Com virada fantástica nos segundos finais, Cowboys batem os Giants

O primeiro Sunday Night Football de 2015 foi algo espetacular, com muitas viradas e emoção até o último segundo da partida. Para o torcedor do Dallas Cowboys foi um teste para cardíacos, a equipe mesmo cometendo três turnovers foi capaz de ir buscar uma improvável virada nos últimos segundos de jogo! O time da casa bateu o rival New York Giants por 27 a 26 no AT&T Stadium e sai na frente na NFC East. O QB Tony Romo foi o principal destaque do duelo, mesmo lançando duas interceptações foi buscar a reviravolta, fechou o embate com um rating de 103,4.

Tony Romo liderou a virada espetacular nos últimos segundos

Tony Romo liderou a virada espetacular nos últimos segundos

O primeiro quarto foi um monólogo dos Cowboys, a primeira campanha da partida teve incríveis dez minutos de duração! O QB Tony Romo acertou oito dos dez passes que tentou, o RB Joseph Randle correu seis vezes para 28 jardas e… faltou aquela definição na frente da end zone adversária. Apesar do claro domínio, o torcedor no At&T Stadium teve que se contentar com um field goal de 21 jardas convertido por Dan Bailey. Vantagem que não durou muito tempo. Os Giants precisaram de pouco mais de dois minutos para avançar 48 jardas, posicionar Josh Brown para um chute de 50 jardas que empatou a partida no final do primeiro período.

No começo do segundo quarto foi a vez de Darren McFadden ganhar uma chance entre os titulares na briga para substituir DeMarco Murray. Foi relativamente bem na campanha, 17 jardas em quatro carregadas, mas não contava com um drop nada usual do WR Dez Bryant que não daria a primeira descida para a equipe da casa. Mais uma vez Bailey entrou em campo para um chute de 32 jardas que colocou Dallas novamente na frente do duelo.

Romo lançou duas interceptações no SNF

Romo lançou duas interceptações no SNF

O ataque dos Giants vinha totalmente deficiente até então, 67 jardas totais e cinco first downs no finalzinho do primeiro tempo, mas a defesa contestada até então resolveu aparecer. O CB Dominique Rodgers-Cromartie recuperou um fumble forçado por Trumaine McBride e retornou por 57 jardas até a end zone!

Os Giants ainda ampliaram a vantagem antes do intervalo, mais uma vez com a ajuda do grupo defensivo. Logo após o fumble, Tony Romo voltou a campo e tentou conectar um passe para seu alvo de segurança, o TE Jason Witten. O problema é que ele não foi de tanta segurança assim, não agarrou a bola, que ficou no ar até ser interceptada pelo LB Uani Unga. O turnover deu uma boa posição de campo para os Giants, que converteu um field goal de 40 jardas nos segundos finais do primeiro tempo. Vitória parcial dos visitantes por 13 a 6.

Em momento melhor na partida, New York voltou do intervalo com um bom  drive, 68 jardas que resultaram em um field goal curto convertido por Brown. Dallas teve amplo domínio ofensivo na primeira etapa, mas somente na segunda transformou o controle do relógio em pontos. Na melhor campanha da partida até então, Romo liderou o ataque para o primeiro TD da franquia no Sunday Night Football, com um passe para o TE Gavin Escobar no fundo da end zone.

Jennings anotou o único TD de ataque dos giants

Jennings anotou o único TD de ataque dos Giants

Após a defesa ter sucesso brecando os avanços de Eli Manning e companhia, o ataque dos Cowboys seguia consistente, mas os turnovers voltaram a aparecer no começo do último período. Outra vez Romo foi interceptado sem ser sua culpa, Trumaine Mcbride agarrou a bola e retornou até a linha de uma jarda. O RB Rashad Jennings mergulhou dentro da end zone e aumentou a diferença do placar para dez pontos.

Após vários turnovers, o ataque dos Cowboys voltou a campo disposto a diminuir o prejuízo, Tony Romo precisou de seis jogadas para achar Jason Witten na end zone e levar a diferença para três pontos. O problema para Dallas foi que os Giants receberam a bola de volta e gastaram bem o relógio. Apesar de um vacilo de Eli Manning, chutaram um field goal curto e devolveram a bola para o time da casa com 1m43 restando no cronômetro.

New York teve a bola muito próxima da end zone para matar o confronto, não matou, o castigo veio. Em um drive mais do que impressionante, sem tempos para pedir, o QB dos Cowboys acertou cinco dos seis passes que tentou, o último deles achou o TE Jason Witten na beira da end zone com sete segundos para o final do duelo! Virada  e vitória espetacular dos Cowboys no AT&T Stadium!

Os dois times retornam a campo no próximo domingo (20): Dallas tem outro duelo dentro da NFC East, viaja até Philly para encarar os Eagles, já os Giants recebem os Falcons no Metlife Stadium.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários