Entenda o erro dos árbitros no tapa ilegal da vitória dos Seahawks

Faltando 1:51 para o fim do Monday Night Football da semana 4, o Detroit Lions, perdendo por três pontos, tem uma terceira para uma jarda na linha de 11 do campo do Seattle Seahawks. Matthew Stafford vai para o passe e acerta Calviin Johnson, que ganha a primeira descida e tenta o touchdown. Para entrar na endzone, Megatron salta e sofre o fumble na linha de uma jarda. A bola vai para endzone, K.J. Wright dá um tapa nela para fora do campo e vitória dos Seahawks três jogadas depois.

confusao1

Na hora do jogo o lance passou despercebido por muita gente, mas o tapa que o LB K.J. Wright deu na bola é ilegal no livro de regras da NFL.

  • O jogador não pode bater ou socar: (a) uma bola perdida (no campo de jogo) em direção a endzone do adversário; (b) uma bola perdida (que tenha tocado o chão) em nenhuma direção, se ela estiver em qualquer uma endzone.

tapaE questão (b) foi exatamente o que o jogador de Seattle fez. E o juiz, Tony Corrente, que estava em cima da jogada, deixou passar. Wright disse na saída do campo que não sabia da existência da regra, e por isso socou a bola para fora de campo. Se soubesse,  possivelmente teria agarrado a bola, pois estava livre na endzone.

Como foi falta dos Seahawks, a bola teria que ser colocada na linha de meia jarda e a posse continuaria com a equipe de Detroit, que teria mais três chances para anotar um touchdown e vencer o jogo ou chutar um FG para empatar e levar para a prorrogação. O diretor de árbitros da NFL, Dean Blandino, se pronunciou logo após o jogo e confirmou o erro dos árbitros, que manteve Detroit sem vitórias na temporada.

Esta não é a primeira polêmica de arbitragem em uma Monday Night Football com os Seahawks. Quem não se lembra do Fail Mary do jogo no CenturyLink Field contra os Packers. Na ocasião, o time da casa venceu com uma decisão que até hoje rende discussões e acabou com a greve de árbitros da NFL, que até aquela data estava em vigor.

A inesquecível Fail Mary

A inesquecível Fail Mary

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários