Com virada incrível no fim, Broncos derrotam os Chiefs, em Kansas City

Prazer, NFL! O esporte é feito de heróis e vilões. Na noite desta quinta-feira, madrugada de sexta no Brasil, Denver Broncos e Kansas City Chiefs viram suas estrelas experimentarem os dois papéis. Peyton Manning começou mal, lançou interceptação retornada para touchdown, mas se recuperou e comandou uma campanha perfeita para Denver empatar o jogo. Jamaal Charles, ídolo da casa, correu para touchdown, mas sofreu dois fumbles, sendo o último deles com o jogo empatado em 24 pontos e faltando 35 segundos para o fim, que foi retornado para TD por Courtney Roby, ídolo da noite, sacramentando uma brilhante virada e vitória de Denver por 31 a 24, no Arrowhead Stadium.

A partida foi marcada pela força das defesas. Do lado mandante, foram três sacks, uma intercepção e um touchdown. Do lado visitante foram duas interceptações, três sacks e dois fumbles .forçados. Os quarterbacks não foram brilhantes, mas melhor para Peyton Manning, que quando a corda apertou deu conta do recado. O barulhente Arrowhead Stadium se viu em um silêncio sepulcral após o fumble e o touchdown. Sem ter nada com isso, Denver pula na ponta da AFC West.

Emmanuel Sanders com o TD do empate, antes do fumble de Charles

Emmanuel Sanders com o TD do empate, antes do fumble de Charles

Derrotado, o Kansas City Chiefs volta a campo na próxima segunda-feira à noite, quando fará o Monday Night Football contra os Packers, em Green Bay. Já os Broncos entram em campo no domingo à noite, para o Sunday Night Football contra o  Detroit Lions, fora de casa.

Emoção até os segundos finais

Quatro sacks, um fumble e 91 jardas totais. Isto foi o que as defesas permitiram no primeiro quarto de uma partida extremamente física no Arrowhead Stadium. Reflexo disso foram as sete faltas totais. Como resultado das defesas, apenas uma boa campanha ofensiva nos primeiros 15 minutos, e foi dos Chiefs, que avançaram até a redzone, mas um fumble de Jamaal Charles pôs tudo a perder, pois foi recuperado pelos Broncos.

Jamaal Charles anotou o primeiro TD da noite

Charles anotou um TD e sofreu dois fumbles

Se faltou emoção no primeiro quarto, sobrou no segundo. Os Chiefs começaram cometendo um turnover no retorno de punt. De’Anthony Thomas soltou a bola, que foi recuperada por Denver, mas o ataque não produziu nada. Na posse seguinte dos donos da casa, Jamaal Charles correu 34 jardas para a endzone e abriu o placar: 7 a 0. Os Broncos tentaram uma rápida reação, mas Peyton Manning acabou sendo interceptado por Marcus Peters, que só parou a jogada na endzone. Segunda pick six para o camisa 18 no ano, e 14 a 00 para Kansas City.

As críticas começavam a chover pra cima de Manning (inclusive deste que vos escreve), mas ai está a graça das lendas. A inteceptação acordou o QB para o jogo, que respondeu brilhantemente. Uma campanha de 03:56, dez jogadas e touchdown em conexão com Emmanuel Sanders. Duas jogadas depois, Aqib Talib interceptou Alex Smith e deixou os Broncos em condições de anotar novo touchdown. E ele veio com passe de uma jarda de Peyton para Virgil Green, que empatou a partida no intervalo: 14 a 14.

Se o primeiro quarto foi sem pontos e o segundo dos touchdowns, o terceiro foi dos kickers. Com as defesas fazendo belo trabalho, cada oportunidade tinha que ser aproveitando, e os chutadores dos dois times fizeram um serviço bem feito. Primeiro o brasileiro Cairo Santos, que acertou um field goal de 35 jardas. Na sequência, Brandon McManus conectou um chute de 54 jardas e deixou tudo igual para o último período 17 a 17.

Manning brilhou no fim do jogo

Manning brilhou no fim do jogo

Alex Smith e Peyton Manning não tinham tempo para pensar e achar seu recebedores. Rapidamente já tinha um defensor pendurado. A melhor maneira eram os passes rápidos, só assim podiam ser evitados os sacks no quarto final. Apesar do grande trabalho defensivo de Denver, os Chiefs chegaram na redzone mais uma vez, mas de novo saíram com um turnover, desta vez uma interceptação de Alex Smith, que teve o passe desviado e a bola caiu limpa para Chris Harris. Depois de novo punt dos Broncos, após sack de Justin Houston em Manning na terceira descida, Kansas City teve a posse com pouco mais de quatro minutos por jogar. Ai Smith achou Travis Kelce, que esteve sumido, depois Charles conseguiu boa corrida e a campanha terminou com um touchdown de Knile Davis, faltando 2:27 para o fim.

Na última chance, Manning foi o velho Manning conhecido por todos. Liderou uma campanha rápida, precisa e para touchdown, conectado em passe com Emannuel Sanders, faltando 35 segundos para o fim. 24 a 24 no placar, pouco tempo em jogo, Kansas City tentou a sorte correndo com a bola, mas não era o dia de Jamaal Charles. O RB sofreu um fumble na linha de 20 jardas, forçado por Brandon Marshall e retornado por Bradley Roby para a endzone. 14 pontos em nove segundos, que deixou o torcedor desacreditado no Arrowhead Stadium.

gif1

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários