Em mais um show de Brown, Steelers batem os Bengals e vencem a AFC North

Antonio Brown mais uma vez foi decisivo

Antonio Brown mais uma vez foi decisivo

O Pittsburgh Steelers confirmou o bom momento que vive na temporada, venceu a quarta partida consecutiva e garantiu mando de campo na primeira rodada dos playoffs. Com autoridade, os Steelers venceram o Cincinnati Bengals por 27 a 17 no Heinz Field, último Sunday Night Football de 2014. O triunfo deu ao time da casa o título da AFC North, que o time não conquistava desde 2010. Mais uma vez a dupla Ben Roethlisberger – Antonio Brown brilhou, o WR terminou com 128 jardas aéreas e um touchdown, computou também mais um TD em um retorno de punt de 71 jardas.

Incentivado pelo fanático torcedor presente no Heinz Field, os Steelers dominaram o início do duelo. Muito graças ao time de especialistas e a defesa. O explosivo Antonio Brown mostrou que é um perigo também retornando chutes, agarrou o punt e correu por 71 jardas, abrindo o placar em Pittsburgh. A defesa apareceu logo em seguida, com o CB Brice McCain interceptando Andy Dalton pela primeira vez na noite. Apesar da roubada de bola, Pittsburgh não conseguiu capitalizar o turnover.

Os visitantes acordaram logo em seguida, viraram a partida na Pensilvânia. Dalton se redimiu da interceptação, comandou um lindo drive de sete jogadas, a última delas uma conexão para touchdown de 17 jardas com o running back Giovani Bernard. A virada veio logo em seguida, impulsionada por um turnover dos Steelers: erro de comunicação de Big Ben com o center Maurkice Pouncey na hora do snap. Cincinnati recuperou a posse em uma ótima posição de campo, converteu um field goal de 39 jardas com Mike Nugent a assumiu a ponta no placar no começo do segundo quarto.

McCain interceptou Dalton duas vezes

McCain interceptou Dalton duas vezes

Foi a última pontuação dos Bengals no primeiro tempo, domínio total dos Steelers até o intervalo. Foram 13 pontos: dois field goals convertidos por Shaun Suisham (29 e 25 jardas respectivamente), mais um lindo touchdown lançado por Roethlisberger para o WR calouro Martavis Bryant. Sete pontos que vieram a partir de mais um turnover, a campanha teve início após mais uma interceptação de Brice McCain. Superior, Pittsburgh foi para o intervalo vencendo por 20 a 10.

O jogo voltou sem nenhuma pontuação no terceiro período. Cincinnati controlou totalmente as ações, teve 11 minutos de posse de bola, mas não transformou o domínio em pontos. Na única oportunidade que chegou próximo da end zone, Nugent errou um field goal de 50 jardas. Pittsburgh caiu muito de rendimento na metade do período, depois de perder Le’Veon Bell contundido.

Os Bengals finalmente conseguiram pontuar na segunda etapa, em um lindo drive de mais de sete minutos e 15 jogadas. Dalton foi muito bem no comando do ataque, finalizou a campanha com um touchdown de cinco jardas em passe curto para o TE Jermaine Gresham. A virada de Cincinnati estava desenhada, com o time recuperando a posse em uma ridícula tentativa de conversão de quarta descida dos Steelers, um “fake punt” muito mal executado. Mas os visitantes devolveram o presente logo em seguida, AJ Green sofreu um fumble, a bola voltou para Pittsburgh.

Ben Roethlisberger não perdoou, precisou de quatro jogadas para capitalizar o turnover e matar o duelo no Heinz Field. Advinhem para quem ele lançou o touchdown? Sim, sempre ele. Antonio Brown. Uma espetacular conexão de 63 jardas até a end zone, já são 13 TDs da dupla este ano. O time da casa administrou a boa vantagem e garantiu com autoridade o título da AFC North!

Os dois times voltam a campo na primeira semana dos playoffs. Pittsgurgh faz um duelo de tirar o fôlego contra o rival Baltimore Ravens, sábado (3), às 23h15, no Heinz Field. Os Bengals vão a campo no dia seguinte (4), viajam até o Lucas Oil Stadium para encarar o Indianapolis Colts às 16h.

Outros resultados:

– Depois de um primeiro tempo praticamente zerado, o Seattle Seahawks anotou dois touchdowns no último período, venceu o rival St. Louis Rams por 20 a 6 no CenturyLink Field e garantiu a melhor campanha da NFC. Impecável, a “Legion of Boom” mais uma vez foi destaque.

– No último jogo do técnico Jim Harbaugh no comando do San Francisco 49ers, o time venceu de virada o Arizona Cardinals por 20 a 17 no Levi’s Stadium e acabou com a chance do rival conseguir uma folga na primeira rodada dos playoffs. Horas mais tarde, o técnico e o time anunciaram o desligamento de Harbaugh do comando do time.

– O Philadelphia Eagles acabou com a sequência de três derrotas consecutivas, bateu o rival New York Giants por 37 a 26 no Metlife Stadium. Mesmo com uma campanha de 10-6, o time da cidade do amor fraternal está fora dos playoffs.

– Confirmando a notória melhora em 2014, o Buffalo Bills bateu o New England Patriots em Foxborough! Vitória por 17 a 09. Já com a melhor campanha da AFC garantida, os Patriots jogaram apenas para cumprir tabela. Rob Gronkowski nem atuou, Tom Brady foi poupado no segundo tempo.

– O New Orleans Saints fechou a pífia temporada de 2014 com vitória de virada, bateu o rival Tampa Bay Buccaneers por 23 a 20 no Raymond James Stadium. Derrota comemorada em Tampa, o time garante a primeira escolha geral no próximo Draft.

– New York Jets e Miami Dolphins fizeram um excelente duelo em Miami, o time visitante venceu por 37 a 24. O QB Geno Smith foi destaque, passou para 358 jardas e três TDs!

– O Dallas Cowboys confirmou o bom momento, passou o trator por cima do Washington Redskins em pleno FedEx Field, venceu por 44 a 17. Dez Bryant fez o que quis da secundária dos Redskins, recebeu 99 jardas e 2 TDs.

– Em duelo equilibrado, o Minnessota Vikings venceu em casa o Chicago Bears por 13 a 9. O calouro Teddy Bridgewater mais uma vez foi destaque.

– Já classificado, o Indianapolis Colts poupou alguns titulares no decorrer da partida, mesmo assim bateu o Tennessee Titans por 27 a 10 em Nashville.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários