Eletrizante! Na prorrogação, Bears vencem os Steelers após lambança

Em meio aos protestos contra o presidente americano Donald Trump e a lambança de Marcus Cooper, o Chicago Bears ganhou pela primeira vez na temporada, contra o Pittsburgh Steelers, por 23 a 17, no overtime.

No sábado, Trump hostilizou os jogadores da liga que se prestaram protestar contra a morte de negros no país, com palavras ofensivas contra as mães dos atletas. Por conta disso, o hino americano no Soldier Filed viu um cordão de atletas de Chicago, e os Steelers nem dos vestiários saíram durante sua execução. O milionário americano ainda exigiu boicote dos torcedores aos estádios e que os times demitissem os jogadores.

Primeiro tempo maluco em Chicago

Os times se alternavam na posse de bola, mas poucos lances efetivos a linha ofensiva de ambos conseguiam.

Mike Glennon, quarterback dos Bears, não teve mais que oito vezes a bola em suas mãos e mesmo assim lançou para um TD em 33 jardas lançadas. Já os Steelers correram mais de 160 jardas e o quarterback Ben Roethlisberger fez uma única conexão de touchdown na partida com o wide receiver Antonio Brown.

Brown, aliás, fez o primeiro dele na temporada e a sua recepção de número 650 na liga. Recorde da NFL. Já que conseguiu isso em 104 jogos.

O lance marcante da primeira etapa veio já com cronômetro zerado. Os Steelers buscavam diminuir a vantagem no jogo e Chris Boswell foi para Field Goal, mas foi bloqueado pelo corner back Prince Amukamara. A bola caiu para o companheiro de posição Marcus Cooper correr em direção a endzone adversária, mas por displicência acabou sofrendo um tackle do tight end Vance McDonald a uma jarda e perdendo a chance de anotar o TD.

Assim, o Pittsburgh Steelers se encaminhou direto para os vestiários. Porém, os árbitros ficaram revendo a jogada e decidiram considerar o desarme ilegal e solicitou o retorno das abelhas do vestiário para mais uma jogada. Bizarro! Mesmo assim, não conseguiram fazer o TD e se contentaram com o FG de Connor Barth para fazer 17 a 7. Será que rolará punição por parte dos Bears, para Cooper? Veremos.

Steelers reagem

Mike Glennon seguiu com problemas para lançar a bola no segundo tempo e viu os Steelers com o Big Ben ficarem a maior parte com a posse de bola.

Os recebedores do Chicago Bears não passaram das 100 jardas juntos. Consequentemente o running back Jordan Howard o foi o mais acionada nas jogadas ofensivas dos mandantes com 23 recepções e 138 jardas corridas.

Pelo lado dos Steelers, mais uma vez, um TD inédito na temporada. Le’Von Bell finalmente correu para anotar em 2017 seus primeiros pontos na NFL.

Tamanha reação impediu qualquer ponto dos mandantes no segundo tempo e o jogo foi para a prorrogação nesta semana 3.

Tanto a torcida quanto o CB Marcus Cooper agradeceram ao Jordan Howard que fez o TD da primeira vitória dos Bears no campeonato, após correr para 19 jardas.

Os Steelers vão até Baltimore enfrentar os Ravens, às 14h, no dia 1º de outubro, no M&T Stadium. Escalados para o Thursday Night Football estão Green Bay Packers e o Chicago Bears, às 21h30, no Lambeau Field, no dia 28 de setembro.

Comentários