Prévia da temporada 2017: Como será o ano do New England Patriots

Dinastia a caminho?

Das 32 equipes, apenas uma pode se tornar bicampeã da NFL nesta temporada. Claro que estamos falando do New England Patriots, que chega com o peso de ser o atual campeão e podendo construir a segunda dinastia de sua história. Entrar como o time a ser batido não é problema para a maioria dos jogadores comandados por Bill Belichick, e mais uma vez o time de Foxborough entra forte para uma temporada.

Quem será o Edelman em 2017?

A chegada de Brandin Cooks trouxe muita profundidade ao corpo de wide receivers dos Patriots, mas a lesão grave de Julian Edelman, que não jogará nesta temporada, deu um baque na torcida. Conhecendo bem Bill Belichick, para alguém se adaptar ao que Edelman vinha fazendo não será tão difícil, desde que o esquema de jogo seja mantido. Uma ótima opção, que se destacou em algumas partidas na temporada passada, é o WR Chris Hogan.

Brandin Cooks deve ser o principal alvo de Brady

Se precisar de um alvo mais forte, Tom Brady tem duas grandes opções no meio de campo. Uma delas é Rob Gronkowski, que volta de lesão e todos sabem do seu potencial, desde que se mantenha saudável. Dentro do esquema de dois tight ends fortes, os Pats buscaram Dwayne Allen na offseason para reforçar a equipe e montar a dupla com Gronk. No entanto, ele também tem um histórico de lesões que joga contra.

Entre os running backs, LeGarrette Blount não permaneceu para a temporada 2017. Mike Gillislee chegou dos Bills e tem tudo para ser o corredor principal da intensa rotação dos Patriots, que deverá ter boa participação também de Dion Lewis e do recém-contratado Rex Burkhead, além de James White, que se torna boa opção em terceiras descidas. No comando disso tudo, Tom Brady, que dispensa apresentações.

Mais segurança com Gilmore

De um lado, Malcolm Butler. Do outro, Stephon Gilmore. A chegada do segundo, que estava no Buffalo Bills, deu muita segurança e transformou a dupla de cornerbacks dos Patriots como uma das melhores da NFL. Para completar a secundária, o trio de safeties Patrick Chung, Devin McCourty e Duron Harmon segue com força total em New England.

No front seven, Kony Ealy chegou após troca com os Panthers, mas já foi cortado do time. Trey Flowers e Alan Branch foram dois destaques defensivos do time na campanha campeã da temporada passada e podem seguir aparecendo bem em 2017. Nomes experientes como Lawrance Guy e David Harris foram contratados para ajudar na rotação e foram boas aquisições da franquia para manter o nível defensivo sempre alto.

Gilmore foi o melhor reforço dos Patriots em 2017

>>>VEJA O ÍNDICE COM TODAS AS PRÉVIAS PARA A TEMPORADA 2017

Favoritismo em 2017

De acordo com o Oddsshark.com, ninguém é mais favorito do que os Patriots para ser o vencedor da temporada 2017. Para o time triunfar no Super Bowl 52, a odd de New England está em 4.50. Ou seja, para cada R$10 apostado, o retorno é de R$45,00. O time de Tom Brady e companhia é tão favorito que quem aparece logo depois é o Seattle Seahawks, pagando 10.00 para ser campeão.

Vai até onde?

Qualquer resultado na AFC East que não seja o New England Patriots em primeira será a maior zebra da temporada. Chegando nos playoffs, ai a situação fica mais difícil. No entanto, mantendo a base e sendo o atual campeão, os Patriots tem boas chances de estarem novamente no Super Bowl em 2018.

Previsão: 1º da AFC East

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários