Bucs dão trabalho aos Saints, mas perdem no Superdome

Robinson foi o jogador mais efetivo por terra.

Robinson foi o jogador mais efetivo por terra

Depois da última vitória em Pittsburgh, os Buccaneers foram até New Orleans para enfrentarem os Saints, em jogo válido pela semana 5 da temporada regular. A vitória da equipe da casa, por 37 a 31, só veio no tempo extra e com muita dificuldade. O QB Drew Brees foi quem liderou a virada, mas suas três interceptações lançadas quase custaram o triunfo.

Mais uma vez começando com o QB Mike Glennon, enquanto Josh McCown sofre com lesão no dedão, os Bucs tiveram um início de partida muito fraco. Mesmo assim, os Saints terminaram o primeiro quarto de jogo com apenas dois field goals convertidos pelo K Shayne Graham. A surra parecia iminente: Drew Brees lançou o primeiro TD do jogo para o RB Pierre Thomas e, em seguida, Glennon foi interceptado pelo CB Patrick Robinson. Porém, Brees e companhia não conseguiram transformar o turnover em pontuação. Diferente dos Bucs, que, ainda no segundo quarto, anotaram um FG com o K rookie Patrick Murray e conseguiram interceptar o primeiro passe na temporada com o CB Johnthan Banks. Capitalizaram no drive seguinte, touchdown do WR Louis Murphy, recebendo bom passe de Glennon.

Os Saints voltaram pro segundo tempo de jogo com uma liderança de apenas três pontos, que já seria dissipada após TD corrido do RB Bobby Rainey, dando a liderança aos Bucs. Na posse de bola de New Orleans, Brees foi mais uma vez interceptado, o LB Danny Lansanah retornou para touchdown e aumentou a vantagem do time visitante para 11 pontos.deixa. Atrás do placar, Saints reagiram rápido,  o camisa 9 conectou passe com o RB Travaris Cadet, que correu até a end zone.

Defesa dos Saints apareceu no momento certo

Defesa dos Saints apareceu no momento certo

No início do último quarto, mais um TD dos Bucs com passe de Glennon para o WR calouro Robert Herron. Agora os Saints precisavam de 11 pontos para empatar a partida e 13 minutos no relógio. Então, Thomas entrou na end zone mais uma vez, mas a conversão de dois pontos falhou. Nenhum problema para a defesa de Nola, que empurrou os Bucs 10 jardas para trás e terminou com um safety (e único sack da partida) do LB Junior Galette. O empate vinha de forma meteórica, com FG anotado na campanha seguinte. O triunfo dos Saints veio através de uma excelente corrida para TD do RB Khiry Robinson, já no tempo extra.

Os Buccaneers se tornaram um time competitivo, depois de derrotarem os Steelers. Venderam caro a vitória para os Saints, agora voltam para o Raymond James Stadium, com a moral em alta, para jogo contra os Ravens, no próximo domingo (12). Já o New Orleans Saints, depois de importante triunfo dentro da NFC South, ficam de bye na próxima semana.

Comentários