Falcons batem os Saints e deixam briga na NFC South totalmente em aberto

Drew Brees esteve a apenas 11 jardas de deixar o New Orleans com uma mão no título da NFC South, mas uma interceptação nas mãos de Deion Jones deixou absolutamente tudo em aberto! O turnover nos momentos finais do Thursday Night Football desta quinta-feira (07) não só garantiu a vitória do Atlanta Falcons por 20 a 17 como também mantém os atuais campeões bem vivos na briga pelo bicampeonato da divisão. Está absolutamente tudo em aberto!

Para se ter uma ideia, Saints (9-4), Falcons (8-5) e até o Carolina Panthers (8-4) dependem apenas das próprias forças e podem vencer a NFC South com vitórias nos próximos compromissos. Cam Newton deve ter comemorado demais o triunfo dos Falcons no Mercedes-Benz Stadium! Apesar do triunfo, não foi o jogo mais eficiente da carreira de Matt Ryan – o atual MVP chegou a lançar três interceptações em quatro passes tentados! Bizzaro. Do outro lado, o ataque dos Saints perdeu muito dinamismo com a concussão do calouro Alvin Kamara ainda no primeiro período.

Equilíbrio total na primeira etapa

Apesar do duelo acontecer em Atlanta, parecia que Drew Brees estava jogando no quintal de casa no primeiro quarto. O Camisa 9 começou com tudo! O QB liderou a primeira campanha da partida até a red zone, mas teve que se contentar com um field goal curto de Will Lutz. Matt Ryan teve a bola pela primeira vez e logo deu o troco: também chegou nas últimas 20 jardas do campo e posicionou Matt Bryant para o FG que empatou o duelo. Apesar dos Saints dominarem em jardas e posse de bola, o primeiro quarto terminou empatado em 3 a 3 na Georgia.

O jogo seguia muito bom e movimentado… faltavam apenas os touchdowns! E eles apareceram no segundo período – exatamente um para cada lado.  O atual MVP foi o grande responsável pelos primeiros sete pontos no placar: ele liderou uma campanha maravilhosa de 15 jogadas e oito minutos que Devonta Freeman finalizou com um TD terrestre. Brees precisou de três minutos para dar o troco e logo achou Tommylee Lewis em uma linda conexão de 26 jardas até a end zone.

Ryan até lançou uma interceptação nos segundos finais, mas New Orleans não transformou o turnover em pontos. Praticamente empatados em first downs, jardas totais e tempo de posse, Saints e Falcons foram para os vestiários na igualdade também de pontos: 10 a 10 no Mercedes Benz Stadium.

 

Brees vai de herói a vilão

A segunda etapa começou do mesmo jeito que acabou a primeira: com interceptação de Matt Ryan! Bizarro! Drew Brees precisou de quatro jogadas para encontrar a end zone – em um magnífico play-action com Michael Thomas no canto direito. Touchdown! Acredite se quiser, Ryan voltou a campo e voltou a ser interceptado no segundo passe tentado. Realmente não era a noite do camisa 2! Felizmente para ele, New Orleans não transformou essa roubada de bola em pontos.

Perdendo por sete pontos no começo do último quarto, Ryan colocou a cabeça no lugar e, no melhor estilo ‘Matty Ice’, comandou a virada dos Falcons! Primeiro, ele trabalhou uma campanha de mais de sete minutos e empatou o jogo na Geórgia com um lindo passe para Mohamed Sanu no meio da end zone. Minutos mais tarde, posicionou o outro Matt, o Bryant, para um field goal de 52 jardas que virou o placar em Atlanta. 20 a 17 Falcons!

Brees tinha mais de três minutos no relógio – tempo suficiente para o monstro arquitetar uma virada, certo? Bem, foi quase isso que aconteceu. Ele comandou um magnífico drive e posicionou o ataque a 11 jardas da linha de goal, mas, no final, colocou tudo a perder. New Orleans já estava em posição de empatar com um field goal, mas eles queriam o touchdown. E pagaram o preço. Deion Jones agarrou um passe ruim de Brees, bem no meio da end zone, e garantiu o triunfo importantíssimo de Atlanta!

Próximos jogos

Enquanto os Saints voltam a campo no dia 17 de dezembro em New Orleans contra os Jets, os Falcons fazem o Monday Night do dia seguinte contra os Buccaneers na Flórida às 23h30.

Comentários