dallas Cowboys abriu vantagem logo de cara e jamais teve a liderança ameaçada. No fim das contas o time da casa não teve dificuldade para vencer o New York Giants por 20 a 13 – no duelo que fechou a rodada desde domingo da NFL no AT&T Stadium, no Texas.

Os destaques da partida foram às defesas – que impediram que os ataques produzissem lances mais agudos nas trincheiras. Quem aprecia aquela máxima de “defesa ganha campeonato” deve ter se empolgado com o fechamento da rodada de domingo na NFL. O principal destaque dos Cowboys foi o pass-rush – que forçou seis sacks no coitado do Eli Manning. Será que a linha ofensiva realmente melhorou em 2018? Melhor ficar de olho aberto nisso…

A vitória se torna ainda mais importante para os Cowboys, pois os dois clubes atuam na mesma divisão: a NFC East. Agora, New York já soma 0-2 contra 1-1 de Dallas depois, Philadelphia Eagles e Washington Redskins.

 

DALLAS AVASSALADOR

O time mais popular da América, o Dallas Cowboys, logo na primeira campanha do jogo abriu 7 a 0 no placar com um passe de 64 jardas do QB Dak Prescott para o wide receiver Tavon Austin. O primeiro de um WR da equipe em 2018 –  já que na derrota para o Carolina quem pontuou foi o RB Ezekiel Elliott. Austin não anotava um TD desde a semana 12 de 2016! Caracas!

Depois de uma campanha avassaladora, as defesas se sobressaíram diante dos ataques… os dois grupos levantaram as muralhas! Sacks e tackles foram às imagens mais vistas.

Antes do intervalo teve tempo para o kicker vindo da CFL (liga profissional de futebol canadense) Brett Maher fazer 10 a 0 para os mandantes  – acertando um chute de 37 jardas. Dominantes, os Cowboys foram para o intervalo vencendo por diferença de 10 pontos.

Giants sem reação

A franquia do New York Giants sabia que sua produção ofensiva precisava melhorar no horário nobre americano, mas o quarterback Eli Manning, desprotegido, sofreu um sack que gerou um fumble em favor dos Cowboys. Que fase dessa linha ofensiva! Menos mal que a defesa impediu um TD adversário e viu o resultado ir para 13 a 0 com Maher convertendo um FG de 29 jardas.

Os primeiros pontos dos nova iorquinos na partida vieram na parte final do 3° quarto com Field Goal de 28 jardas anotado pelo kicker Aldrick Rosas.

Mesmo assim, pouco ajudou na empolgação por uma virada, já que a dupla Prescott e Elliott apareceu mais uma vez para infernizar os rivais e matar o jogo: uma campanha longa alternando entre passes e corridas até o camisa 21, enfim, entrar na end zone adversária e carimbar a vitória dos Cowboys. O WR Engram ainda deixou sua marca com um TD para o visitantes, mas não foi o suficiente para evitar a derrota no Texas.

PRÓXIMA SEMANA

Pela semana 3 da NFL o Dallas Cowboys vai até o CenturyLink Field enfrentar o Seattle Seahawks, às 17h25 (horário de Brasília), no domingo (23). Enquanto o New York Giants viaja para Houston onde enfrenta os Texans, no NRG Stadium, também no domingo, só que mais cedo, às 14h (horário de Brasília).

Comentários