Prévia da temporada 2017: Como será o ano do New York Giants

Giants em busca de um último Super Bowl na era Eli Manning

A transformação que o New York Giants fez em sua defesa de um ano para o outro foi algo simplesmente assustador: o time gastou mais de 200 milhões de dólares em jogadores badalados do mercado e foi da terceira pior cedendo jardas em 2015 para a segunda melhor em 2016! Espetacular! O grupo defensivo carregou os Giants aos playoffs, mas o ataque não foi capaz de dar o suporte necessário na pós-temporada. Mesmo assim foi um belo trabalho de Ben McAdoo em seu primeiro ano como técnico principal. Será que o sucesso se repete em 2017? O relógio está correndo rápido para Eli Manning.

Manning ainda pode ser eficiente – se for bem protegido

O desempenho ofensivo pode ser considerado abaixo do esperado no ano passado. Os Giants tiveram o ataque no top 10 nos dois anos que Ben McAdoo foi o coordenador ofensivo, mas foi apenas o 25º quando ele se tornou técnico. Um pouco dessa queda pode e deve ser colocada na conta de Eli Manning: ele lançou 16 interceptações, o maior número desde 2013, e teve a pior YPA (média de jardas por tentativa) da última década: 6,7. Eli terá 36 anos ao longo da temporada e parece estar dando os primeiros sinais de que a idade está chegando.

O resto da culpa pode e deve ser colocado na conta de uma linha ofensiva que deixou MUITO a desejar. Eli nunca foi conhecido pela sua mobilidade fantástica no pocket – imagina com a idade avançada. A má notícia para o fanático torcedor dos Blues é que praticamente todos devem voltar como titulares em 2017! Tudo bem que se trata de jogadores jovens, mas mesmo assim foi um erro não ter reforçado o setor. O único que chegou foi D.J. Fluker, mas a tendência é que ele nem comece jogando em um primeiro momento.

A linha ofensiva fraquinha explode no jogo corrido – que já não conta com grandes jogadores. Paul Perkins é relativamente melhor que Rashad Jenkins, mas está longe de ser o nome ideal para carregar o piano. Pelo menos o grupo de recebedores ganhou dois excelentes reforços! O monstro Brandon Marshall e o TE Evan Engram, 1º escolha no último Draft, devem tirar todas as atenções de Odell Beckham Jr. Sterling Shepard continua no slot.

Defesa promete ser tão feroz como no ano passado

Gastar tufos tentando consertar a defesa nem sempre gera bons frutos, mas, no caso dos Giants, 200 milhões foram extremamente bem investidos. O grupo foi de 30º em 2015 para 2º em 2016 em pontos cedidos e carregou o time aos playoffs! A boa notícia é 10 dos 11 titulares devem retornar para a próxima temporada. A única saída foi do DT Johnathan Hankins, mas o time tratou de substituí-lo no Draft na segunda rodada com Dalvin Tomlinson.

O resto da linha promete ser avassalador como sempre! Apesar de não pressionar muito no pass-rush, Damon Harrison é possivelmente o melhor da NFL contra corridas. Sinceramente? Ele não precisa pressionar. As pontas da linha contam com um Jason Pierr-Paul mais feroz do que nunca com Olivier Vernon no lado oposto. O único problema é a falta de talento nas peças de reposição – Paul e Vernon jogaram quase 90% dos snaps. A linha defensiva é tão boa que ajuda demais um grupo de linebackers mediano.

Agora, o destaque mesmo dessa defesa foi a secundária. O grupo se entrosou de forma muito rápida e foi extremamente dominante – até o segundo tempo do duelo diante dos Packers nos playoffs. O promissor Darian Thompson volta de lesão para fazer ótima dupla com Landon Collins pelo meio. Nas pontas, os Giants contam com a o ótimo trio de Janoris Jenkins, Eli Apple e Dominique Rodgers-Cromartie  – que surpreendentemente foi bem em 2016.

 

>>>VEJA O ÍNDICE COM TODAS AS PRÉVIAS PARA A TEMPORADA 2017

 

Favoritismo em 2017

Se o New York Giants conquistar o terceiro Vince Lombardi da era Eli Manning você pode faturar mais do que imagina! Segundo dados do Oddsshark.com, a chance do time ganhar o Super Bowl é de 21 para um! New York é o quinto favorito para vencer a NFC, com 10 para um, e o favorito para conquistar a NFC East ao lado dos Cowboys: R$2,90 para cada real investido.

Vai até onde?

Colocaria o New York Giants como favoritos para vencer a NFC East se tivesse uma linha ofensiva pelo menos mediana – o que não é o caso. De que adianta ter ótimas ameaças no passe longo se não tem tempo da bola chegar neles? Mesmo assim a defesa tem tarimba para carregar o time a nove ou dez vitórias se conseguir se manter saudável por toda temporada. Os Blues devem estar nos playoffs em 2017.

Previsão: 2º da NFC East

Ingressos para a temporada 2016 da NFL

 

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários