Na volta de Romo, Cowboys encerram sequência de derrotas ao bater Miami

O duelo contra o Miami Dolphins era muito esperado pelo torcedor do Dallas Cowboys. Vindo de sete derrotas seguidas, a torcida texana contava com o retorno de Tony Romo para voltar a vencer e ter chances de ir para os playoffs! E foi isso que aconteceu no retorno do camisa 9, que comandou o time em uma boa vitória por 24 a 14, na Flórida.

Romo terminou a partida com 18/28 para 227 jardas, dois touchdowns e duas interceptações. A conexão com Bryant funcionou, mas o melhor recebedor dos Cowboys foi Terrance Williams, com quatro recepções, 79 jardas e um touchdown.

Romo voltou, e os Cowboys venceram após sete partidas

Romo voltou, e os Cowboys venceram após sete partidas

O próximo desafio de Dallas é na quinta-feira, contra o Carolina Panthers, no segundo jogo da rodada de Thanksgiving, às 19h30. Já os Dolphins só jogam no domingo, contra os Jets, em Nova York.

Alguns sustos para Romo, mas vitória de Dallas

A partida em Miami começou debaixo de muita chuva. Uma tempestade atrapalhou os dois times e os ataques demoraram a engrenar. Quando a chuva parou, os Cowboys aproveitaram para conseguiu o primeiro bom drive do jogo, chegando até a redzone. Com avanços seguros, Romo só vacilou uma vez. Na tentativa de passe na endzone para Dez Bryant, os dois não se entenderam e a bola foi interceptada por Brent Grimes, deixando o placar do primeiro quarto em 0 a 0.

Williams abre o placar em Miami

Williams abre o placar em Miami

O placar foi inaugurado na primeira jogada do segundo período. Ryan Tannehill tentou passe curto, mas acabou interceptado por Rolando McClain, que retornou para a endzone e fez 07 a 00 Dallas. Após dois punts seguidos, Romo comandou uma grande campanha, saindo de uma segunda para 22 jardas e comandando um passe de 31 para Terrance Williams na endzone, colocando os Cowboys com 14 a 00, fora de casa. Antes do intervalo, no entanto, os Dolphins mostraram reação e entraram no placar em campanha de apenas quatro jogadas, concluída em passe de Tannehill para o TE Jordan Cameron.

O segundo quarto começou com o time da casa melhor e forçando mais um turnover em Romo, desta feita em interceptação de N. Hewitt, mas os Dolphins não conseguiram converter o erro em pontos. No entanto, na campanha seguinte de Miami, Ryan Tannehill conectou um belo passe de 29 jardas para Kenny Stills, que mergulhou na endzone para empatar o jogo em 14 a 14, placar do terceiro quarto.

No último período, a torcida dos Cowboys matou a saudade da principal conexão da história da franquia. Tony Romo conectou Dez Bryant pela 50ª vez, passando a dupla Triy Aikman e Michael Irving. Com 21 a 14 no placar, a defesa de Dallas segurou a vantagem na posse seguinte e o time de especialistas posicionou bem o ataque, e Dan Bailey acertou seu primeiro FG no jogo para colocar 24 a 14 de frente, faltando 09:09 para o fim.

A defesa de Dallas, que já vinha jogando bem, conseguiu parar completamente o ataque dos Dolphins. Quando teve a posse, Darren McFadden conseguiu grandes corridas para primeira descida e fazendo o relógio correr. Sobrando 1:09 para acabar o jogo, Miami teve nova posse, mas nada que evitasse a quebra da sequência negativa dos Cowboys, que voltaram a vencer após sete jogos.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários