Por dentro do jogo: como foi cada partida da semana 11 da temporada

Os mesmos dois invictos permanecem após a semana 11, que foi uma rodada de alguns destaques individuais, mas com apenas um quarterback passando das 300 jardas (Dalton e Palmer, no mesmo jogo).

Tennessee Titans 13 @ 19 Jacksonville Jaguars
EverBank Field

Melhor passador: Blake Bortles, JAX (21/30 para 242 jardas, um touchdown e uma interceptação)
Melhor corredor:  Antonio Andrews, TEN (15 tentativas e 78 jardas)
Melhor recebedor: Allen Robinson, JAX (cinco recepções e 113 jardas)

Logo jaguarsPor pouco a derrota não veio, mas Blake Bortles cresceu no quarto período e deu aos Jaguars uma sobrevida na temporada, pois os rivais na AFC South venceram e uma derrota complicaria muito as coisas. O time de especialistas também apareceu, ajudando a equipe conquistar duas vitórias após dois anos. Na cola dos líderes da divisão, Jacksonville precisa voltar a vencer.

titans_logoMarcus Mariota mostra que tem um bom futuro, mas ainda não está pronto para conduzir seu time aos playoffs. Os Titans ainda estão em processo de reconstrução do seu time, e ele se baseia no jovem quarterback. Pode se esperar um time mais competitivo para as próximas temporadas, mas nesta é difícil cobrar algo muito melhor do que o que vem sendo mostrado.

Indianapolis Colts 24 @ 21 Atlanta Falcons
Georgia Dome

Melhor passador: Matt Ryan, ATL (25/46 para 280 jardas, três touchdowns e três interceptações)
Melhor corredor:  Devonta Freeman, ATL (três tentativas e 43 jardas)
Melhor recebedor: Julio Jones, ATL (nove recepções e 160 jardas)

falcons_logoApós começar com cinco vitórias seguidas, os Falcons perderam os últimos três jogos e a vaga nos playoffs, que parecia assegurada, está muito ameaçada, principalmente pela maneira como o time vem jogando. A animação inicial passou e os turnovers começam a atrapalhar demais a franquia de Atlanta. O time teve os melhores nos números, mas permitiu ao adversário reagir por causa dos erros.

colts_logoOs Colts mantiveram sua invencibilidade nesta temporada quando Matt Hasselback. Demorou para entrar no jogo, mas quando acordou, Indianapolis foi superior, tanto ofensivamente, quanto defensivamente. A vitória foi importantíssima para manter o time na ponta da AFC South e dependendo apenas de si para ir aos playoffs ou estar no topo quando Andrew Luck se recuperar.

St. Louis Rams 13 @ 16 Baltimore Ravens
M&T Bank Stadium

Melhor passador: Joe Flacco, BAL (27/44 para 299 jardas, um touchdown e duas interceptações)
Melhor corredor:  Todd Gurley, STL (25 tentativas, 66 jardas e um touchdown)
Melhor recebedor: Crockett Gilmore, BAL (cinco recepções e 101 jardas)

ravens_logoMais uma partida dos Ravens decididas com uma posse de bola – mais uma vez em chute de Justin Tucker, que não foi perfeito, mas decidiu. No entanto, a vitória foi pouco comemorada, já que o RB Justin Forsett e o QB Joe Flacco estão fora do restante do ano por lesões. Joe Cool ainda jogou dois snaps com os ligamentos do joelho rompidos. Chegou a hora de Matt Schaub em Baltimore.

rams_logoA troca de quaterbacks não adiantou muito não, o que mostra que o problema não era Nick Foles, já que a entrada de Case Keenum não melhorou muito o ataque do time. Foram apenas 12 passes completados e pouco tempo em campo, forçando a defesa a tentar segurar o adversário. Ela o fez enquanto pode, mas subumbiu no fim do jogo e os Rams perderam mais uma partida.

