Técnico Ron Rivera renova com o Carolina Panthers por mais três anos

Apesar de não ter conquistado o Super Bowl 50 em fevereiro, o bom trabalho feito pelo treinador Ron Rivera foi reconhecido pelo Carolina Panthers. Eleito pela segunda vez pela NFL como melhor técnico do ano (2013 e 2015), Rivera renovou seu vínculo com o time até 2018, contrato de três anos e 19,5 milhões de dólares.

ron-rivera-carolina-panthers-nfl_3402382

Histórico do treinador

Ron Rivera assumiu o comando do time em 2011, assumindo a famosa ‘bucha’, o time vinha da pior campanha em 2010 (2-14). Junto com o então calouro Cam Newton, Rivera venceu 6 dos 16 jogos da temporada, mas não convenceu totalmente o pessoal em Charlotte. Tudo indicava uma melhora no segundo ano do trabalho, mas mais uma vez uma campanha negativa: 7-9.

Por incrível que possa parecer hoje, Rivera entrou na temporada 2013 muito pressionado, mais um ano ruim possivelmente resultaria na sua demissão. Esse foi o ano da virada na carreira do técnico, adotou um método mais agressivo e passou a vencer as partidas decididas por pouca diferença de pontos. Levou o time aos playoffs após quatro anos de jejum, após uma ótima campanha de 12-4.

Mesmo com um recorde negativo em 2014 (7-8-1), levou o time mais uma vez à pós-temporada vencendo a divisão, uma das mais fracas de todos os tempos. Venceu o remendado Arizona Cardinals na rodada de Wild Card, mas caiu diante do forte Seattle Seahawks no Divisional Round.

Cam Newton é o protagonista dos Panthers na temporada

Com a forte base mantida para 2015, a expectativa era muito boa, isso até o time perder seu principal wide receiver: Kelvin Benjamin. Mesmo sem o WR por todo ano, o Carolina Panthers foi o quarto time da história a começar uma temporada com 14 vitórias seguidas. Chegou ao Super Bowl até com certa facilidade, mas caiu diante da fortíssima defesa do Denver Broncos na grande final.

Nunca nenhum time havia vencido a NFC South por mais de uma temporada consecutiva até 2014, os Panthers de Rivera ganharam a divisão nos últimos três anos. O treinador segue em alta na NFL e promete levar os Panthers mais uma vez longe em 2016.

Comentários