Entenda por que o New England Patriots vai vencer o Super Bowl 51

Uma das missões mais difíceis para qualquer amante da NFL é tentar prever o destino de um Super Bowl. Claro que os números e as estatísticas são importantes, mas o coeficiente emocional muitas vezes fala mais alto na equação e pode transcender a tática ou o talento.

Como é impossível levar esse aspecto em conta, a ideia aqui é usar a razão e analisar quais os motivos que levarão tanto New England Patriots como Atlanta Falcons a levantar o Vince Lombardi no domingo à noite. Veja por que os  Patriots vão vencer o Super Bowl 51 no Texas:

>> VEJA TAMBÉM POR QUE O ATLANTA FALCONS VAI VENCER O SUPER BOWL 51

– Defesas vencem campeonatos, e a dos Patriots é bem melhor

Já mostramos em um dos posts durante a semana que a melhor defesa levou a melhor sobre o melhor ataque em cinco das seis oportunidades que isso aconteceu na grande final. Na prática, trata-se de um grupo que cedeu apenas 15,6 pontos na temporada regular e 33 somando os duelos contra Texans e Steelers.

Provavelmente você já sabia que a defesa era a melhor da NFL… mas sabe por quê? É a mais eficiente da liga marcando wide receivers e limitando jardas depois da recepção: os QBs que lançaram para WRs contra os Pats completaram apenas 54% dos passes. Se New England conseguir acabar com as jardas após a recepção dos alvos de Matt Ryan coloca uma mão na taça. Além do mais, Bill Belichick deve tirar um coelho da cartola e anular Julio Jones em boa parte do duelo.

– Tabela fraca? Vamos com calma

Pode-se até criticar a capacidade dos quarterbacks que a defesa dos Pats enfrentou, mas não a força das equipes no geral. New England tem um recorde de 7-1 quando enfrentou times com mais vitórias do que derrotas em 2016! Já o Atlanta Falcons venceu seis e perdeu outras três na mesma situação.

– Uma equipe extremamente equilibrada

Toda brutalidade do ataque dos Falcons acaba encobrindo um pouco a eficiência dos Patriots também no setor ofensivo… Além de ter a melhor defesa, o time possui o terceiro melhor ataque da temporada regular – segundo se levarmos em conta apenas os jogos que Brady esteve em campo. Em oito das dez oportunidades que uma equipe chegou ao Super Bowl no top 5 dos dois quesitos levantou a taça.

– O jogo corrido é muito bom e será fundamental

Claro que os dois running backs dos Falcons são perigosíssimos, mas os dos Patriots não ficam atrás: Dion Lewis, James White e LeGarrette Blount tiveram apenas 189 a menos do que Devonta Freeman e Tevin Coleman em jardas de scrimmage – 2,293 e 23 TDs no total. Blount liderou a liga com 18 touchdowns e é um dos jogadores mais subestimados da NFL atual. Esqueça aquele papinho furado de que o ataque dos Patriots é unidimensional. A defesa dos Falcons é fraca contra corridas e Bilichick certamente usará isso para gastar o relógio e deixar Matt Ryan sentadinho no banco de reservas.

– Um time muito mais experiente em Super Bowls

Pode parecer um argumento aleatório, mas a experiência em já ter disputado a grande final anteriormente pesa sim, senhor. Nisso os Patriots dão um banho: somente o técnico Bill Belichick esteve em dez oportunidades (sete como treinador e três como assistente). Em todas as sete como técnico esteve ao lado de Tom Brady – enquanto que é a primeira de Dan Quinn como técnico principal e Matt Ryan como QB. Ao todo, 21 atletas de New England já jogaram um Super Bowl contra apenas quatro do elenco dos Falcons.

Bônus: a mística da camisa branca

Aqui é mais para dar um pouco de corda a essa ‘mística’ – que acaba não passando de uma grande coincidência. 11 dos 12 últimos times que venceram o Super Bowl utilizando o uniforme branco. Que cor os Pats vão jogar? Branco.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários