Final da AFC 2018: Prévia de Jacksonville Jaguars x New England Patriots

Considerada por muitos a melhor defesa desta temporada da NFL, o Jacksonville Jaguars terá o seu teste mais importante. O mesmo vale para o New England Patriots, que joga em casa na final da Conferência Americana para poder manter a sua hegemonia dentro da AFC e garantir vaga em mais um Super Bowl.

Tom Brady busca seu sexto título e o oitavo Super Bowl na carreira. Ele é a pedra fundamental não só do ataque, mas de todo o time de New England, que precisa das campanhas longas, recheada de passes curtos e corridas, para conseguir impor seu ritmo. Na sétima participação consecutiva na decisão da AFC, os Patriots contam com a força em casa e da torcida para superar os Jaguars.

Após terminar 3-13 na temporada passada, a mudança de postura, principalmente defensiva, levou os Jaguars a chegarem onde estão. A um jogo de chegar ao Super Bowl pela primeira vez na história, o time terá pela frente o seu maior desafio na temporada. Superar os Patriots, em New England, não é uma tarefa fácil para ninguém, mas Jacksonville mostrou força ao longo da temporada para poder superar o frio e a atmosfera hostil do Gillette Stadium.

Conseguirá a linha defensiva dos Patriots parar Leonard Fournette e evitar mais um grande jogo do calouro ou Tom Brady e seu ataque seguro vão para a decisão mais uma vez? Questões que serão respondidas em um jogo imperdível neste domingo, valendo um lugar no Super Bowl 52.

O retrospecto geral é muito favorável ao Patriots, mandantes deste domingo. São dez triunfos no geral e apenas uma derrota para os Jaguars. Quando o assunto é playoffs, mais vantagem de New England, que tem três vitórias e um jogo perdido. A última vez que as equipes se enfrentaram em pós-temporada foi em 2008, com os Pats recebendo os Jags e vencendo por 31 a 20.

O último jogo entre os dois times aconteceu em 2015, em Foxborough. Na verdade só um time jogou, e os Patriots massacraram, vencendo por 51 a 17, com três touchdowns terrestres de LeGarrette Blount.

Como já colocamos, uma chave para os Patriots voltarem ao Super Bowl será conduzir bem suas campanhas de passes curtos e corridas, como Brady sabe fazer como ninguém. Isso levará a defesa dos Jaguars a exaustão, crucial para poder achar os espaços necessários.

Gronk. Para tentar complicar a defesa dos Jaguars, envolver o TE Rob Gronkowski no jogo ajudará bastante os Pats a não deixar os linebackers de Jacksonville livres para pressionar. O tight end no meio do campo é sempre um perigo.

Equilíbrio. No Wild Card, a defesa foi muito bem e o ataque muito mal. No Divisional Round, os papéis se inverteram em Pittsburgh. Os Jaguars ganharam os dois jogos, mas precisarão de mais consistência se quiser vencer em New England e jogar o Super Bowl 52.

Durante toda a temporada regular e os playoffs, a defesa dos Jags mostrou que pode pressionar qualquer quarterback adversário. Sendo assim, não dar muito tempo para Brady é um dos caminhos para surpreender fora de casa.

Consultando o OddsShark, New England é favorito por sete pontos nas casas de apostas de Las Vegas e nos mercados online. Aposta em uma vitória simples dos Patriots paga apenas 1.30, enquanto um triunfo dos Jaguars, mais uma vez zebra, paga 3.65.

A linha de pontos totais está em 47 pontos – um a menos que no duelo entre Jags e Steelers, que passou por muito. A tendência é que essa linha seja cumprida no domingo, sendo a aposta em mais de 47 pontos, que está pagando 1.90, uma boa tendência.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários