Saints batem os Falcons em casa e acabam com invencibilidade do rival

Com uma campanha de 1-4 em 2015, o New Orleans Saints realmente encarou o duelo divisional como de vida ou morte. Com a temporada praticamente em jogo, o time não deu chance ao Atlanta Falcons, venceu o Thursday Night Football com autoridade por 31 a 21 no Mercedes-Benz Superdome. A vitória teve um gosto mais do que especial para o torcedor dos Saints, pois de quebra o time acabou com a invencibilidade de cinco jogos do rival da NFC South em 2015. Muito desse triunfo deve ser colocado na conta do quarterback Drew Brees, a atuação desta quinta-feira lembrou os melhores momentos do camisa nove na liga: 30 de 39 passes completos, 312 jardas e um touchdown.

saints falcons grande

Drew Brees começou o duelo acertando bons passes, distribuindo bem a bola entre os seus recebedores… como ele joga bem quando atua na Louisiana. Comandou o bom drive inicial que resultou em um touchdown de duas jardas conquistadas pelo RB Mark Ingram. Os mandantes voltaram a castigar o rival no começo do primeiro período, mas dessa vez deve ser colocado na conta do time de especialistas. O linebacker Mike Mauti bloqueou o chute do punter Matt Bosher, retomou a posse de bola e avançou nove jardas até a end zone. Saints começando com tudo na Louisiana!

Josh Hill foi um dos alvos de Brees

Josh Hill foi um dos alvos de Brees

Praticamente nulo até então, o terceiro melhor ataque da NFL mostrou sua força no começo do segundo quarto. Foram nove jogadas em três minutos de jogo, o time avançou 80 jardas e descontou a vantagem de New Orleans com uma conexão curta de Matt Ryan para Roddy White. Foi o primeiro TD recebido pelo veterano nesta temporada. O time visitante teve tudo para empatar o duelo logo em seguida, entrou na red zone adversária, mas o calouro Tevin Coleman sofreu um fumble, recuperado pelo veterano Brandon Browner.

Quinto melhor time no saldo dos turnovers até então (+5), os Falcons voltaram a entregar a bola ao adversário no segundo quarto. Infelizmente para os torcedores no Superdome, New Orleans não transformou o turnover em pontos, o kicker Zach Hocker errou a tentativa de field goal de 51 jardas. Até de forma surpreendente, os Saints foram para os vestiários vencendo por 14 a 7.

saints falcons 2

Jogo corrido dos Saints foi produtivo

A segunda etapa começou igual a primeira, o ataque dos Falcons sofrendo e o dos Saints anotando pontos. Drew Brees estava simplesmente imparável, castigando a quarta pior defesa cedendo jardas aéreas. Foram duas campanhas de cinco minutos e dez jogadas, os donos da casa anotaram 10 pontos no terceiro período: um field goal curto de Hocker e um TD curto na conexão de Brees com o TE Benjamin Watson. Ótimo negócio para os Saints, gastar o relógio e terminar as campanhas longas em pontos.

Os Falcons entraram no último período perdendo por 17 pontos, a última vez que a franquia havia arquitetado uma virada assim foi no distante ano de 1993. O time até esboçou uma reação, com um touchdown terrestre do ótimo RB Devonta Freeman, mas os Saints não deram sequer uma pequena chance para o torcedor de Atlanta sonhar. Os mandantes receberam a bola de volta, gastaram cinco minutos do relógio e anotaram o touchdown. Mark Ingram mergulhou na end zone e praticamente matou o confronto em New Orleans. Freeman até anotou outro touchdown no ‘garbage time’, nada que impedisse a bela vitória dos Saints!

O dois times volta a campo no dia 25 de outubro, fora de casa e contra equipes da AFC South. Atlanta viaja para encarar os Titans em Nashville, os Saints encaram os Colts no Lucas Oil Stadium.

Comentários