Washington Redskins 16 @ 44 Carolina Panthers
Bank of America Stadium

Melhor passador: Cam Newton, CAR (21/34 para 246 jardas e cinco touchdowns)
Melhor corredor:  Jonathan Stewart, CAR (21 tentativas e 102 jardas)
Melhor recebedor: DeSean Jackson, WAS (cinco recepções, 87 jardas e um touchdown)

panthers_logoOuço gritos de “MVP” vindo de Charlotte! A atuação de Cam Newton, líder do passeio dos Panthers sobre os Redskins, foi digna de receber o prêmio de melhor jogador da temporada. O time dos Panthers ainda está evoluindo e pode se tornar muito mais perigoso do que já é. E se o ataque está assim sem Kelvin Benjamin, imagina se ele estivesse jogando e sendo opção? Quem para o time da Carolina do Norte?

redskins_logoO jogo começou com o kicker escorregando no kickoff. Ali já dava para prever um pouco do que seria o jogo. E olho que os Redskins até incomodaram no primeiro quarto, deixando o jogo empatado, mas depois só deu Panthers. DeSean Jackson finalmente voltou para a temporada, conseguindo um grande touchdown, e será peça importante na reta final de 2015

Denver Broncos 17 @ 15 Chicago Bears
Soldier Field

Melhor passador: Brock Osweiler, DEN (20/27 para 250 jardas e dois touchdowns)
Melhor corredor:  Ronnie Hillman, DEN (21 tentativas e 102 jardas)
Melhor recebedor: Marquess Wilson, CHI (quatro recepções e 102 jardas)

bears_logoUma conversão errada de dois pontos sacramentou a derrota dos Bears. Mas só sacramentou, porque o time não conseguiu jogar bem o jogo inteiro. Jay Cutler não repetiu as boas atuações dos jogos anteriores e sentiu muita falta de Alshon Jeffery. Langford, que também esteve bem na sequência de vitórias, deixou a desejar mais uma vez.

broncos_logoAniversário, estreia e vitória. A tarde de Brock Osweiler não poderia ser melhor no seu primeiro jogo pela NFL. E o resultado foi aprovado pela comissão técnica, que já garantiu o jogador na próxima partida. A defesa voltou a jogar bem e o novo QB conseguiu colocar Vernon Davis no plano de jogo, que pode ser uma peça importantíssima daqui para frente. Fim da “Era Manning” em Denver?

BANNERNOVO

Oakland Raiders 13 @ 18 Detroit Lions
Ford Field

Melhor passador: Matthew Stafford, DET (22/35 e 282 jardas)
Melhor corredor:  Matthew Stafford, DET (seis tentativas, 31 jardas e um touchdown)
Melhor recebedor: Calvin Johnson, DET (cinco recepções e 88 jardas)

lions_logoA vitória sobre os Packers deu novo ânimo em Detroit, que embalou e emplacou a segunda vitória. O time chega com o moral elevado para a rodada de Thanksgiving e ainda sonhando com os playoffs. Matthew Stafford não resolveu com os passes, mas pelo chão foi fundamental. E foi justamente correndo que ele anotou o touchdown da virada e da vitória sobre os Raiders.

raiders_logoSerá que acabou o encanto? Após figurar entre os que classificariam para a pós-temporada, os Raiders perderam três jogos seguidos e estão se complicando. O ataque não conseguiu superar a boa defesa dos Lions, e a dupla Amari Cooper e Derek Carr só funcionou uma vez. Preocupante a sequência ruim e a atuação do time de Oakland.

New York Jets 17 @ 24 Houston Texans
NRG Stadium

Melhor passador: T.J.Yates, HOU (16/34 para 229 jardas e dois touchdowns)
Melhor corredor:  Alfred Blue, HOU (21 tentativas e 58 jardas)
Melhor recebedor: DeAndre Hopkins, HOU (cinco recepções, 118 jardas e dois touchdowns)

texans_logoDeAndre Hopkins teve uma tarde em um resort All Inclusive na “Revis Island”. O WR dos Texans deitou e rolou sobre adversário e foi o destaque do time, que mesmo com T.J. Yates de quarterback, conseguiu uma importante vitória e deixou o aviso para Indianapolis. Qualquer bobeira que o time der, a franquia de Houston está pronta para assumir a liderança da AFC South.

jets_logoO time verde de New York não figura mais entre os classificados para os playoffs se a temporada acabasse hoje, e isto graças a derrota para os Texans. A equipe parecia perdida em campo e teve raros momentos onde mostrou que poderia vencer o jogo.

