Lions dominam os Patriots em Detroit e vencem a primeira na temporada

Estão ouvindo esse som? Sim, o sinal de alerta já está tocando bem alto pelos lados de Foxborough. O New England Patriots visitou o Detroit Lions e foi dominado dos dois lados da bola oval – algo não muito usual para os times de Bill Belichick. No fim das contas, o time da casa venceu por 26 a 10 em um Ford Field completamente lotado no Sunday Night Football que fechou a rodada de domingo da semana 3 da NFL. Essa foi a segunda derrota consecutiva dos Pats – algo que não acontecia desde 2015! 

Um dos grandes responsáveis pelo revés é muito conhecido pelos torcedores de New England: Matt Patricia deixou o cargo de coordenador defensivo dos Pats na última temporada para ser técnico principal em Detroit. O discípulo superou o mestre esta noite! Agora, o grande destaque da noite foi Kerryon Johnson: o calouro correu 101 jardas e quebrou um recorde negativo de 70 jogos sem um jogador dos Lions passar das 100 jardas terrestres! Aleluia! Nos Patriots, destaque para números negativos de Tom Brady: 133 jardas, um touchdown e uma interceptação. 

 

Lions massacram na primeira etapa

O começo de jogo foi um desastre completo para o New England Patriots – o ataque teve apenas uma, isso mesmo, uma jardinha no ataque em todo o primeiro período! Já a defesa não conseguia acabar com a estratégia de Detroit de drives longos e controle do relógio. Qual o melhor jeito de parar Tom Brady? Deixando ele no banco de reservas! O time da casa pontuou logo na primeira posse de bola: campanha de sete minutos e um field goal curto de Matt Prater para abrir o placar em Michigan.

O baile seguiu no segundo período: a defesa dos Pats exposta e o ataque incapaz de conseguir um first down sequer. Não demorou para os Lions ampliarem a vantagem com o primeiro touchdown da partida – um drive de seis minutos que Mathew Stafford finalizou com um passe curto para o TD de Kenny Golladay. Minutos depois, mais uma boa campanha e outro field goal de Pratter. Não perca a conta: Detroit 13 a 0.

O ataque dos Patriots foi pegar no tranco apenas nos minutos finais – o time conseguiu o primeiro first down com quatro minutos para o intervalo. Brady ficou com a bola quatro minutos e posicionou Stephen Gostkowski para um chute de 38 jardas. Primeiros pontos de New England no jogo! Com 70 jardas TOTAIS e oito minutos de posse de bola, os Patriots foram para o intervalo perdendo por 13 a 3 em Detroit.

 

Patriots não conseguem reagir em Detroit

No retorno para o gramado, Tom Brady gritava com seu time no banco de reservas: ‘precisamos apenas de um bom drive’ – e ele veio graças a defesa. O calouro Ja’Whaun Bentley interceptou Stafford na primeira campanha da segunda etapa e deu a Brady uma ótima posição de campo. O QB posicionou seu ataque próximo da end zone e conectou o único passe para touchdown do jogo – nas mãos do RB James White. A diferença estava apenas em três pontos!

Quando o torcedor dos Pats já estava se animando, veio a ducha de água fria logo em seguida. Determinado a compensar o turnover, Stafford arquitetou um belo drive e completou todos os seis passes que tentou – o último uma linda conexão de 33 jardas para o TD de Marvin Jones. Festa gigantesca no Ford Field! 20 a 10 Lions.

O touchdown parece ter acabado de vez com a motivação dos Patriots. Detroit seguiu a estratégia de controle de relógio e logo converteu mais um field goal – aumentando a vantagem para 13 pontos a 12 minutos do fim. Tempo suficiente para mais uma virada mágica de Brady, certo? Mas ela não veio. O camisa 12 lançou uma interceptação nas mãos de Darius Slay que praticamente sacramentou a derrota em Michigan. Pratter colocou mais um field goal no “Y” nos minutos finais e confirmou a vitória com autoridade do Detroit Lions!

 

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo já no próximo domingo (30) às 14h: o Detroit Lions visita o Dallas Cowboys no AT&T Stadium e os Patriots fazem um jogo de vida ou morte dentro da divisão contra o invicto Miami Dolphins em Foxborough.

 

Comentários