Em duelo muito equilibrado, Eagles batem os Cowboys na prorrogação

Equilíbrio foi a palavra que melhor definiu o Sunday NightFootball deste domingo (8), em nenhum momento da partida Philadelphia Eagles ou Dallas Cowboys conseguiram abrir mais do que sete pontos de vantagem. No final o time da Filadélfia levou a melhor, anotou um touchdown na prorrogação e venceu o apertado duelo por 33 a 27 no AT&T Stadium, Texas. Foi uma bela apresentação das Águias, o ataque computou 459 jardas totais, o QB Sam Bradford fugiu dos turnovers e apareceu no momento mais decisivo do duelo. Do lado dos Cowboys, fica cada dia mais claro que não há vida sem Tony Romo em campo, nos seis jogos que o quarterback não esteve em campo o time perdeu. O time não computava seis derrotas seguidas desde a desastrosa temporada de 1989.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (15) às 16h, horário de Brasília. Os Eagles voltam ao Lincoln Financial Field, recebem o Miami Dolphins em Philly. Já os Cowboys viajam para a Florida encarar o Tampa Bay Buccaneers.

cowboys eagles grande

Domínio terrestre no primeiro tempo

Eagles Cowboys FootballCom Tony Romo machucado, Matt Cassel não é nem de longe o QB dos sonhos dos Cowboys, Sam Bradford também não vive uma boa fase no comando do ataque dos Eagles… Não foi surpresa que os dois times correram muito com a bola na primeira etapa. Mesmo sem ser brilhante, o time da casa foi melhor no primeiro quarto,  ataque produziu pontos e a 17º melhor defesa da liga parou totalmente o ataque dos Eagles. Em seis dos oito jogos em 2015 o ataque de Philly passou o primeiro período zerado… Já o de Dallas abriu o placar em Arlington, campanha de 11 jogadas e quase seis minutos que terminou com um passe curto de Cassel para o touchdown do WR Cole Beasley. Segundo TD do quarterback com a camisa dos Cowboys.

Apagado até então, o ataque visitante acordou no segundo quarto, principalmente porque começou a estabelecer o jogo terrestre. O bom trio de running backs dominou a defesa dos Cowboys antes do intervalo, revezando corridas de DeMarco Murray, Ryan Mathews e Darren Sproles. Foi assim que o time caminhou rumo ao empate, uma campanha de 13 jogadas em que a equipe correu nove vezes. O último avanço foi um mergulho de Murray dentro da end zone, mais uma vez a lei do ‘ex’ atacando! O camisa 29 anotou o TD dos Eagles no reencontro contra o seu ex-time.  Dallas pouco produziu antes do intervalo, o duelo da NFC terminou o primeiro tempo empatado em 7 a 7.

Equilíbrio absoluto na segunda etapa

cowboys eagles 1Philadelphia voltou do intervalo mais intenso, principalmente porque o ataque aéreo resolveu funcionar. Sam Bradford soltou o braço, foram seis passes em oito jogadas no primeiro drive depois do intervalo. Apesar do domínio pelo ar, o touchdown veio pelo chão, o RB Ryan Mathews correu seis jardas e entrou na end zone praticamente sem ser tocado. Philly não ficou muito tempo na frente do placar, Dallas tratou de mais uma vez empatar o duelo ainda no terceiro quarto. Bom drive liderado por Cassel, que usou e abusou de seu alvo favorito na noite: Cole Beasley. O jogador fazia um terror com a secundária dos Eagles no slot, quase sempre estava desmarcado. Foi dele a recepção do TD que empatou o duelo, segundo dos Cowboys e segundo dele na noite.

O ataque dos Cowboys vinha funcionando bem, isso até um balde de água fria no começo do último período. Cassel vinha fazendo um trabalho decente, mas errou no momento que não podia errar. Lançou um passe ruim no lado direito do campo, o ótimo calouro Jordan Hicks interceptou o passe e correu 67 jardas até a end zone para virar o duelo no Texas! Pelo menos o quarterback voltou a campo e se redimiu logo em seguida. Impulsionado por um fantástico retorno de kickoff de 78 jardas do calouro Lucky Whitehead, Cassel lançou um touchdown que mais pareceu a famosa jogada de ‘Hail Mary’ para Dez Bryant! O camisa 16 escapou de vários tackles e mandou um passe muito alto na end zone, o wide receiver subiu mais que todo mundo e agarrou a bola dentro da end zone.

cowboys eagles 4O total equilíbrio seguiu nos minutos finais de partida. Philadelphia chegou próximo do touchdown que daria vitória, mas teve que contentar com um field goal de 31 jardas convertido por Sturgis. Dallas teve a bola de volta na mesma situação, Dan Bailey converteu o field goal de 41 jardas e mais uma vez empatou o duelo em Arlington.

Os Eagles tiveram a posse de bola com menos de três minutos para o fim do jogo, em duas jogadas já estavam em posição de chutar um field goal. O time gastou o que pôde de cronômetro, Caleb Sturgis converteu um chutaço de 53 jardas! Vitória dos Eagles? Nada disso. Estamos falando de possivelmente o duelo mais equilibrado em 2015. Dallas recebeu a bola com 1:43 no cronômetro, foi avançando aos trancos e barrancos dentro do campo. Impulsionado por três faltas da defesa dos Eagles, uma muito duvidosa, Matt Cassel conseguiu posicionar seu kicker para um chute de 44 jardas. Dan Bailey quase matou o torcedor de Dallas do coração, o field goal bateu no poste, mas entrou, levando o duelo para a prorrogação!

Águias voam alto no tempo extra

Os Eagles venceram no cara ou coroa, o time teve a primeira posse da bola e foi letal já na primeira campanha. Foram nove jogadas em quatro minutos de posse, a última delas um lindo passe de Bradford para Jordan Mathews. O WR recebeu a bola e só parou dentro da end zone, conexão de 41 jardas que deu a vitória aos Eagles no Texas!

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *