Com virada no último minuto, Seahawks batem os Cowboys no Texas

Após um começo claudicante, o Seattle Seahawks venceu a segunda partida consecutiva, os atuais campeões da NFC seguem mais do que vivos em 2015! Não foi a atuação mais gloriosa do planeta, principalmente do ataque, mas o suficiente para bater o Dallas Cowboys por 13 a 12 no AT&T Stadium, Texas. Difícil apontar um destaque ofensivo em um jogo de poucos pontos, talvez a frieza do QB Russell Wilson para liderar o drive final que resultou no field goal da vitória. Do lado perdedor, o quarterback também chamou atenção, pelo lado negativo… Matt Cassel evitou interceptações, mas também pouquíssimo arriscou, terminou o duelo com míseras 97 jardas aéreas.

seahawks cowboys grande

Muito equilíbrio no início do duelo no Texas, várias jogadas curtas e domínio defensivo. O primeiro quarto foi meio sonolento, pode ser resumido com dois drives bem longos, um de cada lado, em que os times entraram na red one adversária, mas tiveram que se contentar com field goals. Seattle abriu o placar, quase sete minutos de posse que se transformaram em um field goal de 26 jardas convertido por Steven Haushka. Dallas pagou na mesma moeda, gastou mais oito minutos e empatou o duelo com um chute curto de Dan Bailey no meio do “Y”.

Após quatro punts no começo do segundo período, os pontos voltaram a aparecer com um bom drive do time visitante. Foi a melhor campanha de todo o primeiro tempo, sete jogadas e 65 jardas que resultaram no primeiro, e único, touchdown da partida. 41 delas em conexões de Russell Wilson com o xará Luke Wilson, a última delas um avanço de 21 jardas que o tight end mergulhou na end zone. Com Matt Cassel longe de uma atuação brilhante, os Cowboys até tiveram a chance de empatar o duelo, mas ficaram apenas em um field  goal de 35 jardas de Bailey. Em um primeiro tempo bem burocrático, os Seahawks foram para os vestiários vencendo por 10 a 6.

seahawks cowboys 1O embate seguiu na mesma toada no terceiro período. Dallas teve mais posse de bola nos três primeiros quartos, muito pelo bom jogo terrestre do time, mas não conseguia anotar touchdowns. A equipe avançava bem com Darren McFadden pelo chão, mas quando precisava de Matt Cassel para decidir ele não dava conta do recado. Mesmo a base de field goals, os Cowboys viraram o duelo no Texas, dois chutes precisos de Dan Bailey. O segundo deles, no começo do último período, surgiu de uma linda interceptação de Greg Hardy em Russell Wilson.

Tudo que o ataque dos Seahawks, 18º da liga, não fez no s três primeiros períodos, produziu no último. Dois pontos atrás do placar, o time teve duas chances de pontuar e passar na frente do marcador. Na primeira delas, Hauschka foi para uma tentativa de field goal de 47 jardas, mas os Cowboys bloquearam o chute. Na segunda, os visitantes foram avançando bem, liderados pela mobilidade impressionante de Wilson no pocket. Ficaram a seis jardas do TD, mas tiveram que ir para o field goal automático que deu a vantagem ao time com 1:10 no relógio. Cassel não teve capacidade para liderar o time a uma improvável virada, a defesa de Seattle parou o ataque de Dallas e garantiu a virada fora de casa!

Os Cowboys voltam a campo no próximo domingo (8), recebem o Philadelphia Eagles no Sunday Night Football. Os Seahawks também voltam a campo no Sunday Night Football, mas da semana 10, visto que o time folga na próxima rodada. Fará um duelo da NFC West no dia 15 de novembro contra o Arizona Cardinals.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários