Em jogo espetacular, Steelers viram sobre os Ravens e vencem a AFC North

Um jogo digno da grandeza do clássico entre Pittsburgh Steelers e Baltimore Ravens. Valendo o título da divisão e uma vaga nos playoffs, as duas equipes fizeram uma partida de arrepiar, com emoção até o último segundo da partida. Melhor para os Steelers, que venceram os rivais da divisão por 31 a 27 e conquistou o título da AFC North, além da vaga para os playoffs.

Jogada que deu a vitória aos Steelers no esforço de Antonio Brown

Ben Roethlisberger não teve uma grande atuação. Ele terminou o jogo com 24/33 passes completados para 279 jardas, três touchdowns e duas interceptações. Le’Veon Bell, com 122 jardas e dois (um terrestre e um aéreo) foi o destaque. Lawrence Timmons, com uma interceptação e um sack, foi figura importante. Nos Ravens, Steve Smith teve um grande jogo, com sete recepções, 79 jardas e um touchdown.

Na próxima semana, os Steelers jogam novamente em casa, quando recebem o Cleveland Browns para encerrar sua participação na temporada regular. Os Ravens terão os Bengals pela frente, em Cincinnati, apenas para cumprir tabela.

Drama até o fim

Empurrado por sua fanática torcida, os Steelers começaram muito melhor o jogo. Após a defesa forçar um rápido three and out na primeira posse do jogo, o ataque foi rapidamente até a endzone. Ben Roethlisberger conectou um lançamento de 20 jardas para o TE Xavier Grimble, abrindo 7 a 0. O susto inicial deu uma acordada nos Ravens, que respondeu após um drive de quatro jogadas, que terminou com um field goal de 41 jardas de Justin Tucker.

Mesmo sem boa atuação, Big Ben venceu o jogo

O melhor momento de Baltimore seguiu no segundo quarto, principalmente na defesa. Mesmo com Sam Koch não segurando um snap para o chute de Tucker, os Ravens ainda voltariam a anotar três pontos com seu kicker, na última posse do primeiro tempo, deixando o placar em 7 a 6.

Se o primeiro tempo foi de poucos pontos, o segundo foi frenético. Logo na primeira jogada do tempo, Roethlisberger foi interceptado por Z. Orr, que deixou os Ravens na redzone. E os Ravens aproveitaram para assumir a liderança pela primeira vez no jogo, após touchdown e conversão de dois pontos de Joe Flacco para Steve Smith, fazendo 14 a 10. Os Steelers responderam com um FG de Chris Boswell, deixando o placar 14 a 13. No entanto, ainda no terceiro período, Justin Tucker acertou mais um FG, e colocou Baltimore com 17 a 13 de frente, faltando apenas 15 minutos.

Após nova interceptação de Big Ben, os Ravens anotaram mais um field goal, logo no início do quarto período, deixando dez pontos de frente. Com a torcida já preocupada, os Steelers entraram de vez na partida e botaram fogo no jogo. Foram duas campanhas muito expressivas, com jogadas longas e que só terminaram em touchdown, ambas em jogadas do RB Le’Veon Bell. A primeira em jogada terrestre e a segunda recebendo passe rápido de Ben Roethlisberger, fazendo 24 a 20 e deixando os donos da casa muito perto da vitória.

Faltando 7:16 para o fim, Baltimore pegou a posse e fez uma campanha perfeita. Com passes curtos e corridas, os Ravens conseguiram percorrer 75 jardas e gastaram quase seis minutos até entrar na endzone com o FB Kyle

Juszczyk quase deu a vitória aos Ravens

. O herói improvável correu dez jardas e entrou na endzone com o relógio marcando 1:16 para o fim, com os Corvos vencendo os Steelers por 27 a 24.

Pouco tempo no relógio não é fim de jogo com os Steelers. Com muitos passes rápidos e preocupando em não gastar o relógio, Big Ben foi cirúrgico, acertando todos os oito passes da campanha. O último deles para Antonio Brown, que se esforçou na linha de uma jarda e conseguiu fazer a bola cruzar o plano de goal, virando o jogo para Pittsburgh e conseguindo uma das vitórias mais dramáticas da temporada. 31 a 27, título da AFC North e vaga nos playoffs assegurada.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários