Bears batem os Jets fora de casa e lideram a NFC North

Jeffery recebeu 105 jardas no MetLife Stadium

Jeffery recebeu 105 jardas no MetLife Stadium

Como já é de costume, o New York Jets ficou no quase. Após sair perdendo por 14 pontos, o time esboçou uma reação, mas não conseguiu vencer o Chicago Bears no Monday Night Football desta segunda-feira (22). Muito da inconsistência dos Jets é reflexo de seu quarterback, Geno Smith ainda sofre com a variação de bons momentos e lances até de certo ponto bizarros. Ele computou 316 jardas, lançou um TD e duas interceptações. Melhor para os Bears, que venceram fora de casa por 27 a 19 e lideram a NFC North ao lado dos Lions.

A partida não podia ter começado pior para New York Jets. O torcedor mal tinha se acomodado nos assentos do MetLife Stadium, o time já havia cometido dois turnovers e estava perdendo por 14 a 0. O QB Geno Smith foi interceptado no segundo passe tentado na noite, o safety Ryan Mundy agarrou a bola e retornou 45 jardas até a endzone adversária.  Três minutos depois, o calouro Jalen Sounders não agarrou o retorno de um punt, a bola ficou viva e recuperada por Chicago. O QB Jay Cutler precisou de três jogadas para anotar mais um touchdown, em um passe curto para o TE Martellus Bennett.

Atordoados, os comandados de Rex Ryan se recuperavam aos poucos do duro golpe sofrido no começo do jogo. Smith teve a bola de volta e conseguiu manter a posse de bola, balanceando passes curtos com corridas do RB Chris Ivory. A campanha foi até boa, mas o time esbarrou no problema já crônico de não anotar touchdowns na redzone, ou seja, as últimas vinte jardas do campo. Os Jets tiveram que se contentar com um field goal de 43 jardas convertido por Nick Folk. Chicago pagou na mesma moeda, um drive de quase cinco minutos terminado em field goal.

Foi a única boa campanha do time visitante no primeiro tempo. Tirando os drives dos turnovers, o ataque de Chicago sofria demais com o ótimo pass-rush dos Jets. Com o momento a seu favor, os donos da casa foram bem melhores no segundo quarto, dominaram a posse de bola e seguiram pontuando. Foram dez pontos seguidos: mais um field goal convertido por Nick Folk e um lindo TD na conexão de Smith com o WR Jeremy Kerley.

Smith fou mais uma vez inconstante

Smith foi mais uma vez inconstante

O time até podia ter virado a partida, se não fosse um erro crasso da arbitragem. Os Jets forçaram um fumble em Jay Cutler nos minutos finais do primeiro tempo, o LB Demario Davis já retornava a bola para a endzone adversária quando os juízes apitaram, parando a jogada. Os árbitros alegaram passe incompleto, mas no replay ficou claro que realmente foi um fumble. Que burrada! Mesmo com a posse, New York não conseguiu pontuar, foi para o intervalo perdendo por 17 a 13.

Chicago voltou melhor no segundo tempo, Cutler passou a soltar a bola mais rápido para evitar a forte pressão do front seven adversário. Ele precisou de quatro minutos para ampliar ainda mais a vantagem do time visitante, com um touchdown de 13 jardas para Bennett, segunda conexão da dupla para TD no jogo.

Smith não fazia um jogo ruim, mas mais uma vez mostrava aquela famosa inconsistência que incomoda demais o fanático torcedor dos Jets. Levava seu time próximo de anotar touchdowns, porém, falhava na hora da decisão. Em três bons drives do segundo tempo, dois resultaram em field goals e o outro em interceptação do promissor calouro Kyle Fuller. Mesmo aos trancos e barrancos, o time da casa colocou a diferença em uma posse de bola no começo no segundo quarto.

Os Bears gastaram bem o relógio no último quarto, Robbie Gould chutou a bola dentro do Y e voltou a colocar a diferença em oito pontos a três minutos do fim. Vitória garantida, não na NFL! Basta ver o que Peyton Manning fez na noite de ontem contra os Seahawks. Infelizmente para o torcedor dos Jets, Smith não tem todo o talento do camisa 18. Ele bem que tentou, ficou bem próximo de pelo menos anotar o touchdown, mas a desfalcada defesa dos Bears apareceu na hora certa. Vitória importantíssima dos Bears fora de casa!

As duas equipes jogam em casa no próximo domingo (28): Chicago faz o clássico da divisão contra o Green Bay Packers no Soldier Field, os Jets recebem os Lions em Nova York.

Comentários