Elliott brilha, Cowboys vencem os Seahawks e seguem vivos nos playoffs

Após três anos de jejum, finalmente o torcedor do Dallas Cowboys pode gritar: vencemos um jogo nos playoffs! A pressão dentro do AT&T neste sábado (05) era gigantesca, afinal, a franquia computava apenas duas vitórias em pós-temporada nos últimos 22 anos. Não foi nada fácil, mas o esperado triunfo veio: os Cowboys bateram o valente Seattle Seahawks por 24 a 22 no duelo de Wild Card no Texas e seguem firmes com a missão de acabar com os 23 anos sem um Super Bowl. Olho nesse time! O duelo foi válido pelos playoffs da temporada 2018 da NFL.

Após um começo truncado, o ataque de Dallas decolou no último período e garantiu a vitória: foram 226 jardas, um touchdown e uma interceptação de Dak Prescott e uma grande atuação de Ezekiel Elliott com 137 jardas terrestres e um TD. Do outro lado, vale ressaltar a luta dos Seahawks jogando fora de casa, diante de uma das melhores defesa da liga e ainda sem o kicker por boa parte do duelo. Russell Wilson foi bem como sempre, mas dessa vez não teve ajuda do feroz jogo terrestre – que desapareceu no Texas.

Os Cowboys estão classificados para o Divisional Round e esperam a definição do outro confronto da NFC, entre Eagles e Bears, para definir o seu adversário. Uma coisa é certa: vai viajar para encarar Rams ou Saints.

Primeiro tempo truncado no Texas

Como adiantamos na prévia do duelo, a primeira etapa foi extremamente truncada – com as defesas dominando os ataques no Texas. Dallas até teve o dobro de jardas totais (224 a 112) e posse de bola (20 a 10) na primeira etapa, mas acabou indo para o intervalo vencendo por menos de uma posse de bola.

O ataque dos Cowboys anotou um field goal logo na primeira campanha, mas depois ficou um bom tempo sem mover as correntes em Arlington. Do outro lado, o ataque dos Seahawks estava praticamente nulo: o primeiro first down veio apenas a nove minutos do intervalo! Russell Wilson até teve sucesso em alguns passes longos, mas Seattle teve que se contentar com dois field goals de Sebastian Janikowski: 6 a 3 Seahawks.

Dak Prescott recebeu a bola com 1:43 para o intervalo e finalmente desencantou na noite: aproveitou a boa posição de campo, depois de uma corrida de 44 jardas de Ezekiel Elliott, e lançou o primeiro touchdown da noite em passe de 11 jardas para Michael Gallup. Seattle até teve a chance de um field goal longo nos segundos finais, mas acabou indo para o intervalo com um prejuízo duplo: bola longe do “Y” e um lesão que tirou o seu kicker da partida. Dallas foi para o intervalo vencendo por 10 a 6.

Cowboys deslancham no fim

O embate voltou a pegar fogo apenas na parte final do terceiro período – e o grande responsável foi Russell Wilson: acertou lindos passes e finalizou o drive de cinco minutos com uma corrida de quatro jardas para dentro da end zone. Seattle na frente! Não por muito tempo. Prescott logo pagou na mesma moeda: posicionou seu ataque a centímetros da end zone e Elliott finalizou os trabalhos com um mergulho cruzando o plano de goal. 17 a 14 Cowboys no AT&T Stadium.

O último período começou com um susto para o torcedor da casa após uma interceptação de Prescott dentro da end zone, entretanto, o ataque de Seattle não conseguiu capitalizar o turnover. Sem se deixar abalar, o QB dos Cowboys e tirou da cartola uma campanha perfeita: gastou mais de cinco minutos do cronômetro e ainda finalizou com um mergulho para touchdown – colocando a diferença em dez pontos a menos de dois minutos do fim.

Jogo decidido no Texas? Não quando do outro lado está Russell Wilson: ele precisou de 5 segundos para lançar um lindo passe para o touchdown de JD McKissic. Infelizmente para o torcedor de Seattle, a reação parou por aí. O punter Michael Dickson tentou executar o onside kick, mas a bola foi muito mais forte do que precisava. Festa dos Cowboys em Arlington – classificados para o Divisional Round!

Comentários