Com dois TDs de Adrian Peterson, Redskins batem os Packers em DC

Depois de fechar a semana 2 como a segunda melhor defesa da NFL, muitos questionavam se esse grupo do Washington Redskins era bom mesmo. Bem, talvez o duelo deste domingo sirva para algumas pessoas mudarem de opinião. O que os Redskins fizeram no FedEx field esta tarde foi algo digno de aplausos: a forte defesa brecou Aaron Rodgers e companhia e o ataque deitou e rolou diante de uma secundária de Green Bay com muitos problemas. No fim, Washington venceu com tranquilidade por 31 a 17 na capital americana e segue na ponta da NFC East – junto com o Philadelphia Eagles.

O principal carrasco dos Packers foi um velho conhecido: Adrian Peterson. Agora nos Redskins, ele lembrou as boas atuações com a camisa dos Vikings e fechou com 120 jardas e dois touchdowns anotados. Em Green Bay, Aaron Rodgers foi o destaque: conseguiu 265 jardas e dois touchdowns com sérios problemas de locomoção e vários drops de seus recebedores.

 

Começo avassalador dos Redskins

Talvez nem o mais pessimista torcedor dos Packers esperava um jogo tão desequilibrado na capital americana – os Redskins começaram amassando na capital americana! Quando Aaron Rodgers piscou, estava perdendo 14 a 0. Alex Smith começou levando a melhor no duelo com A-Rod com um touchdown maravilhoso logo na primeira campanha: conexão de 46 jardas com Paul Richardson. O segundo TD veio de alguém muito conhecido do torcedor dos Packers: Adrian Peterson mergulhou dentro da end zone e aumentou a vantagem do time da casa no fim do 1º quarto.

Green Bay deu sinais que poderia reagir no começo do segundo quarto: um field goal curto de Mason Crosby e uma interceptação da defesa para cima de Alex Smith. Infelizmente para os Cabeças de Queijo, Rodgers não conseguiu capitalizar o turnover. O castigo veio logo em seguida – a secundária de Green Bay não conseguia brecar os recebedores de Washington! Alex Smith comandou mais uma campanha e lançou o seu segundo passe para TD da tarde – conexão de 9 jardas de Jamison Crowder.

Claramente com problemas no joelho lesionado e com uma defesa que não ajudava, Aaron Rodgers ainda tirou um coelho da cartola pouco antes do intervalo: uma conexão maravilhosa de 64 jardas para o touchdown de Geronimo Allison. Packers bem vivos no jogo! Ou não… O feroz ataque dos Redskins voltou a pontuar antes do intervalo com o carrasco de Green Bay: Adrian Peterson! Com mais um TD do running back, Washington foi para os vestiários vencendo por 28 a 10 no FedEx Field.

 

Redskins administram a vantagem

A impressão que deu no começo da segunda etapa é de que Aaron Rodgers, mesmo mancando, arquitetaria mais uma daquelas viradas espetaculares da carreira: ele usou e abusou do ‘no-huddle’ e finalizou o drive de mais de sete minutos com um passe de sete jardas para o touchdown de Davante Adams.

Bem, infelizmente para os Cabeças de Queijo, essa foi a última pontuação de Green Bay na partida. Vários drops, inúmeras faltas (algumas delas injustas), e uma bela atuação dos Redskins como um todo acabaram com as chances de vitória de Green Bay. Superior dos dois lados da bola oval, Washington converteu um field goal no último período e sacramentou a vitória por 31 a 17.

 

Próximos jogos

O Green Bay Packers volta a campo no próximo domingo (30), às 14h, contra o Buffalo Bills no Lambeau Field. Já os Redskins abrem as rodadas de bye e folgam na semana 4 da NFL.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários