Análise de elenco e posições carentes no Draft: AFC South

BARRA TEXANS

Ao contrário dos últimos anos, será muito interessante analisar o desempenho dos times na AFC South, todos os times se reforçaram bem e prometem uma briga boa pelo título da divisão. O Houston Texans acabou com o título no ano passado muito pela força de sua defesa, que foi a melhor da NFL na segunda metade da temporada, mas não avançou nos playoffs pela atuação desastrosa do QB Brian Hoyer contra os Chiefs (quatro interceptações e  dois fumbles). Ficou claro após a partida que a franquia precisava de um QB para dar o próximo passo, e esse foi o foco dos Texans nessa offseason.

texans

texans draftO time abriu os cofres e foi buscar o que, em teoria, era o melhor nome disponível no mercado: Brock Osweiler, campeão do Super Bowl com os Broncos. O ataque anêmico de 2015 também ganhou o ótimo reforço de Lamar Miller, um dos melhores RBs free agents. Com caras novas também na linha ofensiva, esse ataque parece finalmente tomar corpo para acompanhar a forte defesa rumo a voos mais altos em 2016.

DeAndre Hopkins mostrou ser espetacular, Jaelen Strong tem potencial, Cecil Shorts é a eterna promessa… Osweiler precisará de mais alvos para lançar no próximo Draft, seja wide receiver ou tight end. Na defesa, o time perdeu o bom safety Rahim Moore e trouxe dois nomes bem medianos: Antonio Allen e Quintin Demps. Mesmo com esses dois por lá, ainda coloco um jovem talentoso do Draft na posição como prioridade. No mais, buscar um defensive end de qualidade para pressionar no lado oposto ao monstro JJ Watt.

BARRA COLTS

O roteiro que viveu o Indianapolis Colts em 2015 é amplamente conhecido no mundo da NFL: você perde seu quarterback titular por nove partidas e vê suas chances de pós-temporada diminuírem drasticamente. Muitos esperavam reforços para a linha ofensiva no período de free agency, mas eles não vieram, o foco dos Colts este ano, financeiramente falando, será guardar espaço no salary cap para renovar o contrato de Andrew Luck. Algumas fontes ligadas ao time dizem que o acordo está bem encaminhado.

colts

colts draftDe nada adianta ter Luck no comando e não protegê-lo, os Colts sabem bem disso. Por isso a equipe já deu a entender que o foco no próximo Draft será linha ofensiva. Principalmente no lado direito, um right tackle deve chegar com a 18º escolha da primeira rodada. Além de cuuidar da OL, Indianapolis deve ir atrás de reforços na defesa, tanto para repor algumas baixas no período free agency como para reforçar alguns pontos fracos.

Com o foco na renovação de Luck, o time contratou pouco e viu algumas peças irem embora. Patrick Robinson chegou para o lugar de Greg Toler, Scott Tolzien para o do veteraníssimo Matt Hasselbeck, dois RBs para ajudar o envelhecido Frank Gore a carregar o piano… e só. Com apenas 35 sacks em 2015, um puro pass-rusher pode e deve chegar, assim como um jovem com potencial para o lugar do talentoso Jerrell Freeman. O safety Clayton Gathers, escolha de quarta rodada em 2015, deve assumir o posto de Dwight Lowery, que foi para os Chargers.

BARRA JAGUARS

Um dos times que tenho mais expectativa de ver em campo em 2016 é o Jacksonville Jaguars, seguem em plena reestruturação. A equipe com mais dinheiro para gastar em 2016 foi às compras e se reforçou muito bem, dando mais experiência e talento a um grupo que mostrou ser promissor no ano passado. Mesmo em reconstrução, muitos acharam que cinco vitórias em 2015 foi pouco, o técnico Gus Bradley entra na próxima temporada com a expectativa pelo menos de uma campanha positiva, o que não acontece desde 2007.

jaguars

 

jaguars draftOs Jaguars não venceram mais jogos ano passado pela defesa inconsistente, a segunda pior da NFL em pontos sofridos. Sabendo disso, a franquia contratou três bons nomes do mercado, que chegam para serem titulares absolutos. Campeão do Super Bowl, Malik Jackson fará uma ótima dupla com o promissor Dante Fowler Jr, primeira escolha do time que não atuou ano passado. A secundária ganha mais consistência com Tashaun Gipson e Prince Amukamara. Além deles, trataram de trazer um bom left tackle e um RB para tirar a pressão dos ombros de Blake Bortles em alguns momentos.

Tudo parece estar nos trilhos no ataque, a defesa que deve receber mais atenção no próximo Draft. O evento deste ano conta com muitos talentos defensivos, os Jaguars devem buscar o máximo de jogadores talentosos que conseguirem. Além de reforçar o interior da linha defensiva, Jacksonville deve buscar mais competição pelos lados da linha e linebackers versáteis. DE Joey Bosa ou o LB Myles Jack devem chegar com a 5º escolha geral.

BARRA TITANS

Após a campanha desastrosa de 2015, uma das certezas que ficaram foi que o calouro Marcus Mariota é o QB de futuro da franquia, agora é preciso cercá-lo de talento. Pensando nisso, os Titans trocaram a 1º escolha geral do próximo Draft com o Los Angeles Rams, vários bons talentos devem chegar com as escolhas que vieram dos Rams. O que circula nos Estados Unidos é que Tennessee pode voltar a negociar sua posição no próximo Draft e subir algumas posições.

titans

titans drafttIsso porque um offensive tackle ainda é prioridade do time com a primeira escolha, nomes como Laremy Tunsil (Ole Miss), Ronnie Stanley (Notre Dame) e Jack Conklin (Michigan State) não devem estar disponíveis com a 15º escolha. Além da linha ofensiva, o foco da franquia no dia 28 deve ser a secundária, parte fundamental no esquema do novo coordenador defensivo Dick LeBeau, ex-Steelers. Nomes chegaram na offseason, mas não devem serem titulares absolutos.

O time conta com um novo coordenador no ataque, Terry Robiskie, um dos responsáveis pela mais importante aquisição na offseason: DeMarco Murray. O running back chega com a missão de carregar o capenga jogo corrido (4º pior em 2015) e tirar um pouco da pressão dos ombros de Mariota. Resta saber qual Murray que está chegando em Nashville, o RB de 1800 jardas dos Cowboys em 2014 ou a decepção dos Eagles em 2015.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários