Chargers batem os Raiders e voltam a vencer após três partidas

Branden Oliver encarando a defesa dos Raiders

Branden Oliver encarando a defesa dos Raiders

Não foi desta vez que o Oakland Raiders saiu com uma vitória na temporada de 2014. O time foi vencido por 13 a 6 jogando na casa do San Diego Chargers, o Qualcomm Stadium, na tarde do último domingo (16). Com isso, os Raiders colecionam agora dez derrotas em dez partidas. Já os Chargers, que haviam perdido os últimos três jogos, mesmo sem empolgar seus fãs voltou a ganhar e continua sonhando com uma vaga nos playoffs. O time de San Diego coleciona seis vitórias em dez jogos, uma a menos que os Broncos e os Chiefs, que lideram a AFC West.

-> CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA 2014
-> VEJA OS PRÓXIMOS JOGOS DO SEU TIME

O jogo não foi de encher os olhos de quem estava no estádio. Logo com um minuto de partida, Philip Rivers acertou passe para Malcom Floyd e o placar já apontava vitória momentânea dos Chargers por 7 a 0. Os Raiders chegaram a descontar ainda no primeiro quarto com um field goal de 42 jardas batido por Sebastian Janikowski. O touchdown marcado pelos Chargers foi o primeiro e único da partida. No segundo e terceiro quarto, a equipe somou mais seis pontos em field goals, que Nick Novak bateu com perfeição (um deles de 52 jardas, quase a maior marca da carreira do kicker, que até o momento é de 53), e os Raiders chegaram a descontar novamente com Janikowski nos minutos finais, mas o placar se encerrou 13 a 6.

Carr lançou 34 passes e acertou apenas 16, conquistando 172 jardas totais. Seu rival, Philip Rivers, também não teve uma tarde dos sonhos, tendo acertado 22 de 34, e lançado para 192 jardas. Ryan Mathews chegou a carregar a bola 16 vezes, mas avançou 70 jardas, o que numa semana com tantos running backs inspirados como Le’Veon Bell e Jonas Gray (que correram para mais de 200 jardas), não foi uma atuação surpreendente.

Na próxima semana, os Raiders recebem o embalado Kansas City Chiefs, que vêm de cinco vitórias seguidas. Os Chargers jogam em casa também, mas contra o St. Louis Rams, e para continuar sonhando com um título de divisão, a vitória será necessária.

Comentários