Defesa garante vitória dos Bears contra os Lions no 1º duelo de Thanksgiving

Apesar de não ter sido o duelo dos sonhos do fã de NFL, o primeiro dos três jogos da rodada de Thanksgiving teve os seus bons momentos na tarde desta quinta-feira (22). Dono da festa, o Detroit Lions bem que tentou, mas parou na incapacidade de Matthew Stafford e na força da defesa do Chicago Bears. Mesmo sem Mitch Trubisky, seu quarterback titular, o time visitante conseguiu arrancar uma importante vitória de 23 a 16 no Ford Field, em Detroit. Esse é apenas o primeiro dos três duelos que vão agitar essa rodada do Dia de Ação de Graças nos gramados americanos!

Chase Daniel não foi maravilhoso, mas teve números consistentes: completou 27 de 27 passes, 230 jardas, dois TDs e nenhuma interceptação. A grande responsável pela vitória foi a defesa – com duas interceptações vitais no último período (uma delas retornadas para TD). Do lado dos Lions, Matthew Stafford foi lastimável com as duas interceptações que custaram o jogo. O único destaque positivo foi LeGarrette Blount: 88 jardas terrestres e dois TDs terrestres.

A vitória mantém Chicago mais líder do que nunca da NFC North com 8-3, já os Lions amargam a lanterninha da mesma divisão com 4-7.

Reprodução / Site oficial Bears

Primeiro tempo morno e Bears na frente

O primeiro tempo foi marcado por muita vontade, mas poucas jogadas de impacto. Para se ter uma ideia, os dois times SOMARAM 271 jardas totais na primeira meia hora de jogo. As duas equipes sofriam demais para engatar bons drives, mas por motivos diferentes: enquanto os Bears sofriam bastante com a ausência do QB Mitch Trubisky, os Lions não conseguiam muito sucesso contra a terceira melhor defesa da NFL.  

Após cinco punts consecutivos, a primeira jogada relevante aconteceu no começo do primeiro quarto: a defesa dos Lions forçou um fumble no TE Trey Burton. em boa posição de campo, Matthew Stafford comandou o único bom drive do time da casa na primeira etapa – finalizado com uma linda corrida de LeGarrette Blount para dentro da end zone. Placar aberto no Ford Field!

Após um nervosismo natural, o QB Chase Daniel aos poucos foi acertando bons passes e fazendo o ataque dos Bears caminhar. Foram duas boas campanhas antes to intervalo: um field goal de 40 jardas de Cody Parkey e o primeiro TD do veterano em muito tempo: passe curto de Daniel para o RB Taquan Mizzell no canto esquerdo da end zone. Como o time arriscou, sem sucesso, a conversão de dois pontos, Chicago foi para o intervalo vencendo por 09 a 07.

 

Defesa de Chicago garante a vitória

Após um início morno, com três punts, o segundo tempo embalou com a melhora do ataque dos Lions: Stafford comandou um drive consistente e caminhou 80 jardas até a end zone – em mais um TD terrestre de Blount. Virada em Detroit! Mas não por muito tempo… Chase Daniel recebeu a bola de volta e pagou na mesma moeda:campanha de oito jogadas e um belo passe para Tarik Cohen dentro da end zone. 16 a 13 Chicago no fim do 3º período.

Três pontos atrás no placar, Detroit veio com tudo para voltar a assumir a ponta do marcador, mas tudo que conseguiu foi um field goal que empatou a partida em 16 a 16 no começo do último período.

O momento era todo dos Lions – isso até Stafford ‘entregar a paçoca’ e dar o jogo de bandeja ao adversário: o QB lançou uma interceptação bem feia e Eddie Jackson retornou até a end zone! Pick-six no Thanksgiving! O quarterback até tentou um segundo drive para, pelo menos, empatar o duelo, mas mais uma vez foi muito mal: Kyle Fuller agarrou um passe horrível dentro da end zone e fez a interceptação que deu números finais ao duelo no feriado americano.

 

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no dia 2 de dezembro às 16h: os Lions recebem o embalado Los Angeles Rams no Ford Field e os Bears viajam ao MetLife Stadium para encarar os Giants de Saquon Barkley.

Comentários