Análises do Draft 2015: NFC South

nfc south

O Draft 2015 já é coisa do passado, foi dada a largada para a próxima temporada! Ao longo dos próximos dias, a equipe do Endzone Brasil vai analisar as escolhas feitas por todas as equipes da NFL, separadas por divisão. Hoje é dia de falar da NFC South:

Atlanta Falcons

Campanha em 2014: 6-10
Jogadores escolhidos no Draft 2015: 8 – Vic Beasley, LB, Clemson; 42 – Jalen Collins, CB, LSU; 73 – Tevin Coleman, RB, Indiana; 107 – Justin Hardy, WR, East Carolina; 137 – Grady Jarrett, NT, Clemson; 225 – Jake Rodgers, OT, Eastern Washington; 249 – Akeem King, DB, San Jose State

O Atlanta Falcons foi o time da sua divisão que se deu melhor no Draft, conseguindo dois grandes nomes para sua defesa: Vic Beasley na primeira rodada e Jalen Collins na segunda. O primeiro chega para aumentar a pressão no QB adversário, coisa que faltou bastante na temporada passada, onde a defesa do time da Georgia deixou muito a desejar. Já o segundo traz mais segurança para a secundária.

Se o time deixou passar Todd Gurley na primeira rodada, foi atrás do RB duas rodadas depois, draftando Tevin Coleman, que não tem a mesma habilidade, mas pode ser uma boa peça no apoio a Matt Ryan.

Carolina Panthers

Campanha em 2014: 7-8-1 (caiu no Divisional Round)
Jogadores escolhidos no Draft 2015: 25 – Shaq Thompson, LB, Washington; 41 – Devin Funchess, WR, Michigan; 102 – Daryl Williams, OG, Oklahoma; 169 – David Mayo, LB, Texas State; 174 – Cameron Artis-Payne, RB, Auburn

Os Panthers precisavam de um reforço para a linha ofensiva, mas acabou selecionando um parceiro para Luke Kuechly. Shaq Thompson é um bom nome, mas não era prioridade da franquia, o que surpreendeu a todos na primeira rodada do Draft 2015. Outra escolha para defesa aconteceu apenas no final, na opção por David Mayo.

No entanto, o foco do time foi o ataque, com as escolhas de um companheiro para Kelvin Benjamin e o OG Daryl Williams, que foi uma escolha boa, pelo momento que veio. Ainda teve a última escolha do time com o RB Cameron Artis-Payne.

New Orleans Saints

Campanha em 2014: 7-9
Jogadores escolhidos no Draft 2015: 13 – Andrus Peat, OT, Stanford; 31 – Stephone Anthony, LB, Clemson; 44 – Hau’oli Kikaha, LB, Washigton; 75 – Garrett Grayson, QB, Colorado State; 78 – P.J. Williams, CB, Florida State; 148 – Davi Tull, LB, Tennessee-Chattanooga; 154 – Tyeler Davison, DT, Fresno State; 167 – Damian Swann, CB, Georgia; 230 – Marcus Murphy, RB, Missouri

A “Era Drew Brees” está chegando ao fim nos Saints? A escolha de Garrett Grayson dá a entender que sim, pode ser isso. No entanto, ele não é o nome mais adequado para ser a sequência da franquia.  E as mudanças não são só na posição de QB, como também na proteção do quarterback. Por isso a escolha do OT Andrus Peat na primeira rodada. Seleção que não agradou a muitos torcedores, que não gostariam de o OT na 13ª escolha do Draft 2015.

Na segunda escolha da primeira rodada, em virtude da troca com os Seahawks, o time optou por Stephone Anthony. Um bom linebacker, que joga na parte de dentro do campo e pode ser bem utilizado por Rob Ryan. Além dele, também se junta ao time Hau’oli Kikaha e Davi Tull, outros dois da mesma posição escolhidos nas rodadas seguintes.

Tampa Bay Buccaneers

Campanha em 2014: 2-14
Jogadores escolhidos no Draft 2015: 1 – Jameis Winston, QB, Florida State; 34 – Donovan Smith, OT, Penn State; 61 – Ali Marpet, OG, Hobart; 124 – Kwon Alexander, LB, LSU; 162 – Kenny Bell, WR, Nebraska; 184 – Kaelin Clay, WR, Utah; 231 – Joey Josefa, FB, Hawaii

O Draft dos Bucs baseou-se em uma decisão: dar vida nova ao ataque da franquia. Das sete seleções do time no Draft 2015 da NFL, seis foram em peças ofensivas. A única da defesa ficou para Kwon Alexander, um LB de LSU que não deverá iniciar o ano entre os titulares.

Primeira escolha geral, Jameis Winston não foi nenhuma surpresa, mas também não é unanimidade. Muitos duvidam que dará certo. Para ajudar o jovem QB, o time foi atrás de duas peças para a linha ofensiva, dois WRs e ainda um FB. Um ataque reformulado, que pode não dá certo no primeiro momento, mas é uma aposta do Tampa Bay Buccaneers para o futuro.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários