Cowboys levam susto no fim, mas vencem os Bears no frio de Chicago

Murray fez o que quis da defesa dos Bears

Murray fez o que quis da defesa do Chicago  Bears

O Dallas Cowboys é literalmente o estraga festas da NFL, o time segue invicto quando joga fora de seus domínios em 2014. A equipe conseguiu a sexta vitória longe do AT&T Stadium no Thursday Night Football desta quinta-feira (04), bateu o Chicago Bears no Soldier Field por 41 a 28. Parecia um triunfo fácil no frio de Chicago, mas os Bears quase tiraram uma diferença de 28 pontos no último período. O triunfo mantém Dallas muito vivo na briga por playoffs, acaba com qualquer chance dos Bears irem à pós-temporada. O RB DeMarco Murray mais uma vez foi o nome do jogo, um dos candidatos ao prêmio de MVP: 179 jardas e um TD.

Primeiro quarto totalmente das defesas no Thursday Night Football: ao todo foram cinco punts, seis first downs e nenhum ponto anotado por parte dos dois times. Como já é marca registrada do time de Dallas, o time utilizava o RB DeMarco Murrray em quase todas as chamadas de ataque, sem muito êxito no início da partida. Quando Tony Romo ia para o passe, sofria um pouco com o pass-rush do time da casa. Chicago também confiava boa parte do seu jogo em seu running back, mas Matt Forte sofria para furar a 22º melhor defesa da liga em jardas cedidas.

As pontuações começaram a aparecer no segundo período. A primeira equipe  a tirar o zero do placar foi a visitante, no melhor estilo “bola no Murray”. Ele carregou a campanha nas costas: converteu duas quartas descidas, a segunda delas grudado na end zone adversária. Touchdown Cowboys! Chicago recebeu a bola de volta e pagou com a mesma moeda. Na melhor campanha do primeiro tempo, Jay Cutler foi achando seus alvos, até conectar um passe para touchdown de 12 jardas com o TE Martellus Bennett. apesar do TD, a campanha foi péssima para o time, pois o WR Brandon Marshall se machucou e deixou o Soldier Field em uma ambulância. Lembrando que o outro bom alvo, Alshon Jeffery, já jogava no sacrifício.

Cole Beasley recebeu dois TDs em Chicago

Cole Beasley recebeu dois TDs em Chicago

Seja recebendo passes, ou correndo com ela, DeMarco Murray dominava as ações de Dallas no primeiro tempo: 14 corridas. 65 jardas, um TD, oito recepções e 40 jardas aéreas. Ele liderou outra boa campanha, essa no finalzinho do primeiro tempo, que acabou com mais um TD dos Cowboys. Romo lançou seu primeiro touchdown na noite fria de Chicago, uma conexão de 13 jardas com Cole Beasley. Os Bears não estavam uma lástima, mas a falta do jogo terrestre prejudicava demais o time em algumas ocasiões. O time mandante teve pífias quatro jardas pelo chão na primeira etapa. Mais consistente, Dallas foi para os vestiários vencendo por 14 a 7.

Quem assistiu ao primeiro tempo viu um duelo equilibrado, quem ligou a televisão no começo do segundo viu uma surra. Foi um domínio total dos Cowboys no terceiro período, três touchdowns anotados. O primeiro deles capitalizando um fumble sofrido por Forte, que dia horrível para o running back. Romo transformou o turnover em sete pontos, com mais um passe para  TD na conexão com Beasley. O camisa 9 fazia o que queria da fraca secundária dos Bears, ampliou a vantagem  com um passe para o TE Gavin Escobar no fundo da end zone.  O RB Joseph Randle também anotou um TD, em uma corrida de 17 jardas, finalizando o terceiro quarto avassalador de Dallas.

O fanático torcedor começava a deixar o Soldier Field no começo do último quarto. Os que foram para suas casas perderam uma fantástica reação do time da casa: os Bears perdiam por 28 pontos no início do último período, por pouco não viraram a partida. Tudo que o ataque não fez nos três primeiros quartos, resolveu fazer no último. O time marcou 21 pontos: Jay Cutler lançou um touchdown para Jeffery, correu para outro, e viu Matt Forte anotar mais um em um avanço curto. As duas boas campanhas de Dallas resultaram em field goals de Dan Bailey. Os Bears perdiam por 10 pontos e estavam próximo de mais um TD nos minutos finais, mas Cutler jogou a boa atuação no ralo, lançou uma interceptação que decretou a eliminação de Chicago em 2014.

As duas equipes voltam a campo no horário nobre americano, nos duelos que fecham a semana 15. Dallas viaja ao Lincoln Financial Field para encarar os Eagles no Sunday Night Football (14). No dia seguinte, os Bears recebem os Bears no Monday Night Football (15).

Comentários