Qual o tamanho da falta que faz um kicker decente na NFL?

A torcida do New England Patriots não esquece os dois chutes de Adam Vinatieti no Super Bowl, contra Rams e Panthers, que garantiu ao time os dois primeiros títulos da franquia. A torcida do Buffalo Bills também não tira da lembrança Scott Norwood, que errou um field goal de 47 jardas a segundos do fim do SB 25 e não deu a franquia o primeiro título de Super Bowl na história.

Batata de Josh Scobee está assando

Batata de Josh Scobee está assando

O kicker só entra em alguns momentos, alguns mais decisivos, outros nem tanto, mas sempre com a responsabilidade de não poder errar o meio do “Y”. Errar o chute e não fazer a bola passar no espaço entre as traves não só tira a confiança do chutador, como também do restante do time.

E assim tem sido a temporada do Pittsburgh Steelers em 2015. No primeiro jogo do ano, o Hall of Fame Game contra os Vikings, o kicker titular, Shaun Suisham, teve uma grave lesão no ligamento anterior do joelho e perderá toda a temporada. O substituto foi Garrett Hartley, que teve uma lesão muscular e está no departamento médico da equipe amarela e preta. Para ser o terceiro K do time na temporada, a franquia foi atrás de Josh Scobee, e ai começou o pesadelo.

Na semana 1, fora de casa, contra os Patriots, Scobee errou um FG de 44 jardas quando o placar estava 0 a 0. Depois que os Steelers tomaram sete pontos, o kicker voltou a falhar, agora de 46 jardas. Depois ele acertou dois field goals, mas os erros iniciais fizeram o adversário abrir frente e não teve como reagir.

Na partida seguinte, contra os 49ers, Scobee não chutou nenhum field goal e errou um extra point dos quatro tentados. Detalhe: nos dois primeiros touchdowns dos Steelers, o time tentou a conversão de dois pontos (e conseguiu) ao invés de tentar garantir um ponto extra.

Josh Scobee teve sua melhor partida do ano na semana 3, contra os Rams, quando acertou os dois field goals. Mas contra os Ravens, na abertura da semana 4, foi crucial na derrota de Pittsburgh. O chutador acertou os dois primeiros chutes no jogo, de 45 e 36 jardas, mas no quarto final, na hora da decisão, errou as duas tentativas: de 49 e 41 jardas – este último no Two-Minute Warning. A falha deixou Baltimore em boa posição de campo para empatar e depois virar o duelo, na prorrogação.

Ao invés de Pittsburgh estar 2-2 na temporada, poderia estar 4-0 e brigando pela liderança da divisão com o Cincinnati Bengals. Isso lá na frente fará falta e a paciência com Scobee está no limite. O mercado não está bom para kickers, talvez por isso o jogador permanece como titular nos Steelers. Essa derrota para os Ravens é 90% na conta de Josh Scobee. Contra os Patriots menos, mas poderia ser um filme diferente.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários