Prévia da temporada 2017: Como será o ano do Kansas City Chiefs

Defensor do título divisional

A escolha por Cairo Santos e o sucesso do kicker brasileiro transformou o Kansas City Chiefs no segundo time do coração na maioria dos torcedores brasileiros. Para a próxima temporada, a franquia começará com a responsabilidade de defender o título da AFC West, feito que não acontecia desde 2010.

Alex Smith tem mais uma chance

Aos 33, Smith tem uma grande chance de ir longe na temporada

O que separam as lendas dos demais jogadores são os títulos e o talento. Para entrar no seleto hall de campeões da NFL, o quarterback Alex Smith terá sua última grande chance para ganhar o anel do Super Bowl nesta temporada. Com 33 anos nas costas, os Chiefs tem uma boa defesa para segurar os jogos, deixando com o camisa 11 a responsabilidade de conduzir o ataque. Se o presente não for bom, o futuro do time já está sendo construído, e a escolha de Patrick Mahomes II na primeira rodada do NFL Draft 2017 é prova disso.

Por mais um ano, o principal alvo de Smith seguirá sendo o TE Travis Kelce, que se consolida como um dos melhores da NFL. No entanto, a mudança mais sentida ofensivamente fica a cargo da parte terrrestre. Jamaal Charles não estará mais no backfield após nove anos. Além dele, Knile Davis também deixou a equipe, sobrando Charcandrick West de temporadas anteriores. Para amenizar as perdas, Kansas City buscou o experiente C.J. Spiller e Kareem Hunt, escolha de terceira rodada que foi um dos principais destaques da pré-temporada.

Vale ficar de olho em Tyreek Hill. Uma das maiores surpresas da temporada passada, o calouro protagonizou lindos lances correndo, recebendo passes e retornando. Agora, com as atenções ligadas, terá mais trabalho contra as defesas, mas a sua velocidade e agilidade são quase imparáveis quando a linha ofensiva abre algum espaço.

Solidez defensiva

O ponto forte dos Chiefs, mais uma vez, promete ser a defesa – uma característica de Andy Reid desde que assumiu a equipe, em 2013. Nesta temporada, o time espera que os problemas físicos não atrapalhem tanto, pois no ano passado o sistema defensivo perdeu os LBs Justin Houston e Derrick Johnson, além do DE Allen Bailey. Se esses três conseguirem se manter saudáveis, juntando a eles Tamba Hali e temos um dos melhores front sevens da NFL, capaz de pressionar qualquer quarterback.

Na secundária, Marcus Peters e Eric Berry são dois dos melhores em sua posições, garantindo qualidade para previnir os recebedores e passes mais longos. Líder em interceptações desde que entrou na NFL, Peters garante uma marcação homem a homem eficiente.

>>>VEJA O ÍNDICE COM TODAS AS PRÉVIAS PARA A TEMPORADA 2017

Além da solidez defensiva, outro fator que pode fazer a diferença para Kansas City é o bom desempenho do time de especialistas. Tyreek Hill já foi apresentado anteriormente, enquanto Dustin Colquitt e Cairo Santos são dois dos mais regulares em suas posições. O brasileiro é o kicker mais regular da história da franquia e tem tudo para ter mais um grande ano, agora começando a quarta temporada na NFL.

Cairo Santos vem se tornando um dos mais regulares da NFL na sua posição

Favoritismo em 2017

Segundo dados do Oddsshark.com, os Chiefs aparecem em terceiro nas casas de apostas para vencer a divisão. A briga promete ser muito intensa com Denver e, principalmente, com Oakland. Para quem estiver com a confiança em alta no time de Cairo Santos, um investimento de R$10 da um retorno de R$35,00, já que a odd para o bicampeonato da AFC West está em 3.50. Quem quiser arriscar mais longe, a conquista da AFC está pagando 11.00.

Vai até onde?

As chances dos Chiefs chegaram aos playoffs pela quarta vez em cinco anos são grandes, ainda que o time não vença a divisão, como foi em 2016. O time é bem estruturado e muito bem treinador por Andy Reid. Está longe de ser favorito para ser campeão, mas se emplacar um bom ritmo se torna uma equipe muito difícil de ser vencida, principalmente jogando em casa.

Previsão: 2º da AFC West

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários