Steelers batem os Patriots e adiam a classificação do rival aos playoffs

O duelo deste domingo era mais do que crucial para Pittsburgh Steelers e New England Patriots: além de ambos estarem brigando ferozmente por uma vaga de pós-temporada, a rivalidade entre os dois times cresceu absurdamente depois daquele encontro polêmico no ano passado. Os Patriots precisavam vencer para garantir vaga na pós-temporada, mas os Steelers jogaram água no chope de Tom Brady: Pittsburgh venceu por 17 a 10 no gelado Heinz Field e, de quebra, manteve a liderança da AFC North a duas rodadas do fim. O embate foi válido pela semana 15 da  NFL.

Foi uma boa atuação dos Steelers no geral: o ataque produziu muito bem com Ben Roethlisberger e o RB calouro Jaylen Samuels (172 jardas de scrimmage) e a defesa foi quase que impecável depois de uma gafe no primeiro drive dos Pats. Do outro lado, um jogo para torcedor de New England esquecer: foram 14 faltas e uma péssima atuação da linha ofensiva contra TJ Watt e companhia. Tom Brady bem que tentou tirar um coelho na cartola no fim, mas não conseguiu furar a secundária do rival nos minutos fnais.

A vitória leva os Steelers a 8-5-1 e mantém o meio jogo de vantagem do rival Baltimore Ravens no topo da AFC North. Do outro lado, os Patriots caem para 9-5 e adiam a classificação aos playoffs mais uma vez com a segunda derrota consecutiva.

Steelers saem na frente no Heinz Field

Quem esperava um jogo truncado se surpreendeu com um começo bem movimentado e com um touchdown para cada lado. Empolgado com o clima do Heinz Field, o ataque dos Steelers começou com a bola e logo abriu sete a zero: campanha de seis minutos finalizada com um passe de Ben Roethlisberger para Vance McDonald. Pittsburgh na frente! Mas não por muito tempo… Brady recebeu a bola pela primeira vez e logo empatou o duelo com uma conexão de 63 jardas com Chris Hogan. 7 a 7 no fim do primeiro quarto.

O TD de Brady foi a única pontuação dos Pats na primeira etapa – o ataque sofria muito com o pass-rush do rival. Do outro lado, Big Ben tirou alguns bons passes da cartola no começo do segundo período e logo tratou de coloca o time da casa novamente na frente: passe maravilhoso do camisa 7 para o touchdown de Antonio Brown! Roethlisgerger teve a chance de ampliar a vantagem logo em seguida, mas lançou uma interceptação. No fim das contas, os Steelers foram para os vestiários vencendo por 14 a 7.

Defesa dos Steelers aparece e garante a vitória

A máxima de poucos pontos seguiu no segundo tempo. Os Steelers tiveram a chance de aumentar a vantagem no marcador logo no primeiro drive, mas Chris Bowsell conseguiu errar um field goal de 32 jardas! O ataque dos Patriots aproveitou a boa posição de campo e também posicionou seu kicker para um field goal curto, mas Gostkowski não errou o “Y”: 14 a 10 Steelers no fim do terceiro quarto.

Parecia que tudo viraria de vez em favor dos Patriots quando a defesa interceptou Big Ben, entretanto, Brady devolveu o presente e também lançou uma interceptação – essa muito próxima da end zone. O Heinz Field veio abaixo!

Com todo o momento a favor, os Steelers gastaram cinco minutos de relógio e converteram um field goal com Boswell (esse entrou) – colocando a diferença em uma posse de bola. Com 2:34 no relógio, Brady bem que tentou tirar um coelho da cartola, mas parou na secundária dos Steleers. Grande vitória de Pittsburgh!

Comentários