Análise tática: como os Steelers perderam o jogo para Rob Gronkowski

A parceria Tom Brady e Rob Gronkowski foi o nome do jogo na vitória do New England Patriots sobre o Pittsburgh Steelers por 28 a 21, na abertura da temporada regular 2015 da NFL, no Gillette Stadium. A conexão do QB com o TE resultou em cinco recepções, três touchdowns e 94 jardas. Mas o péssimo trabalho da defesa dos Steelers em alguns momentos facilitou a vida dos dois principais jogadores dos Patriots, que deitaram e rolaram.

Confira nossa primeira análise tática da temporada 2015. Nela, esclarecemos as falhas da defesa de Pittsburgh contra o tight end mais letal da NFL.

> Primeiro touchdown de Gronk

Com o jogo 0 a 0, os Patriots conseguiram seu primeiro bom avanço na temporada até a redzone de Pittsburgh. Foi ai que aconteceu a primeira falha. Com dez jogadores em campo, os Steelers deixaram um deles completamente livre: Rob Gronkowski. Trataram o tight end como se fosse um calouro. Na cobertura de zona na jogada, ninguém parou o jogador dos Pats. Percebendo que algo estava errado, Brady pediu rapidamente o snap e não hesitou em conectar o Gronk, que recebeu livre, quebrou facilmente um tackle e anotou o primeiro touchdown da temporada. Se com dois é difícil de marcar, imagina sem nenhum.

Na marcação de zona, a defesa de Pittsburgh esqueceu de marcar Rob Gronkowski

Na marcação de zona, a defesa de Pittsburgh esqueceu de marcar Rob Gronkowski

> Gronk livre para receber 54 jardas

Quando os Steelers buscavam reação, já no quarto período, um vacilo do calouro Bud Dupree, escolha do time na primeira rodada do Draft 2015, deixou Rob Gronkowski livre para avançar, fintar a marcação e levar a bola até a linha de 27 jardas do campo de ataque. O linebacker calouro estava na marcação do tight end na hora do snap.

Rota feita por Gronkowski para ganhar 54 jardas

Rota feita por Gronkowski para ganhar 54 jardas

Após o snap, Dupree para na jogada e espera uma rota lateral do jogador dos Patriots, mas Gronkowski rasga pelo meio, onde não tem nenhuma cobertura da secundária dos Steelers. O safety da jogada, Mike Mitchell, estava na cobertura do outro lado e teve que voltar correndo, mas sem sucesso. O estrago já estava feito. Veja na tela abaixo o espaço que o camisa 87 dos Pats tem quando recebe o passe de Brady. A habilidade atlética de Gronk o permitiu abrir oito jardas de distância para seu marcador.

ANALISE2TELA2

Gronkowski recebe livre para correr e colocar o time perto da endzone

Terceiro touchdown de Gronk

No terceiro touchdown recebido por Gronkowski, o quarto dos Patriots no jogo, o time estava em uma situação de terceira para o goal da linha de uma jarda. Na formação inicial do snap, tudo indicava uma corrida pelo meio com o RB.

ANALISE3TELA1

Antes do snap, Brady muda a jogada e abre dois recebedores do lado esquerdo do campo: Gronkowski e Scott Chandler. A formação fica parecida com a do terceiro touchdown do time, marcado por Chandler. Na jogada, Gronk corta para dentro, bloqueia a marcação e o companheiro recebe o passe para o TD. Em ambas as jogadas os marcadores são linebackers, jogadores fortes e rápidos, mas não tão altos ou fortes quanto um tight end.

Gronkowski, com 1,98 e 120 kg, recebe marcação de Terence Gavin, com 1,91 e 100 kg

Gronkowski, com 1,98 e 120 kg, recebe marcação de Terence Gavin, com 1,91 e 100 kg

No mano a mano, contra um marcador menor e mais forte, Brady só joga a bola pro alto e deixa para o seu tight end favorito fazer o restante do serviço. TOUCHDOWN PATRIOTS e vitória do time na estreia da temporada 2015.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários