Aaron Rodgers vira o jogo no fim e dá a vitória aos Packers contra os Niners

Não estava sendo uma boa atuação do Green Bay Packers no Monday Night Football: o time sofria dos dois lados da bola oval e estava sucumbindo em pleno Lambeau Field para o valente San Francisco 49ers. Quando tudo parece perdido, eis que os gênios do esporte aparecem para fazer a diferença – e foi exatamente o que Aaron Rodgers fez na noite desta segunda-feira. Além de empatar o duelo nos minutos finais, A-Rod ainda conseguiu posicionar Mason Crosby para o field goal da vitória no estouro do cronômetro – dando a redenção para um dos maiores ícones da franquia após o desastre em Detroit na semana passada. Graças ao monstro da camisa 12, os Packers venceram o disputado duelo na tundra de Green Bay por 33 a 30. Que jogão para fechar a semana 6 da NFL!

Apesar de não estar em suas melhores noites da carreira, tirando os minutos finais, Rodgers ainda deixou o campo com 425 jardas, dois TDs e nenhuma interceptação. Já a defesa, bem… poderia ter feito um trabalho MUITO melhor. Do lado dos Niners, o time mostrou uma garra impressionante e por muito pouco não sai de Wisconsin com a vitória. O time correu bem com a bola e teve CJ Bethard em um bom dia – apesar da custosa interceptação no fim: foram 245 jardas e dois lindos passes para touchdown.

A vitória leva os Packers a 3-2-1 ao lado dos Vikings e com apenas uma derrota a mais do que o líder da NFC North – o Chicago Bears. Tudo ainda mais embolado por lá! Já na NFC West, os 49ers caem para 1-5 e já começam a planejar 2019 – para desespero do fanático torcedor.

 

Packers saem na frente, mas Niners tomam conta do jogo

Apesar da noite gelada em Wisconsin, o jogo começou muito quente no Lambeau Field – os dois ataques estavam avassaladores! Para se ter uma ideia, ambos passaram das 200 jardas ainda no primeiro período. Os Niners não sentiram a pressão e encontraram a end zone adversária logo na primeira campanha: CJ Bethard avançou bem com a bola e Matt Breida finalizou com uma corrida de três jardas para touchdown.

Apesar do balde de água fria, o torcedor seguiu incentivando e não demorou para os Packers dispararem na frente: foram 17 pontos consecutivos! Ty Montgomery quebrou um tabu de oito jogos e finalmente anotou um touchdpown de Green Bay na 1ª campanha de um jogo – em uma corrida de duas jardas. Depois de Mason Crosby (finalmente) acertar um field goal curto de 29 jardas, capitalizando um fumble dos Niners, Aaron Rodgers apareceu e lançou seu primeiro TD na noite: passe curto para Davante Adams. 17 a 3 Packers.

Muito criticado nas últimas semanas, CJ Bethard resolveu colocar as mangas de fora em Wisconsin e soltou o braço no segundo período – o garoto lançou dois passes longos para touchdowns de Marquise Goodwin (conexões de 67 e 30 jardas, respectivamente). Que grande primeiro tempo do QB dos Niners! Depois de mais um field goal para cada pado, os 49ers foram para o intervalo vencendo por 24 a 20 no gelado Lambeau Field.

 

Rodgers faz a sua mágica no fim

Green Bay voltou para a segunda etapa com tudo disposto a retomar a ponta do placar, entretanto, a única coisa que Rodgers conseguiu foi posicionar Mason Crosby para o terceiro field goal da noite. Essa foi a única pontuação dos Packers no 3º período, pois San Francisco gastou mais de dez minutos de relógio e controlou as ações no Lambeau Field! Apoiado no jogo corrido com Breida e Raheem Mostert, o time foi desgastando a defesa dos mandantes pelo chão e pontuou nas duas oportunidades que teve- ambos field goals de Robbie Gould na tundra de Green Bay. 30 a 23 49ers no fim do 3º quarto.

Já sob vaias no estádio, os Packers sofriam demais dos dois lados da bola oval: a defesa não conseguia achar os corredores de San Francisco e o ataque não havia anotado um touchdown sequer depois do primeiro quarto. Quando tudo parecia perdido pelos lados de Green Bay, eis que o gênio do esporte aparece para decidir – é por essas e outras que Aaron Rodgers é considerado um dos maiores de todos os tempos. O camisa 12 recebeu a bola com três minutos precisando de um touchdown para empatar o duelo – e foi justamente o que ele fez: campanha veloz de apenas um minuto finalizada com com um passe de 16 jardas para o monstro Davante Adams. Tudo igual em Wisconsin!

Meio atordoado com o empate, San Francisco tentou responder logo de cara e voltar à liderança, mas acontece que Bethard ainda não é um QB à altura de Rodgers. O garoto soltou o braço na hora errada e acabou interceptado por Kevin King a um minuto do fim. Prorrogação em Green Bay? Nem pensar. A-Rod recebeu a bola de volta e fez mais um milagre! O camisa 12 posicionou Mason Crosby para a redenção, após a partida lamentável contra os Lions, e o veteraníssimo não desperdiçou: chute de 27 jardas dentro do “Y” e vitória dos Packers no Lambeau Field em festa!

Comentários