Divisional Round 2016: Green Bay Packers x Arizona Cardinals

faixa wild card packers CARDINALS

pojetu playoffs pedaço 2 PACKERS CARDINALS

Muito mais do que uma vaga na final da NFC, o duelo do Divisional Round entre Green Bay Packers e Arizona Cardinals será marcado por um grande clima de revanche. Há exatos 19 dias, esse dois times se encontraram no mesmo palco do jogo de amanhã, o University of Phoenix Stadium, e os Cardinals simplesmente passaram o trator: 38 a 8. A questão vai além do placar dilatado, foi um domínio total e absoluto do time da casa. Na ocasião as duas equipes já estava garantidas nos playoffs, veremos como será o equilíbrio da ações nesse jogão imperdível dos playoffs da NFL.

pedaço 3 - packers x cardinals

Ao longo da semana, os treinadores das duas equipes minimizaram o resultado do último duelo, certamente ambos possuem motivos para isso. Técnico dos Cards, Bruce Arians ressaltou em várias entrevistas que aquele massacre não deve ser levado em consideração, principalmente para combater o excesso de confiança do seu time, que chega aos playoffs com a temporada regular mais vitoriosa da história da franquia (13-3). Do outro lado, Mike McCarty fez questão de afirmar que o time que entrará em campo em Glendale amanhã será totalmente diferente do de 19 dias atrás, tanto no esquema de jogo como no fator psicológico, a virada diante dos Redskins no Wild Card Round fez muito bem ao elenco.

Além da confiança adquirida, o sentimento de revanche dará uma apimentada no desempenho de Green Bay, o QB Aaron Rodgers disse em algumas entrevistas que ainda não engoliu aquele resultado. Dificilmente A-Rod esquecerá aquela noite: sofreu oito sacks, lançou uma interceptação e sofreu dois fumbles, um deles retornado para TD. O camisa 12 sofreu demais ao longo da temporada com desfalques da linha ofensiva e falta de qualidade no corpo de recebedores, isso ficou latente quando enfrentou a agressiva defesa de Arizona.

Sim, Green Bay vem embalado após vencer Washington e entra em campo ‘mordido’, mas não se deixe enganar… Os Cardinals são favoritos no duelo. É um time muito equilibrado e com poucas fraquezas, foram melhores ao longo da temporada. Claro que favoritismo não ganha jogos, principalmente quando se coloca na balança talentos individuais. Aaron Rodgers tem a capacidade de tirar drives espetaculares da cartola, isso nunca deve ser subestimado. Independente de quem vai vencer, certamente será um embate muito mais equilibrado do que o último encontro entre as franquias.

ULTIMOS CONFRONTOS PACKERS CARDINALS

 

Como se trata de duas das franquias mais antigas da NFL, o duelo traz muita história na bagagem. Os Packers levam clara vantagem em temporada regular com 47 vitórias, contra 24 dos Cardinals e quatro empates. Na pós-temporada, foram dois confrontos nos últimos 33 anos. O primeiro deles em 1983, quando os Cardinals ainda estavam em St. Louis, um atropelamento dos Packers: 41 a 16 no Lambeau Field. O segundo duelo muitos torcedores devem lembrar, um embate épico no Arizona em 2010. Foi um dos melhores jogos da pós-temporada de todos os tempos, os Cardinals venceram por 51 a 45.

CHAVE PARA A VITORIA packers

 

Após um começo de partida muito ruim contra os Redskins no último domingo, os Packers tiraram uma diferença de 11 pontos e viraram o jogo no FedEx Field quando o jogo corrido funcionou. Desde o começo do ano o desempenho do ataque ficou atrelado ao jogo terrestre fluir, as melhores apresentações do time vieram quando Eddie Lacy e James Starks controlaram o relógio e tiraram um pouco da pressão de Aaron Rodgers, dando a opção de utilizar com sucesso os play-actions. Claro que a linha ofensiva, ainda com alguns problemas, precisa e deve fazer um trabalho MUITO melhor do que fez contra o bom pass-rush dos Cardinals na semana 16. A-Rod segue segurando um pouco demais a bola, pois os recebedores não encontram separação. O sofrido ataque aéreo em 2015 terá uma baixa significativa, o WR Davante Adams sofreu uma lesão no ombro e está fora do confronto.

Enquanto Rodgers vem de muitas participações em pós-temporadas, Carson Palmer ainda busca sua primeira vitória em playoffs. Portanto, a chave para a defesa será pressioná-lo sempre que possível e forçá-lo a tomar decisões erradas. O fator psicológico pesa demais nesse momento, os Packers precisam tirar vantagem disso. O time teve seis sacks contra os Redskins, esses números precisam ser parecidos para Green Bay sair de Glendale com a vaga na final da NFC.

CHAVE PARA A VITORIA cardinals

 

Suba um pouco a página e veja as estatísticas dos Cardinals… em todas Arizona é pelo menos o oitavo melhor, isso fala muito sobre o que é esse time. Parafraseando um famoso treinador de futebol, o melhor Arizona Cardinals de todos os tempos em temporada regular é baseado do EQUILÍBRIO. A equipe tem um ataque aéreo dinâmico, um jogo corrido consistente, uma linha defensiva com um pass-rush muito forte e boa contra corridas, além de uma das melhores secundárias da liga. Se tudo funcionar como em muitos momentos durante o ano, os Cardinals devem sair com a vitória.

Alguns pontos individuais devem ser destacados, como a utilização do calouro David Johnson. O jovem é um dos jogadores mais dinâmicos da atualidade, computa uma média de incríveis 131,6 jardas da linha de scrimmage nos jogos que foi titular. Coloquem o garoto no plano de jogo! No mais, uma atenção especial pode ser dada para Justin Bethel, os times exploraram demais o jogador nas últimas semanas com a ausência do contundido Tyrann Mathieu. Certamente Aaron Rodgers não fará diferente.

Quer apostar nesse jogo? Registre-se na 188bet e ganhe uma aposta grátis de R$25:

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários