Em retorno de Manning a Indy, Colts quebram invencibilidade dos Broncos

Lá se foi mais um invicto da NFL! Letárgico na primeira metade da temporada, o ataque do Indianapolis Colts finalmente mostrou a que veio em 2015, foi muito eficiente contra a defesa do Denver Broncos, a melhor da liga até o momento. Inspirado pela presença do ídolo Peyton Manning, dessa vez como adversário, o torcedor presente no Lucas Oil Stadium viu a equipe da casa vencer por 27 a 24, triunfo que manteve a liderança da AFC South e acabou com a invencibilidade do rival.

Na noite em que o discípulo superou o mestre, Andrew Luck foi muito bem, evitou turnovers e lançou dois touchdowns. Já para Peyton Manning foi uma noite teágica… Além da derrota, o camisa 18 ficou a duas jardinhas de quebrar o recorde e se tornar o QB com mais jardas aéreas de todos os tempos. Seria épico se ele alcançasse tal marca dentro do estádio que por muitos e muitos anos foi a sua casa. Ficou para a próxima semana.

Os Broncos voltam a campo no próximo domingo (15), recebem o rival Kansas City Chiefs às 19h25, horário de Brasília. Já os Colts folgam na semana 10, jogam apenas no dia 22 de novembro contra o Atlanta Falcons fora de casa.

colts broncos grande

Onde estava a melhor defesa da NFL?

colts broncos 2Essa é a pergunta que os torcedores dos Broncos fizeram no primeiro tempo, o time que havia levado uma média de 16 pontos por partida até então levou 17 apenas na primeira etapa. Andrew Luck começou muito bem o duelo no Lucas Oil Stadium, liderou a boa campanha que abriu o placar em Indy. O quarterback posicionou seu ataque na beira da end zone, o RB veterano Frank Gore finalizou o serviço com uma corrida de set jardas para TD. Já Peyton Manning não teve um início nada produtivo, as três primeiras campanhas da equipe no primeiro período resultaram em punts.

Até de forma surpreendente, o ataque dos Colts seguiu dominante no segundo quarto, como a mudança de coordenador ofensivo fez bem para a equipe. Luck se mostrava sólido sob a batuta agora de Rob Chudzinski, arriscando menos e correndo mais. Foram mais dez pontos antes do intervalo, um field goal de 47 jardas do mito Adam Vinatieri e um passe curto do camisa 12 para o touchdown do TE Jack Doyle. A campanha do touchdown veio a partir de um turnover gerado pela defesa, o safety Mike Adams interceptou Peyton Manning.

Parecia que os Broncos iam para o intervalo zerados, fato que não acontecia nos últimos 47 jogos, isso até os segundos finais. O safety Omar Bolden foi fantástico no retorno de punt, avançou por 56 jardas e entrou na end zone com o cronômetro já zerado! Apesar do vacilo, os Colts foram para os vestiários vencendo por 17 a 7.

Manning sendo Manning

colts broncos 1Peyton Manning voltou para o segundo tempo jogando muito bem no Lucas Oil Stadium. quantas mil vezes essa frase foi dita na última década? A diferença é que agora o camisa 18 joga contra o Indianapolis Colts. Ele dominou o terceiro período, teve duas boas campanhas que empataram o duelo. A primeira resultou no primeiro TD dele na noite, passe espetacular para a conexão de 63 jardas com Emmanuel Sanders. O drive seguinte teve 10 jogadas, avançou o suficiente para posicionar o kicker Brandon McManus para um field goal perfeito de 29 jardas.

O jogão seguiu equilibrado no último período. Após levar o empate, os Colts não se abalaram, Andrew Luck arquitetou uma ótima campanha de seis minutos e doze jogadas que resultou em um passe curto para touchdown do RB Ahmad Bradshaw. Manning respondeu logo em seguida, cinco minutos de posse e ótimos passes do camisa 18, o último deles uma conexão curta com o TE Owen Daniels dentro da end zone. Tudo igual em Indy!

O camisa 12 recebeu a bola de volta com pouco mais de oito minutos no relógio. Não foi brilhante, mas não precisava ser, visto que conta com possivelmente o melhor kicker da história da NFL. O drive posicionou Adam Vinatieri para um chute de 55 jardas, o veteraníssimo converteu e deu a vantagem aos Colts nos minutos finais. Manning recebeu a bola de volta com seis minutos, tempo mais do que suficiente para ser decisivo. Ele até foi, mas para o lado errado, lançou uma interceptação nas mãos de Darius Butler. Com a faca e o queijo na mão, os Colts administraram o relógio e contaram com algumas faltas da defesa dos Broncos para garantir a vitória!

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários