Em Londres, Dolphins exploram fragilidade dos Raiders para vencer a segunda

tempDBCG8041--nfl_mezz_1280_1024

Dolphins e Raiders se enfrentaram no Estádio de Wembley

Parece que toda a tempestade que se formava em Miami, com previsão de chuva para Ryan Tannehill, acabou se transformando em um dia ensolarado em Londres – ao menos para os Dolphins, que não deram chance aos Raiders. Até o quarto período o placar mostrava 38 a 7 para os Golfinhos de Miami. O único touchdown do quarto período foi dos Raiders, já no desespero e quando só jogavam os reservas de Miami. Os Raiders vão marchando com confiança em busca do primeiro pick do Draft do ano que vem.

No começo até parecia que ia ser um jogo parelho. Os Raiders marcaram TD no primeiro drive do jogo, em um passe curto de Derek Carr para o tight end Brian Leonhardt. Oakland ainda segurou Miami por um drive, mas também desperdiçou o seu e em seguida veio o começo do show de Miami. Num drive rápido, que começou no primeiro quarto e terminou ainda dentro do primeiro minuto do segundo quarto, Tannehill encontrou Mike Wallace num screen pass e o franzino jogador foi batendo, foi enfrentando os defensores e, esticando o braço, conseguiu encontrar a endzone.

Na posse de bola seguinte, os Raiders não conseguiram sequer o primeiro down e foram varridos de campo, deixando aos cuidados da defesa o seu destino. Com a ineficiência desta em conter o jogo corrido de Miami, os Dolphins começaram a construir a liderança em num TD de Lamar Miller, numa corrida de seis jardas, quando os Raiders tinham de se proteger contra uma quarta para polegadas.

O time de Miami convidava os Raiders para jogar, mas o adversário simplesmente não conseguia. Numa jogada que mais uma vez não conseguiram nenhuma primeira descida e foram para o Punt, Miami perdeu a bola após o fumble, mas, mais uma vez, Oakland não conseguiu sequer a primeira descida. E como quem não faz, leva, na jogada seguinte Ryan Tannehill encontrou Dion Sims, o Tight End, pra sua única recepção do jogo, num touchdown de 18 jardas.

No segundo tempo, Miami continuou chamando Oakland para o jogo, com um fumble, porém na jogada seguinte Derek Carr possibilitou a primeira interceptação de Miami na temporada, que foi retornada para a linha de três jardas. Em apenas duas corridas Lamar Miller marcou o quarto TD do jogo. O quinto saiu na sequência, em um erro básico de Matt McGloin, que foi interceptado e retornado por 50 jardas até a endzone.

Já no fim do jogo, com diversos passes para Andre Holmes, inclusive um para Touchdown, o Raiders ainda marcaram e deixaram o torcedor um pouco mais feliz.

Ambos os times estarão de bye na próxima rodada. Quando voltarem os Raiders enfrentam os Chargers, em Oakland, e os Dolphins recebem os Packers.

Comentários