Dallas Cowboys 24 @ 14 Miami Dolphins
SunLife Stadium

Melhor passador: Tony Romo, DAL (18/28 para 227 jardas, dois touchdowns e duas interceptações)
Melhor corredor:  Darren McFadden, DAL (29 tentativas e 129 jardas)
Melhor recebedor: E

Dolphins_LogoKO início do trabalho do técnico da Dan Campbell foi animador, mas parou e o time voltou quase a ser o que era antes. Muitos erros ofensivos vem comprometendo as partidas de Miami, que já não vê tão fácil assim, na verdade são pouquíssimas as chances, uma vaga nos playoffs.

cowboys_logoTony Romo voltou, as vitórias voltaram. É impressionante a evolução dos Cowboys quando o quarterback principal do time está em campo. Ele não entrou 100%, mas já foi o suficiente para acabar com a série de derrotas. A defesa também jogou bem, o ataque se envolveu e não está tarde para Dallas brigar por playoffs.

Tampa Bay Buccaneers 45 @ 17 Philadelphia Eagles
Lincoln Financial Field

Melhor passador: Jameis Winston, TB (19/29 para 246 jardas e cinco touchdowns)
Melhor corredor:  Doug Martin, TB (27 tentativas para 235 jardas)
Melhor recebedor: Mike Evans, TB (quatro recepções, 63 jardas e um touchdown)

eagles_logoSe com Sam Bradford estava difícil, com Mark Sanchez então… Os Eagles perderam uma boa chance de se igualar aos líderes da NFC East, case vencesse em casa. A defesa sofreu muito o jogo inteiro e nem de perto passou a confiança de alguns jogos atrás. A batata de Chip Kelly começa a esquentar na Philadelphia.

bucs_logoO ataque dos Buccaneers teve sua melhor sintonia na temporada. Doug Martin explodiu em mais de 230 jardas e chamou a atenção da defesa adversária, deixando os espaços necessários para Jameis Winston ser cirúrgico e anotar os cinco passes para touchdown, feito que um calouro não consegue desde a década de 30. Com Sanchez de QB do outro lado, a defesa não teve tanto trabalho.

Kansas City Chiefs 33 @ 03 San Diego Chargers
Qualcomm Stadium

Melhor passador: Alex Smith, KC (20/25 para 253 jardas)
Melhor corredor:  Spencer Ware, KC (11 tentativas, 96 jardas e dois touchdowns)
Melhor recebedor: Stevie Johnson, SD (sete recepções e 54 jardas)

chargers_logoTexto texto texto texto texto Texto Texto texto texto texto texto Texto Texto texto texto texto texto Texto Texto texto texto texto texto Text. As dezenas de lesões colocaram um ponto final na temporada dos Chargers. A franquia está muito enfraquecida com tantos desfalques importantes e a possível última temporada em San Diego pode ser melancólica para a franquia, que não mostra poder de reação nos jogos.

chiefs_logoQuem diria que os Chiefs, mesmo sem Jamaal Charles, poderia brigar por um lugar nos playoffs? Eu mesmo quebrei a cara com o time e o dei como carta fora do baralho. No entanto, a reação da franquia de Kansas City é de tirar o chapéu. Alex Smith está jogando de maneira segura, Cairo Santos está quase impecável nos field goals e o jogo terrestre flui mesmo com o principal jogador machucado. A defesa vem nostrando sua força e coloca o time mais forte.

banneringresso

Green Bay Packers 30 @ 13 Minnesota Vikings
TCF Bank Stadium

Melhor passador: Aaron Rodgers, GB (16/34 para 212 jardas e dois touchdowns)
Melhor corredor:  Eddie Lacy, GB (22 tentativas e 100 jardas)
Melhor recebedor: James Jones, GB (seis recepções, 109 jardas e um touchdown)

vikings_logoDurou apenas uma semana a passagem dos vikings pela ponta da NFC North. Contra o seu grande rival neste ano, o time não jogou bem em casa. Adrian Peterson, que teria que aparecer, não foi capaz de ajudar muito e o ataque se afogou contra a defesa adversária. O time não deve abaixar a cabeça por conta dessa partida, mas se quiser avançar nos playoffs, tem que jogar bem melhor, porque os jogos serão como o último.

