Vikings batem os Eagles na Filadélfia na revanche da final da NFC

Após três jogos sem saber o que era uma vitória,  o Minnesota Vikings desembarcou na ensolarada Filadélfia precisando demais do triunfo para voltar a brigar dentro da NFC North. O adversário era nada menos que o Philadelphia Eagles – time que venceu os Vikes em janeiro e foi para o Super Bowl 53. Muito criticada nos primeiros duelos, a defesa apareceu e venceu as Águias por 23 a 21 no Lincoln Financial Field – em duelo válido pela semana 5 da National Football League.

Apesar de ter lançado apenas um touchdown na Cidade do Amor Fraternal, Kirk Cousins foi o destaque ofensivo dos Vikes acertando 30 de 37 passes. Como dito acima, a defesa forçou turnovers e garantiu a boa vantagem no marcador na primeira etapa. Do lado dos Eagles, a queda de rendimento da linha ofensiva e o alto número de faltas foram o calcanhar de Aquiles desse grupo. Mesmo com o revés, Carson Wentz lançou 311 jardas, dois touchdowns e nenhuma interceptação.

Vikings saem na frente

Como era de esperar, as defesas começaram levando a melhor no Lincoln Financial Field – dois grupos que deram o que falar no ano passado. Enquanto Carson Wentz sofria demais para conseguir first downs, os Vikings tiveram duas tentativas de field goal no primeiro quarto: Dan Bailey errou a tentativa de 28 jardas e acertou a de 38. 3 a 0 Vikings no final do 1º período.

Depois de um início complicado, o ataque dos Eagles melhorou e começou a produzir: Jake Elliott converteu o field goal 30 jardas e empatou o duelo da Cidade do Amor Fraternal. Quando parecia que Philly finalmente tinha entrado no jogo, eis que um fumble colocou tudo a perder: o grandalhão Linval Joseph recuperou a bola viva e retornou por 64 para touchdown!

Os Eagles sentiram o baque, e os Vikings aproveitaram o bom momento para capitalizar o primeiro touchdown ofensivo da tarde: campanha de oito jodadas – a última delas um passe preciso de Kirk Cousins para Adam Thielen no estouro do cronômetro. Dominante, o Minnesota Vikings foi para o intervalo vencendo por 17 a 3.

 

Eagles reagem, mas não levam

Philadelphia voltou com outra pegada para o segundo tempo e caminhava a passos largos para diminuir o prejuizo, mas Jay Ajayi arrancou suspiros do torcedor sofrendo um fumble a apenas seis jardas da end zone. Minnesota não perdoou e transformou a roubada de bola em mais um field goal de Bailey – colocando a diferença em 20 pontos.

Mesmo muito atrás do placar, os Eagles não desistiram e arquitetaram uma grande reação no terceiro período: Elliott converteu um field goal de 28 jardas e Carson Wentz lançou o primeiro touchdown da noite – passe de 12 jardas para Wendell Smallwood. As Águias encostando!

O Linc explodiu de vez quando a defesa forçou um fumble em Cousins e recuperou a bola no começo do último período, etretanto, o ataque não conseguiu transformar o turnover em pontos. Que ducha de água fria! Os Vikings receberam a bola de volta e foram perfeitos: Cousins gastou seis minutos de relógio e Bailey converteu um difícil field goal de 52 jardas – colocando a diferença em duas posses três minutos do fim.

Precisanso de um milagre, Carson Wentz voltou a campo e buscou um touchdown na raça, em um passe maravilhoso para Zach Ertz, mas não foi o suficiente. Philly quase recuperou o onside kick, mas a bola acabou nas mãos de Adam Thielen. Vitória importantíssima dos Vikings na Filadélfia!

 

Próximos jogos

Enquanto os Eagles voltam a campo já nesta quinta-feira (11) em um Thursday Night Football contra os Giants em Nova York, os Vikings recebem os Cardinals no próximo domingo (14), às 14h, no US Bank Stadium.

Comentários