Packers vencem os Niners em San Francisco e seguem invictos em 2015

O Green Bay Packers não teve uma apresentação fantástica como nas primeiras partidas do ano, mesmo assim o time jogou bem o suficiente para bater o San Francisco 49ers na tarde deste domingo (4). Com atuação sólida da defesa, os Packers venceram por 17 a 3 no Levi’s Stadium, California. Longe de ser brilhante, mas com o talento de sempre, Aaron Rodgers comandou com 22 passes completados de 32 tentados, 224 jardas e um TD. Sob vaias, o QB Colin Kaepernick mais uma vez mostrou não ser o que o torcedor dos Niners esperava, terminou o duelo com 160 jardas e uma interceptação.

packers niners grande

Aaron Rodgers mais uma vez levou os Packers a uma importante vitória

Como já era esperado, devido ao momento que as duas equipes vivem em 2015, os Packers começaram o duelo no Levi’s Stadium dominando os 49ers. O time visitante anotou um touchdown logo na primeira campanha da ensolarada tarde, em passe de nove jardas de Aaron Rodgers para  o TE Richard Rodgers. Belíssima campanha de Green Bay: 12 jogadas e 80 jardas em seis minutos de posse.

Parecia que seria um atropelamento dos Packers, mas na prática não foi. A defesa dos Niners mostrou uma melhora significativa dos primeiros confrontos, colocou muita pressão nas costas de A-Rod. Com menos tempo para lançar, o QB era barrado com o bom trabalho da secundária de San Francisco. Do outro lado, o ataque dos mandantes seguia letárgico: Colin Kaepernick sofria para achar seus alvos, quando encontrava os recebedores não agarravam a bola.

Kaepernick sofreu com o pass-rush dos Packers

Kaepernick sofreu com o pass-rush dos Packers

Com domínio das defesas, o jogo teve cinco punts seguidos após o primeiro TD de Green Bay, o placar voltou a se movimentar somente na metade do segundo período. Pior ataque da NFL em pontos nas primeiras três semanas, o grupo ofensivo de San Francisco finalmente teve um drive consistente: 12 jogadas em seis minutos de posse. O touchdown não veio, pelo menos Phil Dawson converteu o chute de 33 jardas e tirou o zero do marcador. Os Packers responderam com uma ótima campanha pouco antes do intervalo, chegaram próximos do TD, mas tiveram que chutar um field goal. Para desespero dos Packers, o kicker Mason Crosby errou o ‘Y”, o time visitante foi para o intervalo vencendo por 7 a 3.

O inicio da segunda etapa foi um repeteco da primeira, com a equipe visitante se impondo ofensivamente e finalizando o drive com um touchdown. Terceira descida para uma jardinha da end zone, qual o jogador acionado? Sim, o FB John Kuhn. Jogada que o torcedor dos Packers já viu umas mil vezes, o veterano de dez temporadas atropelou os adversários e aumentou a vantagem para Green Bay. O ataque dos Niners até tentava produzir algo, mas Kaepernick sofria com o pass-rush dos visitantes. Em mais um bom drive, os Packers aumentaram ainda mais a vantagem, com um field goal de 33 jardas no final do terceiro período.

Apesar da vantagem, Aaron Rodgers não parecia satisfeito com o desempenho do time, principalmente da linha ofensiva. Do lado dos Niners, Kaepernick seguia sua saga para perder a posição de titular, além dos passes incompletos ainda lançou uma interceptação no último período. Já sob vaias, os Niners até chegaram próximos da end zone, mas um sack no camisa 7 praticamente finalizou o confronto. Vitória dos Packers na California!

Líder isolado da divisão e ainda invicto, o Green Bay Packers recebe o St. Louis Rams no Lambeau Field no próximo domingo (11) às 14h. Os Niners buscam reabilitação contra os Giants, fora de casa, no Sunday Night Football.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários