Philip Rivers brilha e dá a vitória aos Chargers contra os Titans em Londres

Ser técnico na NFL é uma profissão extremamente ingrata – isso ficou mais uma vez provado no duelo realizado em Londres nesse domingo. Quando você arrisca algo e dá certo, você é um gênio, agora, se der errado… bem, basta ver a situação do treinador do Tennessee Titans – Mike Vrabel. Ao invés de chutar o extra point e levar o duelo contra o Los Angeles Chargers para a prorrogação, ele chocou Wembley arriscando a conversão de dois pontos a 30 segundos do fim. O QB Marcus Mariota não conseguiu completar  passe e a vitória caiu no colo do time de LA: 20 a 19 no embate que abriu a rodada de domingo na semana 7 da National Football League. 

Do lado dos Chargers, o destaque certamente fica na conta do veterano Philip Rivers: completou 19 dos 26 passes, dois touchdowns e nenhuma interceptação. Doutrinou a defesa dos Titans na Terra da Rainha! Do outro lado, não se pode dizer o mesmo: Marcus Mariota teve mais um jogo inconsistente e falhou principalmente na chamada derradeira, e maluca, do técnico Vrabel.

A vitória leva os Chargers a 5-2 na AFC West – encostando no líder Kansas City Chiefs. Já Tennesse cai para 3-4 e certamente será ultrapassado por Jaguars ou Texans – que fazem um confronto direto logo mais.

 

Chargers saem na frente

Pressionado para anotar um touchdown, algo que não acontecia há duas semanas, o ataque dos Titans entrou no Wembley Stadium disposto a acabar com a seca logo de cara. Infelizmente para a franquia, a primeira campanha resultou em algo extremamente familiar para o torcedor de Nashville: um field goal de Ryan Succop. Para desespero de Tennessee, os Chargers tiveram a bola pela primeira vez e precisaram de exatos nove segundos para anotar o sonhado touchdown: bomba de Philip Rivers e TD de Tyrell Williams – conexão de 75 jardas. Chaegers na frente na Terra da Rainha!

A impressão que dava era de um passeio de Los Angeles – não demorou para o time voltar a pontuar no primeiro período: campanha de cinco minutos e field goal de 29 jardas de Michael Badgley. Entretanto, o ataque não produziu mais até o intervalo. Do outro lado, a saga de Marcus Mariota continuava: o time gastou 11 dos 15 minutos de relógio, mas as duas campanhas resultaram em mais um field goal de Succop e uma interceptação bem feia na red zone. Mesmo com mais jardas totais (208 a 177), os Titans foram para os vestiários em Londres perdendo por 10 a 6.

 

Titans vão para o tudo ou nada… e se dão mal

O segundo tempo começou igual ao primeiro: touchdown fulminante dos Chargers na conexão Rivers / Williams. O camisa 17 mandou um foguete no canto direito do campo e o WR levou para a dne zone – conexão de 55 jardas. Já em modo de desespero, Tennessee finalmente desencantou: após 22 campanhas, finalmente o torcedor pôde comemorar um touchdown! Mariota posicionou seu ataque dentro da red zone e Derrick Henry mergulhou para acabar com a seca dos Titans. 17 a 13 Chargers no fim do 3º período.

Na frente do marcador, os Chargers seguiram certinho o manual de como administrar uma vantagem na NFL: campanha mais de seis minutos comandada por Rivers e field goal de Badgley – colocando a diferença em um touchdown. Tenessee tentou descontar logo de cara, mas Succop perdeu um field goal difícil de 51 jardas no último período.

A situação de Marcus Mariota era a seguinte: 4:55 no cronômetro e sete pontos atrás no placar. Meio aos trancos e barrancos, em 13 jogadas, ele conseguiu avançar as 89 jardas e lançou um touchdown curto para Luke Stocker em uma 4ª para o goal faltando 30 segundos! Sensacional! Prorrogão em Londres? Nem pensar. Ao invés de chutar o extra point, o técnico Mike Vrabel resolveu arriscar a conversão de dois pontos… e se deu mal: Taylor Lewan não agarrou a bola de Mariota e a vitória ficou com os Chargers!

Próximos jogos

Como é de costume, as equipes que jogam em Londres folgam na rodada seguinte. Os times voltam a campo apenas na semana 9: o Los Angeles Chargers encaram os Seahawks em Seattle no domingo (4) às 19h05 e os Titans fazem o Monday Night Football contra os Cowboys no Texas às 22h15.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários