Jaguars surpreendem, vencem os Steelers fora e vão à decisão da AFC

Um jogo espetacular! Assim podemos definir como foi a grande vitória do Jacksonville Jaguars sobre o Pittsburgh Steelers por 45 a 42, no Heinz Field, colocando o time na decisão da Conferência Americana pela terceira vez na história da franquia. A última vez que o time esteve na decisão da AFC foi em 2000, quando perdeu para os Titans.

Leonard Fournette foi a principal peça dos Jaguars, terminando o jogo com 109 jardas e três touchdowns. Bortles foi bem também, com 14/26 para 214 jardas e um touchdown. Jacksonville não sofreu nenhum turnover, fato crucial para a vitória. Do lado dos Steelers, Ben Roethlisberger lançou 384 jardas e quatro touchdowns, além de uma interceptação. Antonio Brown teve sete recepções, dois TDs e 130 jardas.

Fournette voou para a endzone

A decisão da Conferência Americana será no próximo domingo, às 18h05 (de Brasília), entre Jaguars e Patriots. Como teve a melhor campanha, o jogo será em New England.

Telvin Smith recuperou o fumble para TD

O início do jogo foi de total domínio total dos Jaguars. Logo na primeira posse de bola, grandes avanços e um touchdown com Leonard Fournette voando sobre a defesa dos Steelers em uma quarta descida. Após uma sequência de punts, Myles Jack conseguiu uma linda interceptação, convertida em TD por Fournette. Atônito, os Steelers não conseguiram reação e ainda viram TJ Yeldon correr para a endzone e colocar 21 a 00 no início do segundo quarto.

Quando a torcida já começava a vaiar, os Steelers acordaram para o jogo e reagiram com um touchdown de Ben Roethlisberger para Antonio Brown, que conseguiu uma bela recepção. Só que a alegria durou pouco, e após recuperar a posse, Pittsburgh viu Ngakoue sacar Big Ben e forçar o fumble, que foi recuperado por T. Smith e retornado TD. Ainda no primeiro tempo, os donos da casa voltaram a pontuar em conexão de 36 jardas de Roethlisberger para Martavis Bryant, deixando o placar em 28 a 14 no intervalo.

Logo na primeira posse de bola do segundo tempo, os mandantes voltaram a entrar na endzone, desta feita com Le’Veon Bell, que anotou uma bela recepção para deixar o jogo 28 a 21. Quando os Steelers empolgaram de vez o torcedor, após um punt bloqueado, Pittsburgh não converteu uma quarta descida para uma jarda e devolveu a bola para Jacksonville. Ai Blake Bortles mostrou seu talento e castigou o adversário, em conexão longa para Keenam Cole. Logo depois, Fournette entrou na endzone mais uma vez e fez 35 a 21.

Antonio Brown travou grande batalha contra AJ Bouye

Com 10:34 no relógio, Pittsburgh precisou reagir de novo. E conseguiu de novo. Mais uma vez com Antonio Brown, que conseguiu uma recepção espetacular em passe de 43 jardas de Big Ben, mantendo as esperanças do torcedor dos Steelers. No entanto, na campanha seguinte, Jacksonville usou bem o relógio e conseguiu bons avanços, completando o drive com um play-action sensacional de Blake Bortles, deixando T. Bohanon livre na endzone, recolocando o jogo em duas posses de bola, mas com apenas 4:13 para o fim do jogo.

Pouco tempo e pressão? Tranquilo para Big Ben e companhia, que entraram na endzone mais uma vez. O QB conseguiu uma grande jogada, mandando um passe para trás para Le’Veon Bell, que cruzou o plano do TD e colocou o placar em 42 a 35, faltando apenas 2:18. Com a vantagem e o relógio ao seu controle, coube aos Jaguars anotar um field goal após recuperar o onside kick para fazer 45 a 35. Pittsburgh ainda tentou um milagre, mas só voltou a endzone mais uma vez, em passe de Big Ben para JuJu Smith-Schuster, finalizando o placar por 45 a 42.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários