Dolphins batem os Bills e assumem segunda posição da AFC East

Tannehill comandou a vitória no segundo tempo

Tannehill comandou a vitória no segundo tempo

A defesa do Buffalo Bills bem que tentou, colocou muita pressão no QB Ryan Tannehill, mas o ataque comandado por Kyle Orton mais uma vez nada produziu. Dominante principalmente no segundo tempo, o Miami Dolphins venceu o Thursday Night Football desta quinta-feira (13) por 22 a 9 na Flórida. Vitória importantíssima dentro da AFC East, os Dolphins chegam a seis vitórias e seguem firme na briga por uma vaga nos playoffs. Tannehill não foi perfeito, mas lançou 240 jardas, dois touchdowns e nenhuma interceptação.

Miami Dolphins e Buffalo Bills entraram no SunLife Stadium com campanhas muito parecidas: duas defesas entre as sete melhores da NFL (Miami 5º e Buffalo 7º), cinco vitórias e quarto derrotas, exatamente o mesmo saldo de turnovers (+5, com 19 roubados e 14 cedidos). Não foi a toa que equilíbrio resume bem o começo da partida. As duas equipes tiveram campanhas longas, avançaram bem pelo campo, mas não o suficiente para anotar touchdowns.  Os dois times tiveram drives de 14 jogadas, que se transformaram apenas em field goals. Caleb Sturgis e Dan Carpenter converteram os respectivos chutes, e o primeiro quarto terminou empatado em 3 a 3.

-> CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA 2014
-> VEJA OS PRÓXIMOS JOGOS DO SEU TIME

Um jogo no mínimo peculiar na Flórida: muitas jardas, mas poucos pontos. Tanto Bills como Dolphins passaram da metade do campo em todas as campanhas no primeiro tempo, mas não anotaram nenhum touchdown. Miami estava bem próximo disso, já estava na red zone, quando o DE Jerry Hughes forçou um fumble no QB Ryan Tannehill. Os Bills recuperaram a posse e tiveram uma campanhalonga, muito longa (9:25), mas tiveram que se contentar com mais um field goal de Carpenter. Os visitantes foram para o intervalo vencendo por 6 a 3.

Lamar Miller correspondeu quando acionado

Lamar Miller correspondeu quando acionado

A escassez  de pontos seguiu no  começo do terceiro quarto, apenas mais um field goal de Carpenter. Isso até os minutos finais, quando o ataque do time da casa finalmente resolveu aparecer. Em uma campanha que Lamar Miller teve bons avanços e Tannehill foi praticamente perfeito, Miami anotou o primeiro touchdown da noite no SunLife Stadium, um passe de sete jardas do quarterback para Brandon Gibson dentro da end zone. Empolgado com o apoio da torcida, os Dolphins voltaram a pontuar logo em seguida, com uma falta de “intentional grounding” de Kyle Orton dentro da própria end zone. Safety! Curioso é que o time não havia aplicado nenhum sack em Orton até então, já Tannehill havia sofrido três.

Buffalo teve a oportunidade de ouro de voltar rapidamente para o jogo: recuperou a bola em ótima posição de campo, após o calouro Jarvis Landry soltar a bola no retorno. Mas mais uma vez não foi efetivo. Não somente o time não conseguiu o touchdown, completando vinte campanhas seguidas sem TD, como o kicker Dan Carpenter errou a tentativa de field goal de 47 jardas no início do último período.

Miami recebeu a bola de volta, matou o confronto. Tannehill mais uma vez foi consistente, avançou 63 jardas e lançou seu segundo TD na partida. Landry se redimiu do fumble, recebeu a bola e, de forma polêmica, entrou com ela na end zone. O time da casa recebeu a bola de volta minutos depois, gastou muito bem o relógio, encaminhou a vitória. Caleb Sturgis converteu mais um field goal nos minutos finais, sacramentando a importante vitória dos Dolphins em seus domínios.

Os dois times voltam a campo no dia 23 de novembro: Os Bills recebem outrorival de divisão, o New York Jets, enquanto que os Dolphins sobem as montanhas de Denver para encarar os Broncos de Peyton Manning.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários