Jaguars batem os Titans e encostam na briga pela ponta da AFC South

Dois dos piores times dos últimos anos se encarando no Thursday Night Football e com uniformes, vamos dizer, peculiares… Promessa de marasmo? Nada disso, foi um belíssimo jogo no EverBank Stadium, Jacksonville Jaguars e Tennessee Titans mostraram que vão dar trabalho nas próximas temporadas. Jogando em casa, os Jaguars viraram no final do último período e venceram o embate por 19 a 13 em Jacksonville. O jovem Blake Bortles foi muito bem quando exigido, comandou o time a vitória que deixa a sua equipe a apenas um triunfo de Texans e Colts, líderes da AFC South. Apesar de alguns momentos de inexperiência, mais do que normal para um calouro, Marcus Mariota também impressionou.

Os dois times voltam a campo no dia 29 de novembro, às 16h, em casa e contra times da AFC West: os Titans recebem os Raiders, os Jaguars encaram os Chargers nesse mesmo EverBank Field.

jaguars titans grande

Equilíbrio no primeiro tempo

titans jaguars 1Como já era esperado, o confronto de dois time com jovens quarterbacks e em plena reconstrução foi bem igual na primeira etapa. Uma combinação entre bons trabalhos dos defensores e apatia dos ataques, todas as vezes que um time chegava próximo a end zone era obrigado a chutar field goals pela pressão exercida pelas defesas. Liderado por Marcus Mariota, os Titans abriram o placar logo na primeira campanha do duelo, dez jogadas em mais de cinco minutos que resultaram em um field goal de 47 jardas convertido por Ryan Succop.

Incentivado pelo torcedor que lotou o EverBank Field, o jovem Blake Bortles até comandou o seu ataque rumo a red zone, mas um passe incompleto na direção de Bryan Walters fez com que o time tivesse que se contentar com um field goal de 31 jardas, convertido facilmente por Jason Myers. Muito da dificuldade de Bortles passava  por ter tempo suficiente para lançar a bola, a sua linha ofensiva sofria demais com o pass-rush dos Titans.

A máxima seguiu no segundo período, pouca produtividade ofensiva e mais um field goal de cada lado. Os Titans voltaram a frente do marcador com um difícil chute de 49 jardas que Succop colocou dentro do “Y”. O time ainda forçou o primeiro turnover da partida, um fumble de Blake Bortles recuperado pela defesa, mas que o time não transformou em pontos. Jacksonville bateu na porta da end zone, mas um sack em Bortles acabou com as chances de touchdown. Mais um field goal curto de Myers, o Thursday Night Football foi para o intervalo empatado em 6 a 6.

Vira que vira em Jacksonville

jaguars titans 1A primeira campanha dos Jaguars no segundo tempo foi muito semelhante a última do primeiro, com o time mostrando toda incapacidade de capitalizar touchdowns dentro das últimas 20 jardas do campo. A defesa de Tennessee fez outro excelente trabalho, as três corridas de Denard Robinson não deram em nada, Jacksonville passou a frente do placar com o terceiro field goal da noite, mais um chute automático de Myers.

Os Titans receberam a bola de bola em desvantagem na metade do terceiro período e fora de casa… É em momentos como esse que o quarterback precisa aparecer, foi exatamente o que Marcus Mariota fez. Temos um QB em Nashville! Comandou o time em um drive rápido e eficiente de cinco jogadas, a última delas uma linda corrida na famosa formação ‘read option’ em que o camisa 8 avançou 23 jardas e anotou com as pernas o primeiro TD da noite! Parecia inevitável uma vitória dos Titans, visto que Bortles recebeu a bola de volta no começo do último quarto e lançou a primeira interceptação da noite. O LB Zach Brown agarrou o passe, mas o ataque não capitalizou, erros que não podem acontecer quando se atua fora de casa.

Os Titans pagaram o preço. O time da casa não estava constante no ataque, mas um excelente retorno de punt facilitou as coisas, o calouro Rashad Greene avançou 63 jardas e colocou os Jaguars na boca da end zone. Bortles capitalizou logo na primeira jogada, passe curto pelo meio para o TE Julius Thomas. Tennessee buscou pelo menos um field goal que empataria o jogo, mas um fumble do TE Phillip Supernaw a três minutos do fim praticamente matou o confronto. Os Jaguars capitalizaram o turnover em mais um field goal de Myers, colocando uma diferença de seis pontos no placar.

Tennessee precisava de um touchdown para vencer a dois minutos para o fim do duelo e sem tempo para pedir. Foi nessa situação que faltou um pouco mais de ousadia e experiência para o calouro Mariota. Ele certamente será um dos melhores QBs da liga nos próximos anos, mas não soube avançar o ataque com a rapidez necessária. Ao invés de arriscar passes nas laterais, foi mandando passes curtos pelo meio, gastando o relógio rapidamente. Até teve a chance de mandar a bola na end zone a cinco segundos do fim, mas sofreu um sack antes de conseguir soltar a bola. Vitória dos Jaguars no EverBank Field!

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários