Em casa, Bengals passam pelos Broncos e garantem vaga nos playoffs

Calouro Jeremy Hill no TD de 85 jardas

Calouro Jeremy Hill no TD de 85 jardas

O Cincinnati Bengals entrou no Paul Brown Stadium precisando vencer para carimbar o passaporte rumo aos playoffs, foi exatamente o que aconteceu no último Monday Night Football de 2014. Foi um belíssimo duelo, com emoção até o fim. O time levou uma virada do Denver Broncos no terceiro período, mas teve personalidade para vencer por 37 a 28 na noite desta segunda-feira (22). Além de ir para a pós-temporada, Cincinnati ainda ajudou o New England Patriots, Tom Brady e companhia confirmaram a melhor campanha da AFC com o tropeço dos Broncos.

Após dois punts nas primeiras campanhas, o duelo da AFC pegou fogo no primeiro quarto. Foram duas jogadas explosivas, um touchdown de cada lado em menos de um minuto! O primeiro deles do time visitante, com um TD de sua defesa. AJ Green não agarrou o passe de Andy Dalton, a bola ficou no ar e foi agarrada pelo ótimo Aqib Talib. O cornerback retornou a interceptação por 33 jardas e abriu o placar no Paul Brown Stadium. Quem diria que esta seria a única pontuação dos Broncos no primeiro tempo inteiro… Cincinnati respondeu logo em seguida, com uma fantástica corrida para touchdown de 85 jardas do calouro Jeremy Hill.

Foi um domínio total dos Bengals na primeira etapa, a defesa tinha muito sucesso brecando o quarto melhor ataque da NFL! Denver teve apenas 121 jardas totais no primeiro tempo. Se Peyton Manning e companhia não estavam em uma noite feliz, o ataque dos Bengals anotou mais 13 pontos antes do intervalo: dois field goals (37 e 49 jardas) convertidos por Mike Nugent, e uma conexão para touchdown de Dalton com o TE Jermaine Gresham. A campanha do TD foi gerada a partir de um turnover, Manning foi interceptado pelo safety Reggie Nelson.

Os Broncos até tiveram uma campanha decente segundos antes do intervalo, mas Connor Barth errou um field goal de  49 jardas no estouro do cronômetro. Mais consistente, o Cincinnati Bengals foi para os vestiários vencendo por 20 a 07.

Dois belíssimos retornos de kickoff, um de cada time, marcaram o início do segundo tempo, posicionando os respectivos ataques para anotar touchdowns. O safety Omar Bolden retornou por 77 jardas, o RB CJ Anderson finalizou a campanha curta de Denver com uma corrida de uma jarda para dentro da end zone. Logo em seguida, foi a vez do time de especialistas dos Bengals fazer estrago, Adam Jones avançou 80 jardas no retorno e deixou seu ataque próximo da red zone. Dalton precisou de três jogadas para anotar o touchdown, com uma conexão de 22 jardas com o RB Giovani Bernard.

Manning foi muito bem no terceiro quarto

Manning foi muito bem no terceiro quarto

Tudo que o ataque dos Broncos não fez no primeiro tempo inteiro, executou com perfeição no terceiro período. Parecia outro jogo completamente diferente, com o ataque de Denver dominando a defesa do time da casa. Muito mérito do técnico John Fox e de Peyton Manning, o quarterback lia com perfeição as falhas da defesa dos Bengals e mudava as jogadas com rapidez na linha de scrimmage.

Na medida em que a chuva ia castigando o Paul Brown Stadium, os Broncos anotavam 14 pontos e viravam o duelo em Cincinnati. Foram duas campanhas maiúsculas comandadas pelo camisa 18, muita rapidez e precisão nas chamadas. Drives muito parecidos: impulsionados por recepções longas de Demaryius Thomas, finalizados com passes curtos de Manning para Emmanuel Sanders. Linda reação dos Broncos!

Mas Cincinnati não estava disposto a entregar de bandeja a classificação antecipada aos playoffs, o time reagiu no último período. Os Bengals  interceptaram Peyton Manning pela segunda vez na noite, Adam Jones foi muito bem na jogada, mas a equipe não soube capitalizar a roubada de bola. Impulsionado por outro bom retorno, Cincinnati voltou a assumir a ponta do marcador, com um field goal de 23 jardas convertido por Nugent.

Perdendo por dois pontos e com a posse de bola, Manning tentou arquitetar mais uma de suas inúmeras viradas no último quarto, mas não conseguiu. Além de não produzir, ele praticamente acabou com as chances de vitória de Denver, lançando uma estranha interceptação nas mãos de Dre Kirkpatrick. O cornerback retornou a bola para touchdown, sacramentando a classificação dos Bengals aos playoffs. O camisa 18 lançaria ainda outra interceptação praticamente no estouro do cronômetro, quarta dele na chuvosa noite em Cincinnati.

Os dois times voltam a campo na rodada cheia do próximo domingo (28): Cincinnati decide o título fora de casa contra o Pittsburgh Steelers, os Broncos recebem o Oakland Raiders em Denver.

Comentários