Após 24 anos, Lions voltam a vencer em Green Bay e complicam os Packers

Fim da série negativa em Green Bay

Fim da série negativa em Green Bay

Acabou o tabu! Depois de 24 temporadas, o Detroit Lions voltou a vencer o Green Bay Packers no Lambeau Field. A vitória libertadora veio na semana 10 da temporada regular, e de forma surpreendente e dramática. O time da “Cidade do Motor” quase se complicou com dois extra points errados de Matt Prater, mas acabou triunfando por 18 a 16 e conquistou a segunda vitória em 2015.

Depois de começar a temporada com 6-0, os Packers perderam a terceira partida seguida na temporada regular e a primeira posição na NFC North, posto agora ocupado pelo Minnesota Vikings. Situação ainda tranquila, pois o time só depende de si e enfrenta o novo líder da divisão duas vezes ainda, mas uma pulga atrás da orelha já incomoda o torcedor em Green Bay.

Os dois times voltam a campo na próxima semana. Os Packers vão a Minneapolis para o duelo pela liderança da divisão contra os Vikings, enquanto os Lions recebem os Raiders, em Detroit. Os dois jogos serão às 16h (de Brasília).

Emoção só no fim

Aaron Rodgers foi pressionado o jogo inteiro

Aaron Rodgers foi pressionado o jogo inteiro

O duelo no Lambeau Field só esquentou mesmo no segundo tempo. Durante toda a primeira etapa, as defesa sobressaíram e permitiram apenas field goals, um para cada lado. Crosby  de 44 jardas para os Packers, e Prater de 49 jardas para os Lions. 3 a 3 foi o placar do intervalo. No terceiro período, após um retorno de 104 jardas e Ameer Abdullah, Detroit chegou ao touchdown em conexão de Stafford para Pettigrew, fazendo 09 a 03.

O último período do jogo, e mais emocionante, começou com Matt Prater acertando o segundo field goal da tarde, desta feita de 51 jardas, fazendo 12 a 03. Após dois punts seguidos, um para cada lado, os Packers acordaram para a vida e conseguiram a primeira boa campanha do jogo. Com apenas as jogadas de passe funcionando (A-Rod teve que lançar 61 vezes no jogo), os donos da casa enconstaram no placar após touchdown de Rodgers para o TE Richard Rodgers. Faltando 5:55 para o fim do jogo e com dois pontos de frente, os Lions poderiam se preocupar em gastar o relógio, mas com duas boas recepções de Golden Tate, o time rapidamente chegou a endzone em passe de Matthew Stafford conectado com Lance Moore, deixando 1:57 para os Packers precisarem de um touchdown e uma conversão de dois pontos para empatar o jogo, já que Matt Prater errou o ponto extra e o placar ficou 18 a 10.

Com uma campanha de nove jogadas e apenas 1:25, Aaron Rodgers colocou o tight end Justin Perillo na endzone para deixar a diferença em 18 a 16, faltando a conversão de dois pontos para empatar o jogo. Na tentativa, Devante Adams não conseguiu a recepção, e os Lions colocou uma mão na vitória. Os Packers precisariam de recuperar o onside kick faltando 32 segundos e chutar um field para vencer. O mais difícil Green Bay conseguiu, que foi recuperar o chute do kickoff, após falha grotesca de Calvin Johnson. A-Rod conseguiu dois passes e posicionou Mason Crosby para um chute de 52 jardas. Parecia que a sequência de derrotas no Lambeau Field continuaria, mas o time de especialistas de Detroit conseguiu bloquear o chute e garantir o triunfo fora de casa.

Crezdon Butler desvia passe para manter os Lions na frente no placar

Crezdon Butler desvia passe para manter os Lions na frente no placar

Comentários