Em virada histórica, 49ers vencem os Falcons e estão no Super Bowl

Mais uma vez o San Francisco 49ers provou que é capaz de realizar façanhas inacreditáveis. O time começou perdendo por 17 a 0 para o Atlanta Falcons jogando fora de casa, mas mostrou uma força de reação impressionante e mesmo em um dos ambientes mais hostis da NFL, conseguiu virar a partida e venceu por 28 a 24, sagrando-se campeão da NFC. Agora, os Niners esperam o vencedor de Baltimore Ravens e New England Patriots para saber qual será o adversário no Super Bowl XLVII.

O time da casa começou com tudo, Matt Ryan com uma ótima proteção de sua linha ofensiva estava achando seus alvos com muita facilidade. Como já é característico desse time de Atlanta, o time utilizou vários passes curtos, até que Ryan em uma jogada de play action achou Julio Jones livre de marcação, um passe de 42 jardas que resultou no primeiro TD da partida. O domínio de Atlanta era notório, em mais uma campanha consistente o time anotou um field goal e abriu 10 a 0 com muita tranqüilidade.

Literalmente um massacre dos Falcons no primeiro quarto, o ataque conseguiu ficar 12 minutos em campo, Julio Jones chegou a 100 jardas recebidas com 5 minutos para o fim do primeiro período e a defesa limitou os Niners a um total de duas jardas negativas.

Jones continuou com um desempenho espetacular, no primeiro snap do segundo quarto ele recebeu um passe de 20 jardas o fundo da endzone e abriu impressionantes 17 a 0 no placar, para delírio do público presente no Georgia Dome. Torcedor que começou a se preocupar logo em seguida, pois aos poucos as coisas começaram a mudar bastante…

Foi um 49ers completamente diferente no segundo período, a defesa começou a forçar punts e o ataque estabeleceu o jogo terrestre, equilibrando o tempo de posse de bola. Colin Kaepernick aproveitou a fragilidade da defesa de Atlanta em marcar tight ends e utilizou bastante Vernon Davis, ele foi fundamental na surpreendente reação dos Niners. Foram dois touchdowns marcados no segundo quarto, o primeiro deles com uma corrida de 15 jardas de LaMichael James e o outro com o próprio Davis recebendo um passe curto e entrando na endzone, com menos de dois minutos para o intervalo.


Tempo mais do que suficiente para Matt Ryan produzir. O quarterback deu uma aula de como atuar no “no huddle”, em apenas 1m26s ele conduziu uma brilhante campanha que terminou com um TD de 10 jardas para o futuro membro do hall da fama Tony Gonzalez.O jogo foi para o intervalo com Atlanta vencendo por 24 a 14, primeiro tempo espetacular digno de uma final de conferência!

San Francisco voltou com a mesma pegada no segundo tempo, o time recebeu a bola e logo na primeira campanha anotou um touchdown com uma corrida de cinco jardas do RB Frank Gore, diminuindo a diferença para apenas uma posse de bola. A defesa também estava fazendo seu papel, forçou dois turnovers, mas os Niners não conseguiram transformar as roubadas de bola em pontos.

São erros que acabam decidindo uma partida: Matt Ryan lançou uma bola nas mãos de Chris Culliver, mas os Niners não pontuaram porque o kicker veterano David Akers chutou o Field goal na trave. Logo em seguida, a defesa recuperou um fumble de Ryan, mas o WR Michael Crabtree retribuiu o presente e soltou a bola praticamente na linha da endzone.

Mas os erros não abalaram os 49ers, o domínio seguiu no último quarto. O time aproveitou o desgaste da defesa dos Falcons e estabeleceu o jogo corrido: a campanha de cinco corridas e apenas um passe terminou com um avanço de nove jardas de Frank Gore dentro da endzone, colocando San Francisco na frente pela primeira vez na partida.

Atlanta tinha 8:27 no relógio para anotar o TD da vitória, o time foi gastando o cronômetro e avançando aos poucos. Entretanto, chegou um momento que o tempo virou inimigo, a equipe teve que arriscar uma quarta descida com pouco mais de um minuto para o final da partida. Matt Ryan não conseguiu completar o passe para Julio Jones, devolvendo a posse de bola para os Niners e praticamente definindo o jogo. San Francisco gastou o resto do tempo, consolidou uma virada surpreendente e venceu a NFC, garantindo um lugar no Super Bowl 47.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus 
Filippi é colaborador do @NFLBrasil.


Tags:

Endzone Brasil - Onde termina tudo que você precisa saber sobre a NFL!

Mais notícias