packers_logoTexto texto texto texto texto Texto Texto texto texto texto texto Texto Texto Tudo como dantes no quartel da NFC North. Após uma sequência de tropeços, os Packers venceram o jogo que precisava para retomar a ponta da divisão. Mais do que a liderança, o time liderado por Aaron Rodgers voltou a jogar bem. James Jones e Mason Crosby também reapareceram e a torcida volta a se animar.

San Francisco 49ers 13 @ 29 Seattle Seahawks
CenturyLink Field

Melhor passador: Russell Wilson, SEA (24/29 para 260 jardas e três touchdowns)
Melhor corredor:  Thommy Rawls, SEA (30 tentativas, 209 jardas e um touchdown)
Melhor recebedor: Anquan Boldin, SF (cinco recepções e 93 jardas)

seahawks_logoRussell Wilson quase impecável, o jogo terrestre funcionando muito bem sem Marshawn Lynch e a linha ofensiva com uma postura muito diferente das partidas anteriores. A vitória era mais que obrigação para os Seahawks, principalmente jogando em casa, mas a maneira como veio animou os torcedores.

49ers_logoO ânimo da troca e a vitória com Blaine Gabbert foi por água abaixo. Quando o time de San Francisco acordou para o jogo, os Seahawks já tinham abrido boa frente e foi só administrar a vantagem. A temporada já acabou, e esta reta final será para teste do elenco visando os outro anos.

Cincinnati Bengals 31 @ 34 Arizona Cardinals
University of Phoenix Stadium

Melhor passador: Carson Palmer, ARI (20/31 para 317 jardas, quatro touchdowns e duas interceptações)
Melhor corredor:  Jeremy Hill, CIN (13 tentativas, 45 jardas e dois touchdowns)
Melhor recebedor: J.J. Nelson, ARI (quatro recepções, 142 jardas e um touchdown)

cardinals_logoOs Cardinals demoraram a engrenar no jogo, mas quando conseguiu emplacar seu ritmo foi fulminante. Se o ritmo imposto no terceiro quarto for o da maioria dos jogos daqui a pra frente, será difícil parar este time. Carson Palmer vem jogando bem demais, mas ainda falta ser um pouco mais consistente para brigar pelo prêmio de MVP.

bengals_logoO alerta que havia sido ligado na semana passada segue aceso, mas os Bengals mostraram que podem reagir. Jeremy Hill voltou a correr para touchdowns e Gio Bernard desafogou bem ataque. Do outro lado tinha um adversário complicado pela frente e a atuação de Cincinnati não foi tão ruim, apesar da derrota. Bola para frente!

Buffalo Bills 13 @ 20 New England Patriots
Gillette Stadium

Melhor passador: Tom Brady, NE (20/39 para 277 jardas, um touchdown e uma interceptação)
Melhor corredor:  LeSean McCoy, BUF (20 tentativas, 82 jardas e um touchdown)
Melhor recebedor: Danny Amendola, NE (nove recepções e 117 jardas)

patriots_logoSem Dion Lewis e Edelman, James White e Amendola chamaram a responsabilidade e deram conta do recado. Em jogo que Brady apanhou como poucas vezes na carreira, os Patriots mantiveram sua invencibilidade na temporada e caminham a passos largos para decidir em casa até o Super Bowl 50. Mesmo jogando mal, a vitória veio.

bills_logoO Buffalo Bills jogou como nunca, e perdeu como sempre. É o México da NFL. O time pressionou bastante o adversário e teve a chance de estar na frente no intervalo, mas errou. E isto custou caro no final do jogo e pode fazer uma tremenda diferença contra o time na briga por uma vaga na pós-temporada. É sacudir a poeira e dar a volta por cima o mais rápido possível.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários