Broncos vencem na prorrogação e acabam com invencibilidade dos Patriots

Apesar da ausência de Peyton Manning e da nevasca que atingiu o Sports Authority field na hora da partida, a expectativa para um jogão em Mile High era grande, afinal, se trata dos dois times que dominam a AFC nos últimos anos. Foi o que aconteceu. Mesmo sem seus principais alvos, inclusive Rob Gronkowski no fim, o New England Patriots ficou na frente em quase todo o duelo, mas cedeu a virada ao Denver Broncos na prorrogação. Os Broncos foram buscar uma diferença de 14 pontos no último período e venceram o embate por 30 a 24, derrubando um dos dois únicos invictos na NFL! Substituto do camisa 18, Brock Osweiler teve seus bons momentos, foi ajudado por um jogo corrido muito eficiente e liderou a virada. Já Tom Brady fez milagre com o que tinha, mesmo com muitos desfalques e sem a menor ajuda do jogo terrestre, ele quase venceu o Sunday Night Football em Mile High.

Os dois times voltam a campo na noite do próximo domingo: os Broncos viajam até San Diego para um duelo divisional contra os Chargers, os Patriots recebem o Philadelphia Eagles em Foxborough.

broncos patriots grande

Superioridade dos Pats no primeiro tempo

Muito frio e neve no Sports Authority Field em Mile High, vai ver que foi por isso que os Patriots pareciam estar jogando em casa no começo da partida. Apesar do duelo não ser na também gelada Foxborough, New England iniciou com a usual intensidade quando joga em seus domínios. A melhor defesa da NFL cedendo pontos anulou totalmente o renovado Denver Broncos com Brock Osweiler no comando, o ataque anotou um touchdown já na primeira posse de bola. Tom Brady aproveitou a boa posição de campo, precisou de apenas quatro passes para abrir o placar em Denver. Conexão de 23 jardas para Rob Gronkowski, o TE quebrou dois tackles e desfilou para a end zone.

patriots broncos 2Aos poucos os Broncos foram equilibrando as ações. Osweiler até comandou uma campanha de seis minutos, mas um sack no QB fez com que o time saísse da distância para chutar um field goal. O camisa 17 voltou a campo nos minutos seguintes, mas cometeu o primeiro turnover da noite. Ele teve o passe desviado na linha de scrimmage, a bola ficou no ar e foi agarrada pelo linebacker Chandler Jones. Em ótima posição de campo, Brady não perdoou, precisou de três jogadas para colocar mais sete pontos no placar. O camisa 12 anotou o TD com uma conexão de nove jardas com o TE Scott Chandler no canto direito da end zone.

Denver teve outra boa campanha antes do intervalo, carregado pelo jogo corrido. Apesar da dificuldade em se correr com a bola no campo nevado, os Broncos foram avançando pelo chão, oito das dez jogadas da campanha foram terrestres. Isso porque estamos falando da segunda melhor defesa da NFL cedendo jardas em corridas. O explosivo RB Ronnie Rillman fechou o drive com um lindo avanço de 19 jardas para a end zone, primeiros pontos dos mandantes em Mile High! Mesmo com a pontuação, os Patriots foram para os vestiários vencendo por 14 a 7.

Virada espetacular na neve!

broncos patriots 1Não houve pontuação no terceiro período.  Apesar da forte nevasca que castigava o Sports Authority Field, o jogo pegou fogo no último quarto. Os Patriots voltaram a pontuar já na segunda jogada, drive curto e eficiente liderado por Tom Brady. Ele conectou um maravilhoso passe para Brandon Bolden, o RB recebeu como se fosse um wide receiver e avançou sozinho para a end zone, conexão de 63 jardas! New England abriu uma diferença de 14 pontos  no início do quarto período.

Dadas as condições hostis de campo e um quarterback inexperiente, a chance de uma reação dos Broncos era improvável. Mas não impossível. Tudo que o time de Denver precisava era de um turnover para voltar para o jogo, foi justamente o que aconteceu. O WR calouro Chris Harper soltou a bola ao tentar agarrar o punt, os Broncos recuperaram a posse em ótima posição de campo e não perdoaram. Mais uma vez drive liderado pelo jogo corrido, com alguns passes pontuais de Osweiler, o RB C.J. Anderson em uma corrida de 15 jardas arrancou para dentro da end zone e colocou seu time de volta na partida.patriots broncos 1

Isso porque a defesa de Denver também fazia um excelente trabalho contra o ataque dos Patriots, foram incríveis seis punts de New England na segunda etapa. O único ataque que funcionava era o dos Broncos, por conseguir estabelecer com sucesso o jogo terrestre. O time foi buscar a virada, para delírio do torcedor em Mile High! Primeiro, Brock Osweiler posicionou seu kicker para um fácil chute de 21 jardas, depois foi buscar um improvável touchdown da virada nos minutos finais. O que ele fez foi coisa de gente grande, recebeu a bola com 2:31 no cronômetro e foi avançando em um gramado já quase que todo branco. Em cinco passes ele avançou 83 jardas, o último deles uma conexão curta com o WR Andre Caldwell no canto esquerdo da end zone, vira que vira em Denver!

broncos patriots 2Se já era improvável uma virada de Denver, o que dizer de uma reação dos Patriots? Exatos 1:09 no relógio, com um ataque que não vinha funcionando e sem seu principal alvo, Rob Gronkowski, que deixou o gramado com uma lesão no joelho no último quarto. Nesses momentos que Tom Brady mostra o gênio que é. Mesmo com TODOS os seus principais alvos de fora, ele tirou o coelho da cartola, em cinco passes avançou o suficiente para posicionar Stephen Gostkowski para um chute difícil de 47 jardas na neve. O kicker foi fantástico, converteu o field goal no estouro do cronômetro e levou o duelo para a prorrogação!

Vitória dos Broncos no tempo extra

Com o momento todo a seu favor, os Patriots venceram no cara ou coroa, escolheram receber a bola. Tom Brady não conseguiu um first down sequer, um sack sofrido por Von Miller praticamente matou a campanha. Os Broncos receberam a bola de volta e não perdoaram, C.J. Anderson fechou com chave de ouro uma atuação de gala com uma linda corrida pelo lado esquerdo. Ele recebeu o toss de Osweiler e foi avançando, limpou os marcadores e desfilou para a end zone! Avanço de 63 jardas que deu a vitória ao Denver Broncos!

Comentários