Baltimore aproveita tropeço dos Chargers, vence e vai para os playoffs

B5-IN89CIAA8Wx1

Aiken celebra seu touchdown no jogo

Todas as atenções das partidas do primeiro horário de jogos deste domingo estavam para a definição do último classificado da AFC. San Diego Chargers, Baltimore Ravens, Houston Texans e Kansas City Chiefs estavam na briga e a vaga no Wild Card acabou nas mãos dos Ravens, que venceram os Browns, por 20 a 10, em Baltimore, e contaram com a derrota dos Chargers para os Chiefs, no Arrowhead Stadium.

Os Chargers entraram com a vantagem e só dependendiam de si contra os Chiefs. Caso San Diego percesse, abriria leque para os Ravens, que encarariam os Browns precisando da vitória. Se Chargers e Ravens fossem derrotados, os Texans se classificariam com uma vitória pra cima do Jacksonville Jaguars. Ainda tinha os Chiefs, que precisam vencer e contam com tropeços de Ravens e Texans.

A rodada começou e o primeiro time a pontuar foi o Kansas City Chiefs, com um FG de 43 jardas de Cairo Santos. O resultado deixou os Ravens com a vaga. Momentos depois, os Texans anotaram um TD com Arian Foster, mas sofreram a virada dos Jaguars, deixando a torcida desesperada.

Chase Daniel liderou os Chiefs a vitória

Chase Daniel liderou os Chiefs a vitória

FIM DO PRIMEIRO QUARTO: SD 00 @ 03 KC // CLE 00 @ 00 BAL // JAX 10 @ 07 HOU

No segundo quarto em Kansas City, Travis Kelce recuperou um fumble na endzone e fez 10 a 00. Mas logo na sequência os Chargers diminuiram com Brandon Oliver, que correu uma jarda para a endzone. Sabendo da derrota dos Chargers, os Ravens abriram o placar sobre os Browns em FG de Justin Tucker, mas o empate veio na campanha seguinte.

Comendo pelas beiradas e de olho nos tropeços dos adversários, os Texans assumiram a liderança do placar após touchdown terrestre de Alfred Blue, deixando o palcar no NRG Stadium em 14 a 10 no intervalo. Enquanto isso, em Kansas City, Cairo Santos batia o recorde de pontos por um calouro na temporada e a torcida dos Chiefs seguia secando todo mundo.

FIM DO SEGUNDO QUARTO: SD 07 @ 16 KC // CLE 03 @ 03 BAL // JAX 10 @ 14 HOU

Com a vaga nas mãos,os Ravens só precisavam vencer em casa. Mas após boa campanha comandada por Connor Shaw, o terceiro QB de Cleveland, o time anotou seu primeiro touchdown em corrida de Terrance West e fez 10 a 03. A vaga cairia no colo de Houston com o resultados.

A alegria no Arrowhead Stadium aumentaria ainda mais. Em Houston, Chris Clemons forçou um fumble em Keenum e, duas jogadas depois, C. Shorts achou Todman na endzone, virando a partida para os Jaguars e deixando a vaga com os Chiefs – a equipe que tinha menos chances de classificação.

FIM DO TERCEIRO QUARTO: SD 07 @ 19 KC // CLE 10 @ 03 BAL // JAX 17 @ 14 HOU

Vitória coloca os Ravens nos playoffs

Vitória coloca os Ravens nos playoffs

Após o silêncio, o NRG Stadium voltou a explodir em conexão de Keenum para Andre Johnson logo no início do último quarto, deixando o time com vantagem de 21 a 17 e a classificação momentânea. E era realmente de momento, pois os Ravens viraram o jogo após duas campanhas. Primeiro com FG curto de Justin Tucker e depois em TD de Flacco para Torrey Smith, que foi o homem da campanha para fazer 13 a 10 em Baltimore.

Perdendo por 12 pontos em Kansas City, os Chargers bateram na porta da endzone, mas saíram de campo sem o touchdown, praticamente matando as chances do time e deixando a briga com Ravens e Texans. Em Houston, J.J. Watt forçou um safety após mais um sack – seu 20º na temporada (se tornando o único jogador da história a ter duas temporadas seguidas com 20 sacks). No entanto, todo o esforço do DE foi em vão, já que os Ravens voltaram a endzone com Kamar Aiken e sacramentaram a vitória por 20 a 10.

Ainda deu tempo dos Chargers não converterem uma quarta para meia jarda no campo de ataque e de Rivers sofrer um safety, fechando a eliminação de San Diego com a derrota por 19 a 07.  Em Houston, os Texans venceram por 23 a 17, mas ficaram sem a vaga.

FIM DO TERCEIRO QUARTO: SD 07 @ 19 KC // CLE 10 @ 20 BAL // JAX 17 @ 23 HOU

Outros resultados:

– Depois de um primeiro tempo praticamente zerado, o Seattle Seahawks anotou dois touchdowns no último período, venceu o rival St. Louis Rams por 20 a 6 no CenturyLink Field e garantiu a melhor campanha da NFC. Impecável, a “Legion of Boom” mais uma vez foi destaque.

– No último jogo do técnico Jim Harbaugh no comando do San Francisco 49ers, o time venceu de virada o Arizona Cardinals por 20 a 17 no Levi’s Stadium e acabou com a chance do rival conseguir uma folga na primeira rodada dos playoffs. Horas mais tarde, o técnico e o time anunciaram o desligamento de Harbaugh do comando do time.

– O Philadelphia Eagles acabou com a sequência de três derrotas consecutivas, bateu o rival New York Giants por 37 a 26 no Metlife Stadium. Mesmo com uma campanha de 10-6, o time da cidade do amor fraternal está fora dos playoffs.

– Confirmando a notória melhora em 2014, o Buffalo Bills bateu o New England Patriots em Foxborough! Vitória por 17 a 09. Já com a melhor campanha da AFC garantida, os Patriots jogaram apenas para cumprir tabela. Rob Gronkowski nem atuou, Tom Brady foi poupado no segundo tempo.

– O New Orleans Saints fechou a pífia temporada de 2014 com vitória de virada, bateu o rival Tampa Bay Buccaneers por 23 a 20 no Raymond James Stadium. Derrota comemorada em Tampa, o time garante a primeira escolha geral no próximo Draft.

– New York Jets e Miami Dolphins fizeram um excelente duelo em Miami, o time visitante venceu por 37 a 24. O QB Geno Smith foi destaque, passou para 358 jardas e três TDs!

– O Dallas Cowboys confirmou o bom momento, passou o trator por cima do Washington Redskins em pleno FedEx Field, venceu por 44 a 17. Dez Bryant fez o que quis da secundária dos Redskins, recebeu 99 jardas e 2 TDs.

– Em duelo equilibrado, o Minnessota Vikings venceu em casa o Chicago Bears por 13 a 9. O calouro Teddy Bridgewater mais uma vez foi destaque.

– Já classificado, o Indianapolis Colts poupou alguns titulares no decorrer da partida, mesmo assim bateu o Tennessee Titans por 27 a 10 em Nashville.

 

Comentários